Big Little Lies

CONHEÇA OS VENCEDORES DO GLOBO DE OURO 2018

ACONTECEU NOITE À ONTEM, EM LOS ANGELES, A 75ª EDIÇÃO DO PRÊMIO PROMOVIDO PELA ASSOCIAÇÃO DA IMPRENSA ESTRANGEIRA EM HOLLYWOOD. A CERIMÔNIA FICOU MARCADA POR PROTESTOS CONTRA O ABUSO SEXUAL E A DESIGUALDADE DE GÊNERO.

COM SUAS PERSONAGENS FORTES (E EMPODERADAS), “TRÊS ANÚNCIOS PARA UM CRIME”, “LADY BIRD” E A MINISSÉRIE “BIG LITTLE LIES” SE DESTACARAM NA PREMIAÇÃO.

Escrito e dirigido pelo dramaturgo britânico Martin McDonagh (de “Na Mira do Chefe”), “Três Anúncios para um Crime” foi o grande vencedor deste ano, com quatro prêmios: melhor filme (drama), atriz dramática (Frances McDormand), ator coadjuvante (Sam Rockwell) e roteiro. “A Forma da Água”, nova fantasia do mexicano Guillermo del Toro (“O Labirinto do Fauno”) ficou com as estatuetas de melhor diretor e trilha sonora.

Com grande elenco e o texto mordaz de Martin McDonagh, “Três Anúncios para um Crime” – que também concorre a 4 prêmios do Sindicato dos Atores de Hollywood (SAG) – desbancou pesos pesados como “A Forma da Água”, “Me Chame pelo Seu Nome” e “Dunkirk” na categoria de melhor filme (drama).

Outro longa de forte temática feminina, “Lady Bird: É Hora de Voar”, dirigido e escrito por Greta Gerwig (atriz de “Frances Ha”), foi escolhido melhor comédia ou musical e melhor atriz (Saoirse Ronan) cômica. Já o drama distópico “The Handmaid’s Tale”, baseado no livro “O Conto da Aia” – da escritora canadense Margaret Atwood – levou os prêmios de melhor série e atriz (Elisabeth Moss) dramáticas.

Entre as produções de menor duração, “Big Little Lies” brilhou com quatro Globos de Ouro: melhor minissérie ou telefilme, atriz (Nicole Kidman), atriz coadjuvante (Laura Dern) e ator coadjuvante (Alexander Skarsgard).

A apresentadora, atriz e produtora Oprah Winfrey foi homenageada com o troféu Cecil B. DeMille, pelo conjunto da obra, e fez um discurso contundente contra a violência sexual e o racismo.

Confira abaixo a lista completa dos indicados da 75ª edição do Globo de Ouro.

Nicole Kidman na minissérie “Big Little Lies”, Saoirse Ronan e Lucas Hedges em “Lady Bird”, e Sally Hawkins e Octavia Spencer em “A Forma da Água”

CINEMA

MELHOR FILME (DRAMA)
“Três anúncios para um crime”

MELHOR FILME (COMÉDIA OU MUSICAL)
“Lady Bird: É Hora de Voar”

MELHOR DIRETOR
Guillermo del Toro – “A Forma da Água”

MELHOR ATOR (DRAMA)
Gary Oldman – “O Destino de uma Nação”

Um dos grandes camaleões do cinema, Gary Oldman finalmente recebeu o Globo de Ouro, por sua atuação como Winston Churchill no drama histórico “O Destino de uma Nação”.

MELHOR ATRIZ (DRAMA)
Frances McDormand – “Três Anúncios Para um Crime”

MELHOR ATOR (COMÉDIA OU MUSICAL)
James Franco – “Artista do Desastre”

MELHOR ATRIZ (COMÉDIA OU MUSICAL)
Saoirse Ronan – “Lady Bird: É Hora de Voar”

MELHOR ATOR COADJUVANTE
Sam Rockwell – “Três Anúncios para um Crime”

Atriz mais conhecida por produções da TV (“West Wing”, “Mom”), Allison Janney venceu como coadjuvante pelo papel da mãe abusiva de “Eu, Tonya”.

