Fritz Lang

EM EDIÇÕES ESPECIAIS COM CARDS, BUÑUEL, LANG E TARKÓVSKI

OS FÃS DE CINEMA EUROPEU NÃO PODEM PERDER UM DOS LANÇAMENTOS DO ANO: “O CINEMA DE LUIS BUÑUEL“, BOX COM 4 CLÁSSICOS DO MESTRE DO SURREALISMO. ALÉM DA RARIDADE “DR. MABUSE DE FRITZ LANG” E DO DVD DUPLO “ANDREI TARKÓVSKI“, COM 2 OBRAS-PRIMAS DO DIRETOR RUSSO. TRÊS COLEÇÕES IMPERDÍVEIS, EM BELAS EDIÇÕES COM CARDS E INÚMEROS EXTRAS.

O CINEMA DE LUIS BUÑUEL

Box com 3 DVDs que reúne 6 clássicos do diretor surrealista todos em inéditas versões restauradas e mais de duas horas de vídeos extras, incluindo um excelente documentário sobre a obra do mestre espanhol.

Luis Buñuel (1900-1983) nasceu na aldeia de Calanda (Teruel, Espanha). Em 1917, começou a estudar em Madrid, tomando conhecimento das vanguardas artísticas e literárias da época — cubismo, dadaísmo e surrealismo. Em 1925, mudou-se para Paris, onde estudou cinema e trabalhou como assistente de vários realizadores. Seu primeiro filme, “Um Cão Andaluz” (1928), feito em parceria com Salvador Dali, provocou escândalo e se tornou um marco do surrealismo no cinema.

Catherine Deneuve em A BELA DA TARDE, o filme mais famoso da carreira de Buñuel. O clássico de 1967 acaba de ser relançado em DVD na 2001.

O cineasta trabalhou depois no México e teve uma gloriosa carreira na Europa, onde rodou clássicos como o icônico “A Bela da Tarde“, “Tristana” – filme favorito de Catherine Deneuve em sua carreira – e “O Fantasma da Liberdade“, longa em segmentos escrito por seu fiel colaborador, Jean-Claude Carrière.

Edição limitada com 6 cards.

DISCO 1:

TRISTANA, UMA PAIXÃO MÓRBIDA (Tristana, 1970, 109 min.)
Com Catherine Deneuve, Fernando Rey, Franco Nero.

Após a morte da mãe, órfã é entregue aos cuidados do idoso Don Lope, que a seduz e se torna seu amante. Porém, a chegada de um jovem ameaça o relacionamento. Obra-prima subversiva indicada ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro.

A VIA LÁCTEA ou O ESTRANHO CAMINHO DE SÃO TIAGO (La Voie Lactée, 1969, 101 min.)
Com Paul Frankeur, Laurent Terzieff, Alain Cuny, Pierre Clementi.

Dois peregrinos viajam em direção ao mítico caminho de Santiago de Compostela, lugar de muita religiosidade, e lá se deparam com diversos personagens bíblicos e históricos. Ácida sátira religiosa do mestre espanhol.

DISCO 2:

O FANTASMA DA LIBERDADE (Le Fantôme de la Liberté, 1974, 103 min.)
Com Jean-Claude Brialy, Adolfo Celi, Michel Piccoli.

Uma série de situações absurdas, que começa com o fantástico relato do que se passou em Toledo em 1808, com um soldado e uma morta. Um dos filmes mais surrealistas de Buñuel, que o considerava seu testamento.

A MORTE NESTE JARDIM (La Mort en ce Jardin, 1956, 104 min.)
Com Simone Signoret, Georges Marchal, Charles Vanel.

Em meio à uma revolução iniciada por garimpeiros num país da América do Sul, um grupo precisa se aventurar na floresta, para fugir da polícia. Com forte comentário político, essa é mais uma pérola da fase mexicana de Buñuel.

DISCO 3:

O DIÁRIO DE UMA CAMAREIRA (Le Journal d’une Femme de Chambre, 1964, 97 min.)
Com Jeanne Moreau, Georges Géret, Michel Piccoli.

Uma camareira consegue emprego na casa dos Monteil, uma família burguesa com certas peculiaridades, como o fetiche do patrão por sapatos femininos. Com muito humor negro, Buñuel nos apresenta sua visão sobre a luta de classes. Refilmado por Benoît Jacquot em 2015 com Léa Seydoux no papel que foi de Jeanne Moreau.

