Documentário

SÉRIES INDICADAS AO PRÊMIO EMMY E MAIS NOVIDADES NA 2001

WESTWORLD – 1ª TEMPORADA

Premiada em quatro categorias do Emmy, a série é inspirada no enredo do clássico “Westworld – Onde Ninguém Tem Alma” (1973) e combina o universo do western com a tecnologia da inteligência artificial. Criada por J. J. Abrams (“Lost”) e Jonathan Nolan (“Batman – O Cavaleiro das Trevas”), a superprodução é ambientada em um parque temático futurista que reproduz o Velho Oeste, povoado por androides – chamados de anfitriões –, programados pelo Dr.Robert Ford (Anthony Hopkins) para conviver com os turistas como se fossem pessoas reais.

THE CROWN – 1ª TEMPORADA

Vencedoras de dois Globos de Ouro no início deste ano – melhor série dramática, atriz (Claire Foy) em drama e ator coadjuvante (John Lithgow), a atração foi escrita pelo roteirista Peter Morgan (“O Último Rei da Escócia”) e conta com episódios dirigidos por Stephen Daldry (“As Horas”). Dramatização da juventude da Rainha Elizabeth II, mostra a personagem, interpretada por Foy, dando seus primeiros passos em direção ao trono inglês, após a morte de seu pai, o rei George VI (Jared Harris), em 1952.

GRACE AND FRANKIE – 1ª TEMPORADA

Jane Fonda e Lily Tomlin concorreram ao Emmy por suas atuações como, respectivamente, Grace e Frankie, duas antigas rivais que precisam enfrentar juntas a revelação que seus maridos (Martin Sheen e Sam Waterston) estão apaixonados um pelo outro – e planejam se casar. Uma comédia dramática diferente, sobre diversidade sexual e novas descobertas na terceira idade.

A CABANA

Adaptação do best-seller homônimo de William P. Young, o filme narra a jornada espiritual de Mack (Sam Worthington, de “Avatar”), que entra em profunda depressão após o assassinato de sua filha. Certo dia, ele recebe um bilhete para ir a uma cabana no meio da floresta e tem um encontro com Deus (representado por Octavia Spencer). Sucesso nos cinemas, com mais de 5 milhões de espectadores no Brasil.

O LIVRO DE HENRY

Novo filme do diretor Colin Trevorrow, responsável por “Jurassic World”, o drama traz Naomi Watts no papel de uma mãe solteira que trabalha como garçonete a fim de criar os filhos Peter (8 anos) e Henry (12), que tem uma criatividade sem limites. Um dia, ela descobre que a família vizinha tem um perigoso segredo, e Henry – o gênio da família – cria um plano para ajudar.

A TERRA VERMELHA (2015)

Coprodução entre Argentina, Bélgica e Brasil, o filme parte de histórias reais para abordar um tema cada vez mais em pauta na América do Sul: a destruição de nossas reservas naturais. Nesta variação da luta de David e Golias, o perigo surge a partir do conflito entre uma multinacional de extração de madeira e a população de um vilarejo na fronteira entre Brasil e Argentina.

TRANSFORMERS – O ÚLTIMO CAVALEIRO

No quinto filme da franquia dirigida por Michael Bay, os humanos continuam em guerra com os Transformers. A salvação de nosso mundo recai sobre os ombros de uma aliança entre Cade Yeager (Mark Wahlberg), Sir Edmund Burton (Anthony Hopkins) e uma professora da Universidade de Oxford, Vivian (Laura Haddock). Em DVD, Blu-ray, BD 3D e também no formato Steelbook.

CINEMA INFANTIL

Em CARROS 3, uma nova geração de corredores incrivelmente rápidos surpreende Relâmpago McQueen (voz original de Owen Wilson), que se afasta das corridas. Confira nos extras da versão em Blu-ray cenas inéditas, por trás das câmeras, e muito mais. E não perca as aventuras de DETETIVES DO PRÉDIO AZUL – O FILME e DESCENDENTES 2, que traz de volta os filhos dos vilões da Disney.

E VEJA TAMBÉM:
Coleção Carros – 3 Discos

O ÍDOLO

Dirigido por Hany Abu-Assad logo após o sucesso de “Omar”, o longa narra a história real de Mohammad, um jovem rapaz de Gaza que sonha em cantar no Cairo Opera House e ser conhecido pela sua voz no mundo inteiro. Vencedor do concurso ‘Arab Idol 2013’, o rapaz se tornou, aos 23 anos, símbolo da esperança do povo palestino.

KIKI – OS SEGREDOS DO DESEJO

Adaptação livre do filme australiano “A Pequena Morte” (2014), esta comédia espanhola surpreende ao mostrar a dinâmica de cinco casais às voltas com seus fetiches sexuais, em uma Madri multi-cultural. Sem condenar os personagens, o longa dirigido e estrelado por Paco León extrai seu humor de situações insólitas.

É TUDO VERDADE!

BUENA VISTA SOCIAL CLUB – ADIÓS reflete sobre a contribuição dos músicos de Havana a partir de depoimentos de integrantes ainda vivos da banda. Já FERRARI – RUMO À IMORTALIDADE percorre a trajetória da icônica marca automobilística, com ênfase nos triunfos e tragédias da Scuderia Ferrari.

2 X BRUCE WILLIS

O ator vive um detetive que enfrenta a gangue de Jason Momoa em LOUCOS E PERIGOSOS, aventura satírica coestrelada por John Goodman e Famke Janssen. E, em OPERAÇÃO RESGATE, Kellan Lutz junta forças com Gina Carano à procura de seu pai, um agente da CIA (papel de Willis).

CONFIRA OS ÚLTIMOS LANÇAMENTOS NA 2001

A LUZ ENTRE OCEANOS

Baseado no aclamado livro homônimo de M.L. Stedman, o filme é um drama romântico à moda antiga, com grandes atuações e bela reconstituição de época. Depois de servir na Primeira Grande Guerra, o soldado Tom Sherbourne (Michael Fassbender, de “Steve Jobs“) regressa à Austrália como herói e consegue uma vaga temporária como faroleiro. Em uma rara visita à cidade, o solitário Sherbourne conhece a doce Isabel (Alicia Vikander), por quem se apaixona. Direção de Derek Cianfrance (do indie “Namorados para Sempre“).