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE
Allison Janney – “I, Tonya”

MELHOR ROTEIRO
“Três Anúncios Para um Crime” – Martin McDonagh

MELHOR LONGA DE ANIMAÇÃO
“Viva: A Vida é uma Festa”

MELHOR FILME ESTRANGEIRO
“Em Pedaços”, de Fatih Akin

Ao lado da atriz Diane Kruger, Fatih Akin, diretor de “Em Pedaços”. Uma das surpresas da noite, o drama alemão venceu o Globo de Ouro de melhor filme estrangeiro, superando o favorito “The Square – A Arte da Discórdia”.

MELHOR TRILHA SONORA ORIGINAL
“A Forma da Água” – Alexandre Desplat

MELHOR CANÇÃO ORIGINAL
“This Is Me”, de Justin Paul e Benj Pasek (“O Rei do Show”)

TV

MELHOR SÉRIE (DRAMA)
“The Handmaid’s Tale”

MELHOR SÉRIE (COMÉDIA OU MUSICAL)
“The Marvelous Mrs. Maisel”

MELHOR ATOR (DRAMA)
Sterling K. Brown – “This Is Us

Depois de levar o Emmy pela emocionante série dramática “This Is Us” em 2017, Sterling K. Brown repetiu o feito no Globo de Ouro, levando o prêmio de melhor ator.

MELHOR ATRIZ (DRAMA)
Elisabeth Moss – “The Handmaid’s Tale”

MELHOR ATOR (COMÉDIA OU MUSICAL)
Aziz Ansari – “Master of None”

MELHOR ATRIZ (COMÉDIA OU MUSICAL)
Rachel Brosnahan – “The Marvelous Mrs. Maisel”

MELHOR MINISSÉRIE OU TELEFILME
“Big Little Lies”

Elenco de “Big Little Lies” reunido. Adaptada do best seller homônimo de Liane Moriarty, a minissérie acompanha um grupo de mulheres que se envolve em uma trama de assassinato, rivalidade e violência doméstica, em Monterey, na Califórnia. A direção é do canadense Jean-Marc Vallée, que já trabalhara com Reese Witherspoon em “Clube de Compras Dallas”.

MELHOR ATRIZ (MINISSÉRIE OU TELEFILME)
Nicole Kidman – “Big Little Lies”

MELHOR ATOR (MINISSÉRIE OU TELEFILME)
Ewan McGregor – “Fargo”

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE (SÉRIE, MINISSÉRIE OU TELEFILME)
Laura Dern – “Big Little Lies”

MELHOR ATOR COADJUVANTE (SÉRIE, MINISSÉRIE OU TELEFILME)
Alexander Skarsgård – “Big Little Lies”

“BIG LITTLE LIES”, PREMIADA COM O EMMY, E MAIS LANÇAMENTOS NA 2001

COM GRANDE ELENCO E DIREÇÃO DO CANADENSE JEAN-MARC VALLÉE (“CLUBE DE COMPRAS DALLAS“),  A MINISSÉRIE BRILHOU NA ÚLTIMA EDIÇÃO DO EMMY, A MAIS IMPORTANTE PREMIAÇÃO DA TELEVISÃO AMERICANA. 

Entre as produções de menor duração, “Big Little Lies” levou o Emmy nas categorias de melhor minissérie, atriz (Nicole Kidman), atriz coadjuvante (Laura Dern), ator coadjuvante (Alexander Skarsgard) e direção. Reese Witherspoon, Shailene Woodley, Adam Scott e Zoë Kravitz também estão no elenco.

Adaptada do best seller homônimo de Liane Moriarty, a produção acompanha três mulheres que se envolvem em uma trama de assassinato, rivalidade e violência doméstica, na aparente perfeita comunidade de Monterey, na Califórnia. Madeline (Reese Witherspoon) é uma dona de casa que se dedica à educação das duas filhas e que ainda vive ressentida com o casamento do ex-marido.