SIMÃO DO DESERTO (Simón del Desierto, 1965, 45 min.)
Com Claudio Brook, Silvia Pinal, Enrique Álvarez Félix.

Simão é um religioso que deseja se aproximar de Deus. Para isso, sobe numa coluna no deserto. Porém, o demônio quer seduzi-lo. Fascinante estudo, repleto de ironia, sobre o fanatismo religioso. Prêmio Especial do Júri em Veneza.

EXTRAS:
* Documentário sobre Buñuel (60 min.)
* Especiais sobre os filmes (90 min.)

DR. MABUSE DE FRITZ LANG

Com quatro discos, o box apresenta os filmes sobre o misterioso psicanalista Dr. Mabuse dirigidos por Fritz Lang, um dos maiores nomes do expressionismo alemão, responsável por clássicos como “M, O Vampiro de Dusseldorf” e “Metrópolis”. Além dos filmes em edições remasterizadas, a coleção traz quase duas horas de conteúdo extra, com entrevistas e documentário.

DISCOS 1 e 2:

DR. MABUSE, O JOGADOR (Dr. Mabuse, der Spieler, 1922, 271 min.)

A história de uma organização criminal liderada por Mabuse (Rudolf Klein-Rogge), um misterioso psicanalista cuja diversão é brincar com homens ricos através de técnicas de hipnose. Ele joga cartas com eles, hipnotiza-os e faz com que apostem todo o dinheiro que tem.

As duas partes desse épico criminal do cinema mudo somam quatro horas e meia de duração.

DISCO 3:

O TESTAMENTO DO DR.MABUSE (Das Testament des Dr. Mabuse, 1933, 121 min.)

Mabuse encontra-se em estado catatônico em um hospital para doentes mentais, enquanto uma rede terrorista está à solta em Berlim com o objetivo de promover caos e anarquia, utilizando-se de instruções do gênio do crime. O inspetor Lohmann é o responsável pela investigação do caso, e vai apertando o cerco com a obtenção de provas cada vez mais estranhas.

Segundo filme sonoro de Lang, foi banido da Alemanha por ordem expressa de Goebbels, sob a alegação de que poderia tirar do povo a confiança nos políticos.

DISCO 4:

OS MIL OLHOS DO DR. MABUSE (Die 1000 Augen des Dr. Mabuse, 1960, 99 min.)

Mabuse regressa para destruir o mundo de vez. Através de uma rede de televisão, ele vigia os clientes de um luxuoso hotel com o objetivo de roubá-los e matá-los. O milionário Trevors e a Interpol unem forças para captura-lo.

Último filme da saga e também da carreira de Lang.

EXTRAS:
* Entrevista com Fritz Lang (20 minutos)
* Documentário “Mabuse’s Motives (29 minutos)
* Dr. Mabuse em Mente (15 minutos)
* Entrevista com Hans Günther (10 minutos)
* A Música de Dr. Mabuse (13 minutos)
* Entrevista com Wolfgang Preiss (15 minutos)
* Final Alternativo para “Os Mil Olhos do Dr. Mabuse (1 minuto)

ANDREI TARKÓVSKI

DVD duplo com duas obras-primas em inéditas versões restauradas do russo Andrei Tarkóvski (1932-1986), um dos maiores cineastas da história do cinema.

Edição especial com 2 cards, luva e quase 1 hora de extras, incluindo making of e entrevistas com a equipe.

DISCO 1:

ANDREI RUBLEV (Idem, 1966, 182 min.)
Com Anatoliy Solonitsyn, Ivan Lapikov, Nikolay Grinko.

A vida do grande pintor de ícones da Rússia do século XV, período de intensa turbulência política e religiosa no país. Nesse cenário caótico, surgem os diversos episódios da vida de Andrei, que mais tarde abandona seu trabalho como pintor para se dedicar a Deus.

DISCO 2:

STALKER (Idem, 1979, 162 min.)
Com Alisa Freyndlikh, Aleksandr Kaydanovskiy, Anatoliy Solonitsyn.

Três viajantes do futuro atravessam uma zona proibida e encontram um lugar onde as leis da física e da geografia não se aplicam – e todos os desejos são realizados.