O MERCADO DE NOTÍCIAS

Novo trabalho de Jorge Furtado, diretor do curta “Ilha das Flores“, o documentário intercala trechos da peça homônima do dramaturgo inglês Ben Jonson (1572- 1637) com depoimentos de 13 jornalistas brasileiros sobre o sentido e a prática de sua profissão, as mudanças na maneira de consumir notícias e o futuro da imprensa. Trechos da comédia de Jonson, montada e encenada para a produção do filme, revelam uma visão crítica e cada vez mais atual sobre o jornalismo.

SPLENDOR

Indicado à Palma de Ouro no Festival de Cannes, o filme traz Marcello Mastroianni no papel de Jordan, proprietário de um pequeno cinema no interior da Itália. Ao lado do projecionista Luigi (Massimo Troisi, de “O Carteiro e o Poeta”), ele faz de tudo para manter a sala em atividade, apesar da queda de público e da ascensão da televisão. Dirigido e escrito por Ettore Scola, “Splendor” é uma homenagem nostálgica à magia das antigas salas de cinema.

SOB CUSTÓDIA

Inédito nos cinemas brasileiros, o filme tem como maior trunfo a presença de Viola Davis, vencedora do Oscar de melhor atriz coadjuvante por “Um Limite Entre Nós“. Ela é Martha Schulman, juíza da vara de família que preside o caso de Sara Diaz (Catalina Sandino Moreno, “Maria Cheia de Graça”), que luta pela custódia dos dois filhos. Hayden Panettiere (“Nashville”), Tony Shalhoub (“Monk”) e Ellen Burstyn (“Réquiem para um Sonho”) completam o elenco.

FRAGMENTADO

Diretor de “O Sexto Sentido”, M. Night Shyamalan voltou a fazer sucesso de público e crítica com este thriller psicológico estrelado por James McAvoy. O ator escocês interpreta Kevin, um homem que sofre de múltiplas personalidades (24!) – uma delas extremamente perigosa, capaz de sequestrar três adolescentes e mantê-las em cativeiro.

BILLIONS – 1ª TEMPORADA

Elogiada pela crítica, a série enfoca — com Wall Street como pano de fundo — a rivalidade entre Chuck Rhoades (Paul Giamatti, “A Minha Versão do Amor“), procurador federal com planos de se tornar governador de Nova York, e Bobby Axelrod (Damian Lewis, o Nicholas Brody de “Homeland“), um manipulador empresário do mercado financeiro.

ASSASSINO A PREÇO FIXO – A RESSURREIÇÃO

Um dos astros de ação deste milênio, o inglês Jason Statham retorna ao papel de Arthur Bishop, um assassino de aluguel que tenta, sem sucesso, aposentar de seu ofício. Nesta continuação do sucesso de 2011 — por sua vez, uma refilmagem do clássico de 1972 com Charles Bronson –, o personagem esconde-se no Rio de Janeiro e logo é descoberto, sendo obrigado a eliminar três pessoas. Aventura com Jessica Alba, Tommy Lee Jones e Michelle Yeoh.

ATENTADO EM PARIS

Astro de “Game of Thrones”, Richard Madden encarna Michael Mason, norte-americano que vive de pequenos golpes em Paris até roubar uma bolsa ligada a um ataque terrorista. Um agente da CIA, Sean Briar (Idris Elba), percebe que ele é apenas o peão de uma conspiração criminosa. Em virtude do ataque à cidade de Nice em julho de 2016, o lançamento do longa foi adiado inúmeras vezes mundo afora.

CÃES SELVAGENS

Celebrado roteirista de “Taxi Driver” e “Touro Indomável”, Paul Schrader assina a direção deste policial — permeado de humor negro — baseado no livro pulp “Cão Come Cão”, de Eddie Bunker. Nicolas Cage e Willem Dafoe interpretam dois ex-presidiários de Los Angeles contratados para fazer um sequestro. É o início de uma série de eventos desconcertantes e reviravoltas. Em DVD e Blu-ray.

OPERAÇÃO MEKONG

Baseada em fatos reais, esta produção de Hong Kong se vale de incríveis cenas de ação para reconstituir o massacre envolvendo dois navios chineses encurralados no rio Mekong, localizado entre as fronteiras de Burma e da Tailândia, em 2011. No comando das investigações, o Capitão Gao Gang usa toda a sua experiência para descobrir o que causou a morte de 13 marinheiros em uma das maiores rotas de drogas do mundo.

PIROMANÍACO

Um jovem desequilibrado causa terror em uma vila do sul da Noruega neste thriller mais focado no estudo de personagem. De ritmo lento, o filme de Erik Skjoldbjærg, diretor da versão original de “Insônia” (1977), esmiuça em cenas perturbadoras a psicologia do piromaníaco do título, ninguém menos que o filho do chefe dos bombeiros local.

AMAZING JOURNEY – THE STORY OF THE WHO

Com a vinda do The Who em 21 de setembro, no estádio Allianz Parque em São Paulo, está de volta ao catálogo este DVD duplo sobre a história da banda inglesa. O documentário apresenta uma retrospectiva com entrevistas com o guitarrista Pete Townshend e com o vocalista Roger Daltrey, além de cenas inéditas e raras apresentações ao vivo. E confira também o clássico “Quadrophenia“, cult do cinema britânico baseado na ópera-rock homônima do The Who.

EM 5 LANÇAMENTOS, A DIVERSIDADE DE OLHARES DO CINEMA BRASILEIRO

PRODUÇÕES AUTORAIS, PREMIADAS EM FESTIVAIS NO BRASIL E NO EXTERIOR, E UM IMPORTANTE DOCUMENTÁRIO SOBRE O PAPEL TRANSFORMADOR DA LEITURA, ESTÃO ENTRE AS NOVIDADES EM DVD NA 2001.

A HISTÓRIA DA ETERNIDADE

Primeiro longa-metragem do pernambucano Camilo Cavalcante, um retrato poético da vida de três mulheres em diferentes fases. Três histórias de amor e desejo que revolucionam a paisagem afetiva de seus moradores, em um pequeno vilarejo no Sertão. No elenco, Irandhir Santos, Cláudio Jaborandy, Leonardo França, Maxwell Nascimento, Marcélia Cartaxo e Zezita Matos. E a trilha sonora conta com composições originais do polonês Zibgniew Preisner – autor das músicas dos filmes de Krzysztof Kieślowski – e de Dominguinhos.