Já a ex-advogada Celeste (Nicole) é mãe de gémeos e tem um casamento aparentemente perfeito com um homem mais novo, Perry (Skarsgård). Jane (Shailene) é uma jovem mãe solteira recém-chegada à cidade preocupada com o filho de cinco anos, acusado de esganar a filha de Renata (Laura Dern), a arqui-inimiga de Madeline, no recreio da escola. A partir daí, uma “guerra” se instaura entre as mães dos alunos.

Criada por David E. Kelley (“Ally McBeal”, “Boston Legal”), a minissérie trata de muitas coisas, mas sobretudo do papel da mulher na sociedade contemporânea, por meio das diferentes personagens e seus conflitos. Um crime mantido nas sombras desde o primeiro episódio – não se sabe quem o cometeu ou quem é a vítima – é só a ponta de diferentes formas de violência (assédio sexual, bullying) que afetam as protagonistas e, infelizmente, cada vez mais mulheres na atualidade.

EXTRAS:
• Sobre Big Little Lies – um olhar por trás das cenas com entrevistas inéditas com o elenco e realizadores.
• Contém “Por Dentro dos Episódios” com o diretor Jean-Marc Vallée e o escritor David E. Kelley.

MEU MALVADO FAVORITO 3

Uma das maiores bilheterias do ano, com quase 9 milhões de espectadores nos cinemas brasileiros, o longa de animação dá sequência à franquia protagonizada pelo ex-vilão Gru (voz de Steve Carrell no original), que agora descobre ter um irmão gêmeo, Dru. Ao lado dos Minions, os dois terão de enfrentar um novo vilão – Balthazar Bratt, um esquecido astro de TV dos anos 1980. Confira nos extras das edições em DVD e Blu-ray, making of, cena deletada, videoclipe e o mini-filme “A Vida Secreta de Kyle”.

E VEJA TAMBÉM:
Coleção Meu Malvado Favorito 1-3 + Minions

PIRATAS DO CARIBE – A VINGANÇA DE SALAZAR

Johnny Depp está de volta ao papel de Jack Sparrow, que precisa encontrar o Tridente de Poseidon, artefato que dá a quem o possui poder absoluto sobre os sete mares. Enquanto isso, um grupo de fantasmas é liberado por um velho inimigo, o Capitão Salazar (Javier Bardem), que está determinado a matar todos os piratas do mar. Brenton Thwaites, Kaya Scodelario, Geoffrey Rush e Orlando Bloom completam o elenco desta quinta aventura da franquia, dirigida pela dupla de cineastas noruegueses Espen Sandberg e Joachim Ronning (de “Expedição Kon Tiki”).

O CÍRCULO

Baseado no livro de mesmo nome de Dave Eggers, o filme é um suspense tecnológico com Tom Hanks, Emma Watson (a Hermione da franquia “Harry Potter“) e John Boyega (de “Star Wars – O Despertar da Força“) nos papéis principais e um tema muito atual: o fim da privacidade no mundo virtual. Hanks interpreta Eamon Bailey, empresário que comanda a Circle, corporação que investe na manipulação de dados das mídias sociais, e Emma, sua mais nova funcionária.

BAYWATCH – SOS MALIBU

Versão cinematográfica da popular série de TV dos anos 1990, com Dwayne Johnson, o “The Rock”, substituindo David Hasselhoff no papel de Mitch Buchannon, chefe da equipe de salva-vidas da praia de Emerald Bay, na Flórida. Dirigido por Seth Gordon (“Quero Matar meu Chefe“), o filme une ação policial e humor, com Zac Efron como parceiro (e personalidade oposta), a indiana Priyanka Chopra de vilã, e participações especiais de Hasselhoff e Pamela Anderson.