EXTRAS:
* Making of de “Andrei Rublev” (5 minutos)
* Entrevista com Yuriy Nazarov (4 minutos)
* Entrevista com Marina Tarkovsky (2 minutos)
* Entrevista com Alexander Knyazhinsky (5:54)
* Entrevista com Rashit Safiullin (14 minutos)
* Entrevista com Eduard Artemyev (21 minutos)

EM EDIÇÕES ESPECIAIS, EXPRESSIONISMO ALEMÃO, ALAIN DELON E UM CULT DO CINEMA INDIE

COM 3 DISCOS + CARDS, A COLEÇÃO “EXPRESSIONISMO ALEMÃO – VOL.2” REÚNE 5 CLÁSSICOS – INCLUINDO AS DUAS PARTES DE “OS NIBELUNGOS” DIRIGIDAS POR FRITZ LANG. JÁ “OS AVENTUREIROS” É UMA AVENTURA FRANCESA DOS ANOS 1960 COM ALAIN DELON E LINO VENTURA, E “UMA NOITE SOBRE A TERRA” É UM DOS CULTS DA CARREIRA DE JIM JARMUSCH, COM NOMES COMO WINONA RYDER, GENA ROWLANDS E ROBERTO BENIGNI NO ELENCO.

EXPRESSIONISMO ALEMÃO – VOL. 2

No formato digistak com 3 DVDs, o box resgata cinco clássicos do influente movimento cinematográfico alemão. Confira as novas versões restauradas de trabalhos de Fritz Lang, F.W. Murnau, G. W. Pabst, Paul Wegener e Carl Boese.

Edição especial com mais de 90 minutos de extras e 5 cards de brinde.

DISCO 1:

A ÚLTIMA GARGALHADA (Der letzte Mann, The Last Laugh, 1924, 90 min.)
Direção: Friedrich Wilhelm Murnau. Com Emil Jannings, Maly Delschaft, Max Hiller.

Um velho porteiro de hotel acaba substituído por um empregado mais jovem, e posto para trabalhar como ajudante de lavatório. Ridicularizado por seus vizinhos e amigos, ele volta ao hotel à noite em busca de seu antigo uniforme, símbolo de sua glória passada.

OS NIBELUNGOS – A MORTE DE SIEGFRIED (Die Nibelungen: Siegfried, The Nibelungs Part I: Siegfried, 1924, 150 min.)
Direção: Fritz Lang. Com Paul Richter, Margarete Schön, Theodor Loos.

Após roubar o tesouro dos Nibelungos – anões que vivem debaixo da terra -, Siegfried corteja a bela Kriemhild, irmã de Gunther, rei dos Burgúndios. O rei pede que Siegfried o ajude a seduzir a rainha virgem Brunhild que, ao desvendar a trama, pede a cabeça do herói. Primeira parte da adaptação de uma velha lenda escandinava pelo mestre alemão.

DISCO 2:

OS NIBELUNGOS – A VINGANÇA DE KRIEMHILD (Die Nibelungen: Kriemhilds Rache, The Nibelungs Part II: Kriemhild’s Revenge, 1924, 131 min.)
Direção: Fritz Lang. Com Margarete Schön, Gertrud Arnold, Theodor Loos.

Kriemhild torna-se a mulher do Rei dos Hunos, Etzel, e dá à luz um filho. Em sua sede para vingar Siegfried, ela convida seus irmãos para celebrar o nascimento da criança e ao mesmo tempo arma uma cilada. No castelo, enquanto se iniciam as festividades, os hunos atacam os nibelungos e uma batalha se desenrola a fim de matar Hagen.

O GOLEM, COMO VEIO AO MUNDO (Der Golem, wie er in die Welt kam, The Golem, 1920, 85 min.)
Direção: Paul Wegener, Carl Boese. Com Paul Wegener, Albert Steinrück, Ernst Deutsch.

Em Praga, no século XVI, uma pequena vila de judeus é posta em cheque pelo kaiser. Para defender a cidade, o velho cientista Rabbi Lowe se volta aos antigos recursos alquimistas para criar o Golem, um ser de cera de enorme força. À medida que o tempo passa, a criatura passa a ter consciência da própria existência e decidir os rumos de suas ações.

DISCO 3:

DIÁRIO DE UMA GAROTA PERDIDA (Tagebuch einer Verlorenen, Diary of a Lost Girl, 1929, 113 min.)
Direção: Georg Wilhelm Pabst. Com Louise Brooks, Josef Rovenský, Fritz Rasp.