* Melhor filme, direção, ator, atrizes e prêmio da crítica no Festival de Paulínia. Escolhido como melhor filme pelo público na Mostra Internacional de Cinema de SP.

ÓRFÃOS DO ELDORADO

Inspirado no mais recente romance do escritor brasileiro Milton Hatoum (autor de “Dois Irmãos”, adaptado para TV), o filme é uma história de amor, loucura e obsessão na Amazônia. Na trama, Arminto (Daniel de Oliveira) retorna para a casa do pai e logo reencontra Florita (Dira Paes), a atual amante dele, com quem teve um caso no passado. Estreia do documentarista Guilherme Coelho (de “PQD” e “Fala tu”) no cinema de ficção.

* Grande Prêmio Brasil do Cinema Brasileiro – melhor fotografia (Adrian Teijido) – em 2016.

MATE-ME POR FAVOR

Exibido na Mostra Horizontes do Festival Internacional de Veneza em 2015, o filme da cineasta Anita Rocha da Silveira parte do cinema de gênero (no caso, o thriller) para mergulhar em temas tabu – como a violência contra a mulher e a sexualidade – encarados por um grupo de adolescentes cariocas. Bia (Valentina Herszage) e suas amigas são afetadas por uma série de assassinatos de jovens mulheres que ocorrem em seu bairro, Barra da Tijuca.

* Prêmio de melhor atriz (Valentina Herszage) e direção no Festival do Rio em 2015.

JOGO DAS DECAPITAÇÕES

Mais um trabalho inquietante de Sergio Bianchi, um dos grandes iconoclastas do cinema brasileiro contemporâneo, diretor de “Cronicamente Inviável” e “Quanto Vale ou é Por Quilo?”. Em “Jogo…”, ele toca em feridas expostas na sociedade atual – corrupção, repressão policial e tensão entre classes sociais -, esmiuçando a geração que lutou contra a ditadura militar no país. Segundo Bianchi, “o filme é isso: raiva. Raiva da minha geração”.

* Menção Honrosa do Júri – ator coadjuvante – para Silvio Guindan no Festival do Rio.

GALÁXIAS

O documentarista Fabiano Maciel investiga se os livros ainda podem mudar a vida de alguém, acompanhando pessoas de diferentes lugares do Brasil que, por iniciativa própria, criaram bibliotecas abertas ao público em suas comunidades. Conhecemos as histórias individuais desses heróis anônimos da educação, além de depoimentos de personalidades do mundo literário, como o ensaísta José Miguel Wisnik, o escritor Marçal Aquino e a crítica Maria Rita Kehl.

É TUDO VERDADE! EM VÁRIOS DOCUMENTÁRIOS RECÉM-LANÇADOS NA 2001

NO PACOTE DE DOCUMENTÁRIOS QUE ACABA DE CHEGAR NA 2001, DESCUBRA O OLHAR DE DIFERENTES CINEASTAS PARA ASSUNTOS QUE VÃO DAS ARTES PLÁSTICAS À REALIDADE DO SISTEMA JUDICIAL BRASILEIRO.

Conheça o trabalho de Marina Abramovic e Ai Weiwei – dois dos mais importantes nomes da arte contemporânea -, as diferentes vertentes da música caribenha, os bastidores de quatro peças de teatro aqui no Brasil, a história da fotografia, e muito mais. É a força do cinema documentário na 2001.

A ARTISTA ESTÁ PRESENTE

1

Dirigido por Mathews Akers, o documentário apresenta cenas de bastidores e o trabalho da celebrada artista sérvia Marina Abramovic. A partir de retrospectiva de sua obra organizada pelo Museu de Arte Moderna de Nova York (MoMA), em 2010, entenda porque Marina é considerada a mais importante e relevante artista performática da atualidade. Vencedor da categoria “Escolha da audiência” da mostra Panorama no Festival de Berlim em 2012.

AI WEIWEI – SEM PERDÃO

2

Premiado no Festival de Sundance, o filme de Alison Klayman acompanha três anos da vida do artista e ativista chinês Ai Weiwei, famoso por usar as mídias sociais e sua arte para inspirar protestos contra a ditadura em seu país. Como resultado, teve seu blog cancelado e seu estúdio destruído, foi espancado e preso. É a história, vista de perto, de um dissidente da era digital que inspira o público e confunde os limites entre arte e política global.

NOSTALGIA DA LUZ

3

Dirigido pelo chileno Patricio Guzmán (“A Batalha do Chile”), o documentário é considerado um dos melhores filmes latino-americanos da última década. No deserto de Atacama, astrônomos de todo o mundo se reúnem para observar as estrelas. Ao mesmo tempo em que eles pesquisam as galáxias em busca de vida extraterrestre, um grupo de mulheres procura os corpos de seus parentes, desaparecidos durante a ditadura militar sob o regime de Pinochet.

MÚSICA LIBRE

4

Minissérie documental com cinco episódios que revelam o universo musical de países do Caribe. Filmada em Cuba, Jamaica, Haiti, República Dominicana e Trinidad & Tobago, a produção traz um panorama da cena de cada país, mostrando ritmos tradicionais e contemporâneos através de memoráveis performances e entrevistas com grandes músicos como Chucho Valdés, Omara Portuondo, Sly Dunbar, entre outros. Direção de Carolina Sá.

O HOMEM QUE ENGARRAFAVA NUVENS

5

Dirigido pelo pernambucano Lírio Ferreira (“Baile Perfumado”, “Sangue Azul“), o longa relata a história do músico Humberto Teixeira. Precursor da criação do Baião, criou clássicos como “Kalú”, “Asa Branca”, “Juazeiro” e, junto com Luiz Gonzaga, revolucionou a música popular brasileira. Depoimentos de, entre outros, Gilberto Gil, Caetano Veloso, Maria Bethania, Gal Costa, Fagner, Belchior, Lenine, Otto, Bebel Gilberto e David Byrne.