RIVERDALE – 1ª TEMPORADA

Inspirada nos desenhos animados de “A Turma do Archie”, da década de 1960, a série teen explora os segredos dos moradores de uma pequena cidade dos EUA. Os habitantes de Riverdale tentam retomar suas vidas após uma tragédia que faz Archie Andrews repensar seu futuro – e amores, dividido entre Betty e Veronica. Entre os extras incluídos no box, estão cenas inéditas e erros de gravação.

 

CONHEÇA OS VENCEDORES DO EMMY, O “OSCAR DA TV”

AS PRODUÇÕES “THE HANDMAID’S TALE”, AINDA INÉDITA NO BRASIL, E “BIG LITTLE LIES” FORAM AS GRANDES VENCEDORAS DO PRÊMIO, CONSIDERADO O MAIS IMPORTANTE DA TELEVISÃO AMERICANA. 

A 69ª cerimônia do Emmy foi realizada na noite de domingo (17), em Los Angeles, e, em meio a discursos políticos inflamados, celebrou a diversidade e a força das personagens femininas na chamada “era de ouro” da televisão.

Baseada no livro “O Conto da Aia”, da escritora canadense Margaret Atwood, a distopia feminista “The Handmaid’s Tale” concorria a 13 Emmys e levou 6 troféus das categorias principais: melhor série dramática, atriz dramática (Elisabeth Moss), direção (Reed Morano), roteiro (Bruce Miller), atriz coadjuvante (Ann Dowd) e atriz convidada em série drasmática (Alexis Bledel, de “Gilmore Girls”).

Uma das séries mais impactantes dos últimos anos, THE HANDMAID”S TALE foi a grande surpresa da premiação. A história de um regime totalitário não muito distante dos tempos atuais – de intolerância religiosa e conservadorismo crescentes – que oprime de maneira aterrorizante e brutal, sobretudo, as mulheres.

Entre as produções de menor duração (minissérie ou telefilme), “Big Little Lies” – que sai em DVD na 2001 no final deste mês – brilhou com cinco prêmios: melhor minissérie, melhor atriz (Nicole Kidman), atriz coadjuvante (Laura Dern), ator coadjuvante (Alexander Skarsgard) e direção (Jean-Marc Vallée) em minissérie.

A ousada mistura de ficção-científica e faroeste “Westworld” ficou relegada a prêmios técnicos, assim como a elogiada minissérie “Feud”, sobre a rivalidade entre Bette Davis e Joan Crawford durante as filmagens do clássico “O Que Aconteceu com Baby Jane?“.

O aclamado drama criminal “The Night of” (disponível completa em DVD na 2001) rendeu o prêmio de melhor ator para o jovem Riz Ahmed, derrotando pesos-pesados como Robert De Niro (“The Wizard of Lies”) e Ewan McGregor (pela terceira temporada de “Fargo”).

Criada pelos roteiristas Richard Price (“A Cor do Dinheiro”, “The Wire”) e Steven Zaillian (vencedor do Oscar por “A Lista de Schindler”), a minissérie “THE NIGHT OF” esmiuça, com precisão cirúrgica e atenção aos detalhes, a descida ao inferno de um jovem através do sistema judicial norte-americano. No caso, Naz (Riz Ahmed), filho de uma família paquistanesa que é acusado de matar uma jovem em Nova York.

Lembrando que “Game of Thrones“, maior vencedor da história da premiação, não concorreu nesta edição do Emmy por não ter estreado a atual temporada a tempo do período de apuração.

Confira a seguir os ganhadores nas principais categorias – a lista completa, com os prêmios técnicos, encontra-se no site oficial do Emmy.

MELHOR SÉRIE DRAMÁTICA
“The Handmaid’s Tale”

MELHOR SÉRIE DE COMÉDIA
Veep

MELHOR TELEFILME
“Black Mirror”: Episódio “San Junipero”

MELHOR MINISSÉRIE
Big Little Lies

No centro do palco, Nicole Kidman e Reese Witherspoon, produtoras executivas e protagonistas de BIG LITTLE LIES. Adaptada do best seller homônimo de Liane Moriarty, a minissérie acompanha três mulheres que se envolvem em uma trama de assassinato, rivalidade e violência doméstica, na aparente perfeita comunidade de Monterey, na Califórnia. Shailene Woodley, Alexander Skarsgård, Laura Dern e Adam Scott completam o elenco, e a direção é do canadense Jean-Marc Vallée (de “Clube de Compras Dallas”).