A jovem Thymian é separada de seu filho, fruto de uma gravidez indesejada, e é enviada para um reformatório. A partir desses fatos, sua vida se transforma num pesadelo sem fim, com muitas reviravoltas, tornando-se desde uma garota de bordel até uma respeitada condessa.

EXTRAS: Mais de 90 minutos, incluindo 2 inéditos documentários que falam sobre os processos de restauração, técnicas de produção, visão de bastidores e influências na cultura dos filmes “Os Nibelungos” e “A Última Gargalhada”.

OS AVENTUREIROS

Dirigido por Robert Enrico (“O Velho Fuzil”), o filme é um dos maiores sucessos de Alain Delon nos anos 1960 e foi baseado em romance do escritor e cineasta francês José Giovanni (“Dois Homens Contra uma Cidade”).

Aventura típica do cinema europeu dos anos 1960, “Os Aventureiros” apresenta o humor leve, a explosão de cores e o senso de liberdade de outras produções do período (“Modesty Blaise“, “O Homem do Rio”), e traz Delon no papel de Manu, um piloto de corridas, e Lino Ventura como Roland, um mecânico. Amigos inseparáveis e fãs de esportes radicais, eles veem seus negócios sempre fracassarem.

Após Manu perder sua licença de piloto, a dupla resolve partir e, ao lado de Laetitia (Joanna Shimkus) – uma jovem artista em crise -, busca um tesouro afundado ao largo da costa do Congo.

EXTRAS: Making of do filme, entrevista com Joanna Shimkus.

UMA NOITE SOBRE A TERRA

Um dos principais expoentes do cinema independente norte-americano na década de 80, Jim Jarmusch exerceu várias funções atrás da câmera, incluindo assistência de produção em “Um Filme para Nick” (1980), de Wim Wenders, documentário sobre os últimos dias de Nicholas Ray.

Dirigiu seu longa de estreia, “Permanent Vacation” (1980), quando ainda era aluno de cinema na New York University, onde teve o privilégio de estudar com Ray (antes, ele já havia se formado em letras pela Columbia University). Assim como seu ídolo, Jarmusch demonstraria em sua carreira especial apreço por personagens marginais, mostrando o lado B dos Estados Unidos.

Na comédia dramática “Uma Noite Sobre a Terra” (1991), Jarmusch reuniu um elenco internacional – com nomes como Gena Rowlands, Winona Ryder, Armin Mueller-Stahl, Beatrice Dalle e Roberto Benigni – para um filme em segmentos de deslocamento urbano e angústia existencial em diferentes localizações.

São cinco histórias, cinco cidades, cinco táxis, cinco taxistas e várias viagens diferentes. Los Angeles, Helsinque, Nova Iorque, Paris e Roma servem de palco para segmentos distintos que formam um verdadeiro mosaico de histórias e situações inesperadas, divertidas, inusitadas e emocionantes.

EXTRAS: Jim Jarmusch responde perguntas de fãs, entrevista com o diretor.

CINEMA NOIR É NA 2001

O JOGO DE LUZ E SOMBRAS, ANTI-HERÓIS CÍNICOS, FEMME-FATALES E TRAMAS INTRINCADAS DO CINEMA NOIR ESTÃO DE VOLTA, EM MAIS UMA INCRÍVEL COLEÇÃO DA VERSÁTIL.

FILME NOIR – VOL. 8

Com 3 discos e embalagem digistack, o box reúne 6 clássicos do gênero, estrelados por astros como Robert Mitchum, Jack Palance, Joan Crawford, Barbara Stanwyck e Joan Bennett. Inclui ainda quase uma hora de extras, incluindo especiais e depoimentos. Edição Limitada – enquanto durarem os estoques – com 6 cards.

DISCO 1:

PRECIPÍCIOS D’ALMA (Sudden Fear, 1952, 111 min.)
De David Miller. Com Joan Crawford, Jack Palance, Gloria Grahame.

Ambicioso ator se casa com uma rica dramaturga de meia-idade e planeja matá-la, contando com a ajuda da amante. Fascinante melodrama noir com Joan Crawford indicada ao Oscar de melhor atriz pelo papel.

NA NOITE DO CRIME (Woman on the Run, 1950, 78 min.)
De Norman Foster. Com Ann Sheridan, Dennis O’Keefe, Robert Keith.