OS DIAS COM ELE

6

Dirigido por Maria Clara Escobar, o filme tem como eixo a sua relação com o pai, o filósofo, dramaturgo e professor Carlos Henrique Escobar. As descobertas e frustrações de acessar a memória de um homem – e de um período negro da história brasileira – permeiam a narrativa que caminha entre o campo afetivo e a investigação do passado. Melhor Filme do Festival de Cinema de Tiradentes e vencedor da Menção Honrosa no Festival de Cinema de Havana.

TERCEIRO SINAL

7

A fotógrafa e documentarista Sandra Delgado dirige esta série que mostra os bastidores de quatro peças teatrais, dirigidas por Aderbal Freire-Filho (“Hamlet”), José Celso Martinez Corrêa (“Estrela Brazyleira a Vagar – Cacilda!!”), Domingos Oliveira (“Do Fundo do Lago Escuro”) e Amir Haddad (“As Meninas”). Delgado acompanhou cerca de 6 horas de ensaios diários das produções, de 2008 a 2010, elaborando um fascinante making of para os fãs de teatro.

ROMANCE DE FORMAÇÃO

6

O documentário da jovem Julia De Simone mergulha no cotidiano de quatro estudantes brasileiros em algumas das escolas mais renomadas do mundo. Jovens que carregam consigo a responsabilidade de crescer dentro de grandes instituições acadêmicas, com seus sonhos e anseios. Nesse percurso, eles alcançam muitas conquistas e deixam para trás várias ilusões.

JUSTIÇA & JUÍZO

8

Dois aclamados – e premiados – documentários de Maria Augusta Ramos. Em “Justiça” (2004), ela pousa sua câmera no Tribunal de Justiça no Rio de Janeiro, acompanhando o cotidiano tanto daqueles que trabalham ali (defensores públicos, juízes, promotores) como daqueles ali de passagem (réus). Já em “Juízo” (2007), Ramos mostra a trajetória de menores de 18 anos diante da lei, desde o instante da prisão até seu julgamento por roubo, tráfico ou homicídio.

CONTATOS 1 – A GRANDE TRADIÇÃO DO FOTOJORNALISMO

9

Primeiro de uma série de três volumes na qual um conjunto de imagens são comentadas por seus autores a fim de analisar o processo criativo da fotografia. Doze fotógrafos discutem seus métodos de trabalho – como quem organiza um livro de memórias ou retorna ao acontecimento enquadrado, com a ajuda destes blocos de notas visuais. Inclui o livreto “O Presente Infinito”. Filmes incluídos no DVD:

1. Henri Cartier-Bresson, de Robert Delpire (França, 1994. 12’)

2. William Klein, de William Klein (França, 1990. 15’)

3. Raymond Depardon, de Raymond Depardon e Roger Ikhlef (França, 1990. 13’)

4. Josef Koudelka, de Robert Delpire (França, 1990. 12’)

5. Robert Doisneau, de Sylvain Roumette (França, 1990. 15’)

6. Edouard Boubat, de Roger Ikhlef (França, 1994. 15’)

7. Elliott Erwitt, de Elliott Erwitt (França, 2002. 12’)

8. Marc Riboud, de Alain Taieb (França, 1990. 13’)

9. Leonard Freed, de Alain Taieb e Leonard Freed (França, 1990. 13’)

10. Mario Giacomelli, de Yervant Gianikian e Angela Ricci Lucchi (França, 1994. 14’)

11. Helmut Newton, de Philippe Collin (França, 1990. 12’)

12. Don McCullin, de Sylvain Roumette (França, 1993. 14’)

CONTATOS 2 – A RENOVAÇÃO DA FOTOGRAFIA CONTEMPORÂNEA

10

Segundo volume da série baseada em ideia de William Klein, com onze fotógrafos discutindo seus métodos de trabalho. Inclui os filmes:

1. Sophie Calle, de Jean-Pierre Krief (França, 1997. 13′)

2. Nan Goldin, de Jean-Pierre Krief (França, 1999. 13′)

3. Duane Michals, de Dominique Dubosc (França, 1993. 13′)

4. Sarah Moon, de Sarah Moon (França, 1994. 13′)

5. Nobuyoshi Araki, de Jean-Pierre Krief (França, 2000. 14′)

6. Hiroshi Sugimoto, de Jean-Pierre Krief (França, 2000. 14′)

7. Andreas Gursky, de Sylvain Roumette (França, 1999. 13′)

8. Thomas Ruff, de Jean-Pierre Krief (Franca, 1997. 13′)

9. Jeff Wall de Jean-Pierre Krief (França, 2000. 14′)

10. Lewis Baltz, de Sylvain Roumette (França, 1997. 13′)

11. Jean-Marc Bustamante, de Marie-Dominique Dhelsing (França, 2000. 13′).

CONTATOS 3 – A FOTOGRAFIA CONCEITUAL

12

Desta vez, dez fotógrafos discutem seu processo de trabalho nos seguintes vídeos:

1. John Baldessari, de Jean-Pierre Krief (França, 2002. 14’)

2. Bernd & Hilla Becher, de Jean-Pierre Krief (França, 2002. 15’)

3. Christian Boltanski, de Alain Fleischer (França, 2002. 12’)

4. Alain Fleischer, de Alain Fleischer (França, 2002. 14’)

5. John Hilliard, de Jean-Pierre Krief (França, 2002. 14’)

6. Roni Horn, de Jean-Pierre Krief (França, 2004. 13’)

7. Martin Parr, de Françoise Marie e Jean-Pierre Krief (França, 2002. 15’)

8. Georges Rousse, de Jean-Pierre Krief (França, 2002. 14’)

9. Thomas Struth, de Jean-Pierre Krief (França, 2002. 15’)

10. Wolfgang Tillmans, de Jean-Pierre Krief (França, 2004. 13’)

+ 10 LANÇAMENTOS PARA COMEÇAR O MÊS NA 2001

INVASÃO A LONDRES

12

Continuação do sucesso “Invasão à Casa Branca” (2013), com Gerard Butler novamente como o herói e Aaron Eckhart no papel de presidente dos EUA. Na trama, o funeral do Primeiro Ministro britânico, com a presença de diversos líderes mundiais, é a deixa para um atentado sem precedentes. Morgan Freeman e Melissa Leo completam o elenco, e a direção é do iraniano Babak Najafi (da cultuada série “Banshee”), que estreia em Hollywood.