MELHOR ATOR EM SÉRIE DRAMÁTICA
Sterling K. Brown (“This Is Us“)

MELHOR ATOR EM SÉRIE DE COMÉDIA
Donald Glover (“Atlanta”)

MELHOR ATRIZ EM SÉRIE DRAMÁTICA
Elisabeth Moss (“The Handmaid’s Tale”)

MELHOR ATRIZ EM SÉRIE DE COMÉDIA
Julia Louis-Dreyfus (“Veep“)

No papel de um jovem acusado de assassinato, Riz Ahmed enfrenta preconceito racial e injustiça em THE NIGHT OF, minissérie que disseca com frieza o sistema criminal americano

MELHOR ATOR EM MINISSÉRIE OU TELEFILME
Riz Ahmed (“The Night Of”)

MELHOR ATRIZ EM MINISSÉRIE OU TELEFILME
Nicole Kidman (“Big Little Lies“)

MELHOR ATOR COADJUVANTE EM SÉRIE DRAMÁTICA
John Lithgow (“The Crown”)

MELHOR ATOR COADJUVANTE EM SÉRIE DE COMÉDIA
Alec Baldwin (“Saturday Night Live”)

Impagável imitando o presidente eleito Donald Trump, Alec Baldwin foi premiado por suas participações no programa humorístico SATURDAY NIGHT LIVE

MELHOR ATOR COADJUVANTE EM MINISSÉRIE OU TELEFILME
Alexander Skarsgard (“Big Little Lies“)

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE EM SÉRIE DRAMÁTICA
Ann Dowd (“The Handmaid’s Tale”)

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE EM SÉRIE DE COMÉDIA
Kate McKinnon (“Saturday Night Live”)

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE EM MINISSÉRIE OU TELEFILME
Laura Dern (“Big Little Lies“)

No papel de uma advogada implacável, Laura Dern levou o prêmio de coadjuvante por BIG LITTLE LIES – em pré-venda na 2001 -, derrotando sua colega de elenco Shailene Woodley

MELHOR ATOR CONVIDADO EM SÉRIE DRAMÁTICA
Gerald McRaney (“This Is Us“)

MELHOR ATRIZ CONVIDADA EM SÉRIE DRAMÁTICA
Alexis Bledel (“The Handmaid’s Tale”)

MELHOR ATOR CONVIDADO EM SÉRIE DE COMÉDIA
Dave Chappelle (“Saturday Night Live”)

MELHOR ATRIZ CONVIDADA EM SÉRIE DE COMÉDIA
Melissa McCarthy (“Saturday Night Live”)

SAIU A LISTA DOS INDICADOS AO PRÊMIO EMMY

Foram divulgados os indicados ao Emmy Awards, premiação mais importante da televisão americana, que chega à sua 69ª edição neste ano. A cerimônia acontecerá no dia 17 de setembro em Los Angeles, com apresentação de Stephen Colbert.

Ficção-científica ambientada no universo do western, “Westworld” é a produção com maior número de indicações, 22, incluindo melhor atriz (Evan Rachel Wood) e atriz coadjuvante (Thandie Newton) em série dramática. Outro destaque da HBO, a minissérie “The Night of” — já disponível em DVD na 2001 — concorre em 13 categorias, com quatro atores lembrados nas categorias de atuação – Riz Ahmed, John Turturro, Bill Camp e Michael Kenneth Williams.