Após se tornar testemunha ocular de um assassinato, homem foge pela cidade de San Francisco, sendo seguido por sua esposa, pela polícia, por um repórter e pelo verdadeiro assassino. Pérola noir redescoberta recentemente.

DISCO 2:

A CONFISSÃO DE THELMA (The File on Thelma Jordon, 1950, 100 min.)
De Robert Siodmak. Com Barbara Stanwyck, Wendell Corey, Paul Kelly.

Um promotor em crise no casamento é procurado por uma bela e misteriosa mulher, que relata um crime. Os dois acabam se envolvendo, com consequências trágicas. Noir subestimado do mestre do gênero, Robert Siodmak (“Os Assassinos”).

A CICATRIZ (The Scar/Hollow Triumph, 1948, 83 min.)
De Steve Sekely. Com Paul Henreid, Joan Bennett, Eduard Franz.

Perseguido por um gângster de quem roubou, o criminoso John Muller assume uma nova identidade, com resultados inesperados.

DISCO 3:

TRÁGICO DESTINO (Where Danger Lives, 1950, 82 min.)
De John Farrow. Com Robert Mitchum, Claude Rains, Faith Domergue.

Um médico se apaixona por uma jovem desequilibrada, e acaba se envolvendo na morte de seu marido. Com fotografia deslumbrante de Nicholas Musuraca (“Sangue de Pantera”), esse é um filme quintessencialmente noir.

A MORTE RONDA O CAIS (99 River Street, 1953, 83 min.)
De Phil Karlson. Com John Payne, Evelyn Keyes, Brad Dexter.

Quando sua infiel esposa é morta pelo ladrão de joias com quem tinha um caso, um ex-boxeador que trabalha de taxista precisa fugir da polícia. Tenso e violento noir do especialista Phil Karlson (“Os Quatro Desconhecidos”).

EXTRAS INCLUÍDOS NA COLEÇÃO:

* Especiais sobre os filmes (42 min.)
* Trailers (5 min.)

EDIÇÃO LIMITADA COM 6 CARDs:

COMPLETE SUA COLEÇÃO, AGORA COM PREÇO PROMOCIONAL:

FILME NOIR – VOL.1

DISCO 1:
A MORTE NUM BEIJO
FUGA DO PASSADO

DISCO 2:
O CÚMPLICE DAS SOMBRAS
ANJO DO MAL

DISCO 3:
PASSOS NA NOITE
ENTRE DOIS FOGOS

FILME NOIR – VOL.4

DISCO 1:
RIFIFI
POR AMOR TAMBÉM SE MATA

DISCO 2:
CORPO E ALMA
A FORÇA DO MAL

DISCO 3:
REDENÇÃO SANGRENTA
HOMENS EM FÚRIA

FILME NOIR – VOL.6

DISCO 1:
NO SILÊNCIO DA NOITE
O CAMINHO DA TENTAÇÃO

DISCO 2:
ATÉ A VISTA, QUERIDA
O INVENCÍVEL

DISCO 3:
LÁGRIMAS TARDIAS
CONSPIRAÇÃO

E, EM PRÉ-VENDA:

FILME NOIR – VOL. 2

DISCO 1:
MORTALMENTE PERIGOSA
O JUSTICEIRO

DISCO 2:
OS CORRUPTOS
A DAMA FANTASMA

DISCO 3:
PECADO SEM MÁCULA
ATO DE VIOLÊNCIA

FILME NOIR – VOL. 3

DISCO 1:
O SEGREDO DAS JOIAS
UM PREÇO PARA CADA CRIME

DISCO 2:
SOMBRAS DO MAL
A MALETA FATÍDICA

DISCO 3:
DO LODO BROTOU UMA FLOR
MERCADO HUMANO

FILME NOIR – VOL. 5

DISCO 1:
CIDADE NUA
PÂNICO NAS RUAS

DISCO 2:
A CIDADE QUE NÃO DORME
CIDADE TENEBROSA

DISCO 3:
CIDADE DO VÍCIO
O SÁDICO SELVAGEM

FILME NOIR – VOL. 7

DISCO 1:
ALMAS PERVERSAS
CINZAS QUE QUEIMAM

DISCO 2:
TENSÃO
A TAVERNA DO CAMINHO

DISCO 3:
JUSTIÇA INJUSTA
A NOITE DE 23 DE MAIO

EXPRESSIONISMO ALEMÃO, UM MARCO DO CINEMA

COM 3 DISCOS, O BOX REÚNE 5 CLÁSSICOS, MAIS CARDS E 2 HORAS DE EXTRAS INÉDITOS.