A FESTA DE DESPEDIDA

20

Premiado no Festival de Veneza 2014, o filme da dupla israelense Tal Granit e Sharon Maymon trata com leveza de um tema tabu: a eutanásia. Um grupo de amigos em uma casa de repouso chega a uma solução radical em razão do sofrimento de Max, um doente terminal. O tema polêmico – dilema que desperta posições extremadas a favor ou contra – é desenvolvido com bom humor e humanidade nesta elogiada coprodução entre Israel e Alemanha.

TUDO VAI FICAR BEM

19

Depois de documentários aclamados como “Pina” e “O Sal da Terra”, o cineasta alemão Wim Wenders retorna à ficção neste sóbrio drama sobre perda e luto, concebido para exibição em 3D nos cinemas. Ao som da trilha de Alexandre Desplat, o filme segue cerca de dez anos da vida de Tom (James Franco), escritor em crise consumido pela culpa após um acidente de carro. Charlotte Gainsbourg (“A Árvore”) Rachel McAdams (“Spotlight”) completam o elenco

JOE

18

Inédito nos cinemas brasileiros, o longa de David Gordon Green traz Nicolas Cage de volta à forma, no papel de Joe Ransom, um ex-presidiário à sombra de seu passado. Alcoólatra e amargurado, ele tenta recomeçar trabalhando em uma madeireira, até fazer amizade com Gary (Tye Sheridan, de “Lugares Escuros”), jovem de 15 anos que batalha para sustentar a família. Vencedor do prêmio especial da Fundação Christopher D. Smithers no Festival de Veneza.

MÁ CONDUTA

17

Personagens de dois veteranos do cinema medem forças neste thriller envolvendo intriga, sexo e poder em torno de uma ação na Justiça. Anthony Hopkins interpreta Arthur Denning, magnata do mercado farmacêutico processado pelo escritório de Charles Abrams (Al Pacino). No centro do conflito está Ben (Josh Duhamel), um jovem advogado ambicioso que ultrapassa os limites ético-legais, colocando sua vida em perigo.

O PECADO DE CLUNY BROWN

10

Penúltimo trabalho dirigido por Ernst Lubitsch (1892–1947), mestre da farsa sofisticada dos anos 20 e 30, o filme acompanha os encontros e desencontros românticos entre uma aspirante a encanadora, Cluny Brown (Jennifer Jones), e um charmoso escritor tcheco, Adam Belinski (o galã Charles Boyer), na Inglaterra pouco antes da Ii Guerra. Com diálogos ferinos e humor, está é uma típica comédia de costumes do diretor de “Ninotchka” e “Ser ou Não Ser”.

COMBATE – 1ª TEMPORADA – VOL. 1

15

Um marco da TV americana no início dos anos 1960, a série rendeu ao ator Vic Morrow (1929–1982) uma indicação ao Emmy. A produção acompanha um grupo de soldados da infantaria americana em luta na Europa durante a Segunda Guerra Mundial. Antes de brilhar como um dos mais criativos cineastas da Nova Hollywood, Robert Altman trabalhou na TV americana e dirigiu vários episódios da primeira temporada de “Combate”. Volume com 4 discos.

LUZ DA ESCOLA DE CLOVIS E NINA

14

Edição com 1 DVD e 2 CDs de áudio MP3 trazendo um filme inédito do documentarista Oceano Vieira de Melo (Eurípedes Barsanulfo – Educador e Médium), quase duas horas de vídeos extras e mais de 22 horas de preces, mensagens e palestras com Clóvis Tavares, registradas entre as décadas de 1950 e 80. Nos extras, Flávio Tavares na Casa de Chico Xavier (25 min.), mensagens e palestras etc.

JAPÃO SELVAGEM (BBC)

13

Elogiado documentário em três partes narrado por Michelle Dockery, a Lady Mary Crawley de “Downton Abbey”. O Japão tem uma vasta gama de paisagens – no norte, onde águas marinhas andam sobre as águas congeladas; nas ilhas subtropicais ao sul, com recifes de corais; e nas ilhas centrais, habitat de ursos e macacos. Cada lugar com seus próprios desafios, desde vulcões e terremotos a invernos selvagens, agrestes e tufões quentes de verão.

O REINO GELADO 2

11

Animação russa dublada em português e inglês (com as vozes de Sean Bean e Sharlto Copley), apresentando mais aventuras do simpático troll “Orm”, que agora resolve participar de um torneio convocado pelo rei, no intuito de melhorar de vida. No entanto, ele esconde o fato de já ter sido capacho da vilã Rainha da Neve e aos poucos fica tentado a voltar a ser malvado. Em DVD e Blu-ray.

ESTOQUES LIMITADOS

EM EDIÇÕES ESPECIAIS, “GUERRA E PAZ”, “GREY GARDENS” E “ADVERSIDADE”

333

UM MONUMENTAL ÉPICO RUSSO EM QUATRO PARTES, UM DOCUMENTÁRIO CULT DOS IRMÃOS MAYSLES E UM CLÁSSICO DE 1936 ESTÃO ENTRE AS NOVIDADES DO SELO ‘OBRAS-PRIMAS DO CINEMA’.

Guerra-e-paz-+-discos

GUERRA E PAZ

Em bela embalagem no formato digistack, com 3 DVDs, esta edição especial reúne as quatro partes desta épica produção russa baseada no romance homônimo do grande escritor russo Liev Tolstoy.

Dirigido por Sergei Bondarchuk (1920–1994), o filme marcou época sendo a a mais cara produção da ex-União Soviética, conquistando o Oscar de melhor filme estrangeiro em 1969.

Pela primeira vez em DVD no Brasil, e com mais de duas horas de extras e três cards.

1

DISCO 1:

GUERRA E PAZ I – Andrey Bolkonskiy (Voyna i mir I: Andrey Bolkonsky, 1965, 140 min.)

O Príncipe Andrei Nikolayevich Bolkonsky alista-se no Exército Imperial Russo como ajudante do General Mikhail Kutuzov durante a guerra da Terceira Coligação contra Napoleão Bonaparte. Seriamente ferido e incorretamente dado como morto, Bolkonsky consegue voltar para casa e conhece Natasha Rostova, a jovem filha de um conde.

DISCO 2:

GUERRA E PAZ II – Natasha Rostova (Voyna i mir II: Natasha Rostova, 1966, 93 min.)