Criada pelos roteiristas Richard Price (“A Cor do Dinheiro”, “The Wire”) e Steven Zaillian (vencedor do Oscar por “A Lista de Schindler”), a minissérie “THE NIGHT OF” esmiuça, com precisão cirúrgica e atenção aos detalhes, a descida ao inferno de um jovem através do sistema judicial norte-americano. No caso, Naz (Riz Ahmed), filho de uma família paquistanesa que é acusado de matar uma jovem em Nova York.

Curiosamente, “Game of Thrones” não concorre neste ano, pois a nova temporada estreia após o período elegível para concorrer ao prêmio, de junho de 2016 a maio de 2017.

Confira abaixo as principais produções indicadas. A lista completa, com as categorias técnicas, encontra-se no site oficial do Emmy.

Anthony Hopkins, Evan Rachel Wood e Rodrigo Santoro em “Westworld”, recordista – ao lado do programa “Saturday Night Live” – de indicações ao Emmy neste ano

MELHOR SÉRIE DRAMÁTICA
House of Cards
Better Call Saul
“The Crown”
“The Handmaid’s Tale”
“This Is Us”
“Westworld”
“Stranger Things”

MELHOR SÉRIE DE COMÉDIA
Veep
“Atlanta”
“Black-ish”
“Master of None”
“Modern Family”
“Silicon Valley”
“Unbreakable Kimmy Schmidt”

MELHOR TELEFILME
“The Wizard of Lies”
“The Immortal Life of Henrietta Lacks”
“The Lying Detective”
“Black Mirror”
“Dolly Parton’s Christmas of Many Colors: Circle of Love”

MELHOR MINISSÉRIE
“Big Little Lies”
“Feud”
“Genius”
The Night Of
“Fargo”
“Genius”

Susan Sarandon e Jessica Lange vivem Bette Davis e Joan Crawford durante as filmagens de “O Que Aconteceu com Baby Jane?” (1962) em “Feud”

MELHOR ATOR EM SÉRIE DRAMÁTICA
Sterling K. Brown (“This Is Us”)
Anthony Hopkins (“Westworld”)
Bob Odenkirk (“Better Call Saul“)
Matthew Rhys (“The Americans”)
Liev Schreiber (“Ray Donovan“)
Milo Ventimiglia (“This Is Us”)

MELHOR ATOR EM SÉRIE DE COMÉDIA
Anthony Anderson (“Black-ish”)
Aziz Ansari (“Master of None”)
Zach Galifianakis (“Baskets”)
Donald Glover (“Atlanta”)
William H. Macy (“Shameless”)
Jeffrey Tambor (“Transparent”)

MELHOR ATOR EM MINISSÉRIE OU TELEFILME
Riz Ahmed (“The Night Of”)
Benedict Cumberbatch (“Sherlock: The Lying Detective”)
Robert De Niro (“The Wizard of Lies”)
Ewan McGregor (“Fargo”)
Geoffrey Rush (“Genius”)
John Turturro (“The Night Of”)

Nos papéis de advogado de defesa e acusado, John Turturro e Riz Ahmed em “The Night of

MELHOR ATRIZ EM SÉRIE DRAMÁTICA
Claire Foy (“The Crown”)
Elisabeth Moss (“The Handmaid’s Tale”)
Robin Wright (“House of Cards“)
Evan Rachel Wood (“Westworld”)
Viola Davis (“How to Get Away with Murder”)
Keri Russell (“The Americans”)

MELHOR ATRIZ EM SÉRIE DE COMÉDIA
Ellie Kemper (“Unbreakable Kimmy Schmidt”)
Allison Janney (“Mom“)
Julia Louis-Dreyfus (“Veep“)
Tracee Ellis Ross (“Black-ish”)
Lily Tomlin (“Grace and Frankie”)
Jane Fonda (“Grace and Frankie”)

MELHOR ATRIZ EM MINISSÉRIE OU TELEFILME
Nicole Kidman (“Big Little Lies”)
Jessica Lange (“Feud”)
Susan Sarandon (“Feud”)
Reese Witherspoon (“Big Little Lies”)
Carrie Coon (“Fargo”)
Felicity Huffman (“American Crime”)