O Expressionismo Alemão é um dos mais importantes movimentos cinematográficos da história, e tem suas origens no grupo Die Brücke, fundado na Dresden de 1907. Seus integrantes, de áreas artísticas como a literatura, a pintura e o teatro, fizeram a ponte entre a vanguarda do século 20 e o futuro, influenciando anos depois artistas como F.W. Murnau e Robert Wiene. Esses e outros cineastas alemães anteviram a tragédia que cobriria o país com o advento de ideologias intolerantes como o nacional-socialismo.

O cinema expressionista alemão foi, sobretudo, um fenômeno cultural, espelhando em imagens distorcidas a crise moral, política e social da Alemanha do pós-guerra.

Segundo a historiadora alemã Lotte Eisner, o expressionista não vê, mas tem visões. Em outras palavras, os filmes do movimento não pretendem retratar a realidade imediata. Ecos do cinema expressionista podem ser identificados na filmografia de uma profusão de diretores, de Ingmar Bergman a David Cronenberg e Tim Burton.

Com 3 discos, o box apresenta 5 clássicos da escola alemã, cards e mais de 2 horas extras, que incluem o documentário “From Caligari to Hitler”.

DISCO 1:

FAUSTO (Faust: Eine deutsche Volkssage, 1926, 107 min.)
De Friedrich Wilhelm Murnau. Com Gösta Ekman, Emil Jannings, Camilla Horn.

Um velho alquimista vê sua cidade ser assolada pela peste negra. Ele começa a pensar sobre sua própria finitude e então evoca Mefistofeles, a quem pede sua juventude de volta e vida eterna. Clássico baseado na famosa peça de Goethe.

O CASTELO VOGELOD (Schloß Vogelöd, 1921, 81 min.)
De Friedrich Wilhelm Murnau. Com Arnold Korff, Lulu Kyser-Korff, Lothar Mehnert.

No castelo Vogeloed, alguns aristocratas esperam a baronesa Safferstätt. Acontece que o Conde Oetsch aparece na propriedade sem ser convidado e a situação se complica. Todos acreditam que ele assassinou a três anos atrás seu próprio cunhado, o primeiro marido da baronesa.

DISCO 2:

A CAIXA DE PANDORA (Die Büchse der Pandora, 1929, 131 min.)
De Georg Wilhelm Pabst. Com Louise Brooks, Fritz Kortner, Francis Lederer.

Lulu é uma dançarina que se envolve com um rico dono de jornal. Os dois acabam sendo flagrados pela noiva dele, que rompe o compromisso. Para que sua honra não seja jogada na lama, o homem resolve se casar com a dançarina.

A MORTE CANSADA (Der müde Tod, 1921, 98 min.)
De Fritz Lang. Com Lil Dagover, Walter Janssen, Bernhard Goetzke.

Num vilarejo europeu do século 19, a Morte leva um jovem quando ele está prestes a se casar. Sua noiva suplica que devolva a vida dele e a Morte prometendo trazê-lo com uma condição: se ela conseguir evitar que três pessoas morram.

DISCO 3:

O GABINETE DO DR. CALIGARI (Das Cabinet des Dr. Caligari, 1920, 77 min.)
De Robert Wiene. Com Werner Krauss, Conrad Veidt, Friedrich Feher.

Num pequeno vilarejo da fronteira holandesa, o Dr. Caligari – um misterioso hipnotizador – chega acompanhado do sonâmbulo Cesare que, supostamente, estaria adormecido por mais de 20 anos. Um dos filmes mais importantes e influentes da história do cinema.

EXTRAS: Mais de 2 horas de extras, incluindo o inédito documentário “From Caligari to Hitler” que explora o impacto social e cultural do cinema alemão no período da “República de Weimar”.