Bolkonsky apaixona-se por Natasha e a pede em casamento, contrariando o pai dela, que pede para esperarem. Contudo, enquanto o príncipe viaja para o exterior, Natasha conhece Anatol Vasilyevich Kuragin.

cyklus_02

GUERRA E PAZ III – O Ano de 1812 (Voyna i mir III: 1812 god, 1967, 77 min.)

O exército de Napoleão invade a Rússia. Bezukhov é enviado para acompanhar o iminente confronto entre os dois exércitos e se voluntaria para ajudar na artilharia durante a Batalha de Borodino.

DISCO 3:

GUERRA E PAZ IV – Pierre Bezukhov (Voyna i mir IV: Pierre Bezukhov, 1967, 92 min.)

Enquanto Moscou é queimada pelos russos em retirada, os Rostovs fogem de sua propriedade e no caminho levam vários soldados feridos, com Bolkonsky entre eles.

EXTRAS:

* Criando o filme (28 minutos) * Entrevista com os cineastas: Vyacheslav Ovchinnikov (33 minutos), Vassily Lanovoy (9 minutos) e Irina Skobtseva (5 minutos)
* Entrevista com o diretor Sergey Bondarchuk (14 minutos)
* Liev Tolstoy (6 minutos)
* A Crônica de Liev Tolstoy (7 minutos)
* Liev Tolstoy: Guerra e Paz (8 minutos)

Grey-Gardens---Edicao-Espec

GREY GARDENS

Os irmãos Albert e David Maysles já tinham adquirido notoriedade pela direção de “Caixeiro-Viajante” (1968) e “Gimme Shelter” (1970), quando foram convidados pelas irmãs Jacqueline Onassis e Lee Radziwell para filmar o cotidiano da família, incluindo duas parentes distantes. Pois foram Edith Bouvier Beale e Edie Beale — respectivamente, mãe e filha que moravam reclusas numa mansão caindo aos pedaços em East Hampton — que despertaram o interesse dos documentaristas.

00

Grey Gardens” mostra toda a decadência e excentricidade das duas senhoras, sem ultrapassar a linha tênue que separa o documentário do sensacionalismo. Pois há humor, mas um humor involuntário e afetuoso decorrente da própria interação das Beale com a câmera. Com o passar do tempo, o documentário adquiriu status de cult, foi encenado em forma de musical na Broadway e virou telefilme da HBO (com Jessica Lange e Drew Barrymore nos papéis principais) em 2009.

EXTRAS:

* Trechos de uma entrevista gravada com “Little Edie Beale” (40 min.)
* Entrevistas em vídeo com os estilistas Todd Oldham (05:25) e John Bartlett (5:23)
* Trailer Original (2:15)

Adversidade---edicao-especiADVERSIDADE

Clássico de 1936 vencedor de quatro prêmios Oscar – incluindo melhor atriz coadjuvante (Gale Sondergaard) e indicado em mais três categorias. Dirigido por Mervyn LeRoy (“Quo Vadis”) e estrelado por Fredric March e Olivia de Havilland, o filme é baseado no livro de Hervey Allen e agora completa 80 anos, saindo em versão restaurada.

4kof7vfnfsxov7nk

No final do século 18 na Itália, uma bela jovem se vê casada com um homem mais velho e rico, mas cruel. No entanto, ela está apaixonada por alguém mais jovem, dando início a uma terrível tragégia e inúmeras reviravoltas.

EXTRAS:

* Making of: A criação do filme
* Trailer Original, incluindo o inédito curta “You Cant Foll a Camera”

É TUDO VERDADE! EM 5 DOCUMENTÁRIOS EM DESTAQUE NA 2001

4

O FESTIVAL “É TUDO VERDADE” TERMINOU, MAS O GÊNERO CONTINUA EM ALTA NA 2001, COM CINCO LANÇAMENTOS QUE CONFIRMAM A FORÇA DO CINEMA DOCUMENTAL. ENTRE AS NOVIDADES, DESTAQUE PARA O MAIS COMPLETO RETRATO DE WOODY ALLEN – ENQUANTO ARTISTA E INDIVÍDUO – E O ÚLTIMO FILME DIRIGIDO PELO MESTRE EDUARDO COUTINHO.

WOODY ALLEN – UM DOCUMENTÁRIO

3

Previsão de entrega: 27/4

O escritor, diretor, ator, comediante e músico nova-iorquino permitiu que sua vida e processo criativo fossem registrados neste DVD com mais de três horas de duração. Com acesso sem precedentes, Robert B. Weide, um dos diretores da série “Curb Your Enthusiasm”, seguiu seu biografado por mais de um ano e meio, revelando, em imagens e depoimentos surpreendentes, a intimidade do criador do neurótico mais famoso do cinema.

A trajetória de Allen é relembrada desde seu trabalho como roteirista de TV até se tornar um dos diretores-roteiristas mais queridos pelo público cinéfilo realizando cerca de um filme por ano há mais de 4 décadas. O documentário conta com depoimentos de Antonio Banderas, Josh Brolin, Penélope Cruz, John Cusack, Larry David e Scarlett Johansson, entre outros artistas que já trabalharam com o icônico (e polêmico) artista.

ÚLTIMAS CONVERSAS

6

Previsão de entrega: 9/5

Realizado a partir de entrevistas feitas por Eduardo Coutinho com jovens cursando o terceiro ano do ensino médio em escolas públicas, o filme busca entender como pensam, sonham e vivem os adolescentes. Morto em fevereiro de 2014, antes do início da montagem, o cineasta chegou a ver todo o material filmado e deixou um caderno com anotações feitas a partir das transcrições das entrevistas.

Filme de abertura do É Tudo Verdade – Festival Internacional de Documentários – em 2015, “Últimas Conversas” foi editado por Jordana Berg, parceira de Coutinho desde “Santo Forte” (1998), e a versão final é de João Moreira Salles.

EXTRAS: Cenas não incluídas na montagem final. E a edição em DVD inclui livreto com texto de Pedro Butcher e uma entrevista com Salles e Jordana Berg.