MELHOR ATOR COADJUVANTE EM SÉRIE DRAMÁTICA
Jonathan Banks (“Better Call Saul“)
Ron Cephas Jones (“This Is Us”)
David Harbour (“Stranger Things”)
Michael Kelly (“House of Cards“)
John Lithgow (“The Crown”)
Mandy Patinkin (“Homeland“)
Jeffrey Wright (“Westworld”)

Interpretado por Jonathan Banks, o ameaçador Mike de “Breaking Bad” está de volta em “Better Call Saul”

MELHOR ATOR COADJUVANTE EM SÉRIE DE COMÉDIA
Louie Anderson (“Baskets”)
Alec Baldwin (“Saturday Night Live”)
Tituss Burgess (“Unbreakable Kimmy Schmidt”)
Ty Burrell (“Modern Family”)
Tony Hale (“Veep“)
Matt Walsh (“Veep“)

MELHOR ATOR COADJUVANTE EM MINISSÉRIE OU TELEFILME
Bill Camp (“The Night Of“)
Alfred Molina (“Feud: Bette and Joan”)
Alexander Skarsgard (“Big Little Lies”)
David Thewlis (“Fargo”)
Stanley Tucci (“Feud: Bette and Joan”)
Michael K. Williams (“The Night Of“)

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE EM SÉRIE DRAMÁTICA
Uzo Aduba (“Orange Is the New Black“)
Millie Bobby Brown (“Stranger Things”)
Ann Dowd (“The Handmaid’s Tale”)
Chrissy Metz (“This Is Us”)
Thandie Newton (“Westworld”)
Samira Wiley (“The Handmaid’s Tale”)

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE EM SÉRIE DE COMÉDIA
Vanessa Bayer (“Saturday Night Live”)
Anna Chlumsky (“Veep“)
Kathryn Hahn (“Transparent”)
Leslie Jones (“Saturday Night Live”)
Judith Light (“Transparent”)
Kate McKinnon (“Saturday Night Live”)

Laura Dern, Reese Witherspoon e Shailene Woodley em “Big Little Lies”

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE EM MINISSÉRIE OU TELEFILME
Judy Davis (“Feud: Bette and Joan”)
Laura Dern (“Big Little Lies”)
Jackie Hoffman (“Feud: Bette and Joan”)
Regina King (“American Crime”)
Michelle Pfeiffer (“The Wizard of Lies”)
Shailene Woodley (“Big Little Lies”)

MELHOR ATOR CONVIDADO EM SÉRIE DRAMÁTICA
BD Wong (“Mr. Robot”)
Denis O’Hare (“This Is Us”)
Hank Azaria (“Ray Donovan“)
Gerald McRaney (“This Is Us”)
Ben Mendelsohn (“Bloodline”)
Brian Tyree Henry (“This Is Us”)

MELHOR ATRIZ CONVIDADA EM SÉRIE DRAMÁTICA
Ann Dowd (“The Leftovers”)
Cicely Tyson (“How to Get Away with Murder”)
Laverne Cox (“Orange Is the New Black“)
Alison Wright (“The Americans”)
Alexis Bledel (“The Handmaid’s Tale”)
Shannon Purser (“Stranger Things”)

MELHOR ATOR CONVIDADO EM SÉRIE DE COMÉDIA
Riz Ahmed (“Girls“)
Tom Hanks (“Saturday Night Live”)
Dave Chappelle (“Saturday Night Live”)
Lin-Manuel Miranda (“Saturday Night Live”)
Hugh Laurie (“Veep“)
Matthew Rhys (“Girls“)

MELHOR ATRIZ CONVIDADA EM SÉRIE DE COMÉDIA
Becky Ann Baker (“Girls“)
Melissa McCarthy (“Saturday Night Live”)
Angela Bassett (“Master of None”)
Kristen Wiig (“Saturday Night Live”)
Carrie Fisher (“Catastrophe”)
Wanda Sykes (“Black-ish”)