MAIS EDUARDO COUTINHO NA 2001:
Edifício Master (2002)
Peões (2004)
O Fim e o Princípio (2006)
Jogo de Cena (2007)
Moscou (2008/2010)
As Canções (2011)

CORAÇÕES E MENTES (DVD DUPLO)

7

Previsão de entrega: 03/05

Dirigido por Peter Davis, o filme é considerado um dos melhores documentários de todos os tempos. A partir de extenso material de arquivo, Davis mostra com olhar crítico o confronto dos Estados Unidos no Vietnã, e os efeitos desastrosos de uma guerra. Explosivo, persuasivo e chocante, “Corações e Mentes” é uma experiência brutal e mantém seu impacto até hoje.

Vencedor do Oscar de Melhor Documentário em 1975, o longa sai em versão remasterizada com mais de duas horas de extras, além de livreto especial de 48 páginas, com fotos, depoimentos e curiosidades.

10

DISCO 1: O Filme

Uma investigação sobre a Guerra do Vietnã, através de imagens da guerra e entrevistas com ex-combatentes americanos e sobreviventes vietnamitas, analisando assuntos como a duração do conflito, o militarismo e o racismo entranhado na cultura dos Estados Unidos.

DISCO 2: Extras

Mais de duas horas de material não utilizado por Peter Davis, com trechos de entrevistas com George Ball, David Brinkley, Philippe Devillers, com o ativista político Tony Russo, cenas de um hospital militar no sul do Vietnã e muito mais!

ATLÂNTICO (BBC EARTH)

9

A produção mostra todo o romance, força bruta e beleza espetacular do Oceano Atlântico, explorando as características, qualidades e ecologia de suas três diferentes zonas: o norte, os trópicos e o sul. Conheça desde pequenos seres que nele habitam às gigantes baleias-jubarte, passando pelos humanos que têm no oceano o cenário principal para a realização das suas atividades econômicas.

PATAGÔNIA SELVAGEM (BBC EARTH)

8

Um documentário fascinante que mostra a Patagônia não só como uma terra sem lei, poderosa e exigente, mas também como um paraíso onde a sorte está a favor de seus habitantes. Um lugar sem fronteiras definidas, estendida entre o Chile e a Argentina, a região é composta de estranhas paisagens, enormes cadeias de montanhas e vastas planícies – que aparecem arrebatadoras em belas imagens da BBC.

CONFIRA OS ÚLTIMOS LANÇAMENTOS EM DVD E BLU-RAY NA 2001

VIDA E PAIXÃO DE JESUS CRISTO

1

A história de Jesus desde a cidade de Bélem, onde Maria o concebe na manjedoura, até sua ressurreição. Filmado originalmente em 1902, este foi um dos primeiros filmes sobre a vida de Jesus Cristo já realizados. Com a restauração e remasterização desta raridade, o público finalmente tem acesso a uma obra importante dos primórdios do cinema acompanhada do documentário especial “Da Manjedoura para a Cruz”.

CARMEN LA DE RONDA

2

Grande dama da música e do cinema espanhol, Sarita Montiel ganhou fama mundial com “La Violetera” e pelo papel da bela cigana de “Carmen La de Ronda”. Na região de Ronda, na Espanha, a personagem conhece Antonio, líder de um grupo secreto que combate as tropas de Napoleão na cidade, e o esconde no sótão da taberna em que trabalha. O astro Maurice Ronet (de “Trinta Anos Esta Noite”) interpreta um comandante do exército francês.

EXPRESSO DO AMANHÃ

3

Primeiro filme em inglês do renomado cineasta sul-coreano Bong Joon Ho (de “Mother – A Busca Pela Verdade” e “O Hospedeiro”), com Chris Evans, Jamie Bell, Tilda Swinton, John Hurt e Ed Harris no elenco. Na trama, os únicos sobreviventes da Terra estão a bordo de uma imensa máquina chamada Snowpiercer. Lá dentro, os mais pobres vivem em péssimas condições, enquanto a classe rica vive em meio ao luxo. Ficção científica baseada na HQ francesa “O Perfuraneve”, de Jacques Lob, Benjamin Legrand e Jean-Marc Rochette.

MERU – O CENTRO DO UNIVERSO

Meru Expedition, Garwhal, India

Na tentativa de realizar uma escalada nunca antes concluída, três alpinistas de elite deixam tudo para trás, enquanto lutam com a imprevisibilidade dos elementos da natureza. Em meio a vários obstáculos, tentam terminar a subida, chamada Shark’s Fin, no monte Meru, localizado na região do Himalaia indiano. Premiado no Festival de Sundance e indicado a melhor documentário no Independent Spirit Awards.

SABOR DA VIDA

5

Diretora do sensível “O Segredo das Águas”, a japonesa Naomi Kawase aborda uma história de união e solidariedade a partir da arte culinária. Sentaro cudia de uma pequena padaria que serve dorayakis – panquecas recheadas com pasta de feijão doce – e aceita, relutantemente, uma senhora de idade como funcionária. Chamada Tokue, ela prova ter um toque mágico ao fazer “an”, impulsionando o pequeno negócio.

O GRANDE KILAPY

6

Coprodução entre Brasil, Portugal e Angola. Na trama, Lázaro Ramos (sucesso na TV em “Mr. Brau”interpreta João Fraga, um mulherengo boa vida que se torna uma lenda ao entrar para o mundo do crime. Ambientado em meados da década de 70, o filme tem como pano de fundo a degradação do regime colonial de Angola, sob domínio português até 1975. A esfera política se inscreve discretamente na vida do protagonista, em meio a aventuras sexuais e pequenos golpes.

SEXO, DROGAS E JINGLE BELLS

7

Depois de “50%”, Jonathan Levine volta a dirigir Joseph Gordon-Levitt e Seth Rogen nesta comédia besteirol que satiriza o clima familiar das festas de fim de ano. O filme acompanha três amigos de infância (vividos por Rogen, Levitt e Anthony Mackie) que se reencontram todos os anos em Nova York para celebrar o Natal em grande estilo. Participações especiais de Miley Cyrus e Kanye West.

VICTOR FRANKENSTEIN 

8

O eterno Harry Potter Daniel Radcliffe veste a pele de Igor Strausman nesta recriação do universo imaginado pela autora Mary Shelley no clássico “Frankenstein”. A história é narrada do ponto de vista do ajudante de Victor Von Frankenstein (James McAvoy) e mostra como o cientista, na tentativa de ajudar a humanidade, fica obcecado com suas pesquisas e cria um ser humano com membros e órgãos de outras pessoas. Direção de Paul McGuigan, da série “Sherlock”.

EFFIE GRAY

9

Inédito nos cinemas brasileiros, o filme é uma elogiada produção de época inglesa escrita pela atriz Emma Thompson. Ambientada no século XIX, a trama enfoca o triângulo amoroso vivido por John Ruskin (Greg Wise), um crítico de arte inglês, Euphemia “Effie” Gray (Dakota Fanning), sua esposa escocesa, e o artista pré-rafaelita John Everett Millais (Tom Sturridge). Emma Thompson, James Fox, Claudia Cardinale e Julie Walters completam o elenco.

O BOM DINOSSAURO

10

Indicado ao Globo de Ouro de melhor animação, o filme é mais um sucesso da Pixar e mostra a amizade de Arlo, um dinossauro adolescente, com um menino, Spot. Na dublagem original, destaque para as vozes de Frances McDormand, Jeffrey Wright e Sam Elliott, e os extras do Blu-ray incluem o curta “Esconde-esconde”, cenas inéditas e inúmeros featurettes. Em DVD, Blu-ray e BD 3D.

NATAL NA 2001: É TUDO VERDADE EM “DIOR E EU” E “A VERDADE SOBRE MARLON BRANDO”

DOIS LANÇAMENTOS NA 2001 CONFIRMAM A FORÇA DO CINEMA NÃO-FICCIONAL: “DIOR E EU“, PARA OS FASHIONISTAS DE PLANTÃO E AMANTES DA MODA, E “A VERDADE SOBRE MARLON BRANDO“,  UM DOS 15 FILMES PRÉ-SELECIONADOS PARA DISPUTAR O OSCAR 2016 DE MELHOR DOCUMENTÁRIO.

Já disponível

Já disponível

DIOR E EU

Dirigido pelo francês Frédéric Tcheng (de “Valentino: The Last Emperor”), o documentário fez sua estreia no Festival de Tribeca no ano passado, e mostra os bastidores do primeiro desfile de Raf Simons como diretor criativo da grife Dior, em julho de 2012.

Com pleno acesso ao dia a dia da equipe, as câmeras registram as dificuldades e tensões existentes ao longo da elaboração de um badalado desfile de alta costura, e Tcheng resgata as palavras do próprio Christian Dior da década de 1940 a fim de refletir sobre a indústria da moda.

Descubra o que há por trás dos manequins de um desfile e o que faz da Casa Dior um ícone. O acesso ao backstage está liberado em “Dior e Eu“.

Já disponível

Já disponível

A VERDADE SOBRE MARLON BRANDO

Inédito nos cinemas brasileiros, o documentário de Stevan Riley teve acesso a mais de 200 horas de vídeos e áudios do acervo pessoal de Brando, realizando um desejo do próprio homenageado, que planejava lançar um filme autobiográfico antes de falecer, em 2004.

A produção apresenta diferentes fases da vida do polêmico ator, desde a infância até a carreira consolidada no cinema, além de abordar sua relação com a auto-hipnose. Só que, ao invés dos tradicionais depoimentos de amigos e familiares, o filme dá voz apenas ao astro, por meio de antigas gravações de áudio que conduzem a narrativa.

Um dos 15 pré-selecionados da lista que irá apontar os cinco indicados ao Oscar de melhor documentário. Os finalistas serão anunciados junto aos outros indicados da Academia em 14 de janeiro do ano que vem.

002

EXTRAS: 

* Making of
* Digitalizando Marlon

QUARTAS COM SUZANA VIDIGAL: “Cássia Eller”

EDITORA DO CINE GARIMPO, A JORNALISTA SUZANA VIDIGAL ESCREVE TODA QUARTA-FEIRA PARA O BLOG DA 2001, DESTACANDO UM GRANDE LANÇAMENTO PARA LOCAÇÃO OU VENDA NAS LOJAS DA REDE

Não são poucos os jovens cantores que o Brasil perdeu e já são várias as produções que nos trazem de volta parte desse repertório cultural que faz parte de nossas vidas. Foi assim com Tim Maia (Tim Maia – Não Há Nada Igual), Renato Russo (Somos Tão Jovens  e Faroeste Caboclo), Gonzaga e Gonzaguinha (Gonzaga – De Pai pra Filho), Raul Seixas (Raul – O Início, o Fim e o Meio) e Cazuza. Agora, Cássia Eller. Em toda a sua intensidade.

Captura-de-tela-inteira-09102014-091624.bmp1

Com sua voz inconfundível e a capacidade única de interpretar canções e se transformar no palco, Cássia é descrita pelos amigos, familiares e por ela mesma como tímida. São inúmeros os depoimentos, com destaque para os amigos Nando Reis e Zélia Duncan. Além de repassar inúmeras e lindas canções, o documentário traz bastante a questão da gravidez de Cássia e da luta pela guarda de seu filho Francisco por Maria Eugênia Vieira Martins, companheira de Cássia por 14 anos – que foi uma decisão inédita da justiça brasileira.

Familia Cassia

Cássia morreu jovem, aos 39, no auge da carreira, em 2001. E justamente no ano em que se consagrava como grande talento da música brasileira com seu acústico da MTV e sua participação no Rock in Rio. Com muito material inédito, Fontenelle consegue mostrar a Cássia artista e criadora, mas também mostra seu lado pessoal mais íntimo, suas amizades e escolhas. O laudo do IML diz que a cantora morreu de ataque cardíaco. Se foi por uso de drogas e álcool não interessa mais à essa altura do campeonato. Nada vai conseguir mudar o que ficou, como diz seu grande sucesso “Por Enquanto”. Sua obra está aí e vale seu ingresso pra ouvir suas músicas na telona.

cassia_eller2

Confira o trailer de “Cássia Eller”:

DIREÇÃO e ROTEIRO: Paulo Henrique Fontenelle ELENCO: Cássia Eller, Nando Reis, Zélia Duncan, Luiz Melodia, Milton Nascimento, Francisco Eller | 2015 (120 min)

Cliente da 2001, Suzana Vidigal é jornalista e editora do Cine Garimpo, blog com dicas de cinema e DVD para você escolher de acordo com seu estado de espírito.