DUAS NOVAS COLEÇÕES DA VERSÁTIL COM CARDS: “FILME NOIR VOL.7” E “ZUMBIS NO CINEMA 2”

COM 3 DVDs, O BOX “FILME NOIR VOL. 7” REÚNE 6 CLÁSSICOS DO GÊNERO, INCLUINDO VERSÕES RESTAURADAS DE “ALMAS PERVERSAS”, DE FRITZ LANG, E “CINZAS QUE QUEIMAM”, DE NICHOLAS RAY. JÁ O DVD DUPLO “ZUMBIS NO CINEMA 2” TRAZ 4 TÍTULOS REALIZADOS ENTRE OS ANOS 1970 E 80, COMO OS CULTS “ENRAIVECIDA, NA FÚRIA DO SEXO” E “A VOLTA DOS MORTOS-VIVOS”.

filme-noir-7-3d

FILME NOIR – VOL. 7

No formato digistack, com três DVDs, a coleção resgata clássicos de Fritz Lang e Nicholas Ray, em versões restauradas, mais raridades como “A Taverna do Caminho”, de Jean Negulesco, e “A Noite de 23 de Maio”, de John Sturges (diretor do “Sete Homens e um Destino” original). Dos seis filmes, dois são estrelados pela atriz e cineasta Ida Lupino.

DISCO 1:

ALMAS PERVERSAS (Scarlet Street, 1945, 102 min.)
De Fritz Lang. Com Edward G. Robinson, Joan Bennett, Dan Duryea.

0001

A obsessão amorosa de um homem de meia-idade por uma prostituta o leva ao crime e à decadência moral. Inspirando-se no clássico francês “A Cadela” (1931), de Jean Renoir, Lang criou uma das obras capitais do filme noir.

CINZAS QUE QUEIMAM (On Dangerous Ground, 1951, 82 min.)
De Nicholas Ray. Com Ida Lupino, Robert Ryan, Ward Bond.

0002

Um detetive amargurado é enviado para investigar o assassinato de uma jovem fora da cidade. A irmã do assassino pede que este tenha uma segunda chance. Mais um filme noir fascinante do genial Nicholas Ray (“No Silêncio da Noite”).

DISCO 2:

TENSÃO (Tension, 1949, 92 min.)
De John Berry. Com Richard Basehart, Audrey Totter, Cyd Charisse.

0003

Após ser traído e abandonado pela esposa, pacato gerente de farmácia assume outra identidade e busca vingança. A diva Audrey Totter vive uma icônica femme fatale neste noir do mesmo diretor de “Por Amor Também se Mata” (1951).

A TAVERNA DO CAMINHO (Road House, 1948, 95 min.)
De Jean Negulesco. Com Ida Lupino, Richard Widmark, Cornel Wilde.

0004

O dono de uma casa de shows se apaixona por uma cantora, que se envolve com o gerente do local. É o início de um tenso triângulo amoroso. A lendária Ida Lupino (“Seu Último Refúgio”) canta e brilha nesse eletrizante filme noir.

DISCO 3:

JUSTIÇA INJUSTA (The Sound of Fury/Try and Get Me!, 1950, 92 min.)
De Cy Endfield. Com Frank Lovejoy, Kathleen Ryan, Richard Carlson.

0005

Um desempregado se envolve com um assassino e ambos realizam um trágico sequestro. Baseado no mesmo evento retratado em “Fúria”, de Fritz Lang, esse é um dos filmes mais chocantes do cinema norte-americano.

A NOITE DE 23 DE MAIO (Mystery Street, 1950, 93 min.)
De John Sturges. Com Ricardo Montalbán, Sally Forrest, Bruce Bennett.

0006

Quando o corpo de uma prostituta grávida é encontrado numa praia, um policial recebe a ajuda de um professor de Harvard para descobrir o assassino. Precursor de seriados como “CSI” no uso da Ciência Forense em trama policial.

EXTRAS:

* Especiais sobre os filmes (57 min.)
* Trailers (10 min.)

ATENÇÃO: Edição Limitada com seis cards encartados no digistack

ATENÇÃO: Edição Limitada com seis cards encartados no digistack

zumbis-no-cinema-2-3d

ZUMBIS NO CINEMA 2

DVD duplo reunindo quatro filmes realizados entre os anos 1970 e 80 – dois deles cults: “Enraivecida, na Fúria do Sexo” (1974), longa de David Cronenberg chamado de “terror venéreo”, com a ex-atriz pornô Marilyn Chamber, e “A Volta dos Mortos-Vivos”, dirigido por Dan O’Bannon (roteirista de “Alien, o Oitavo Passageiro”) – e uma homenagem ao cinema de George A. Romero, misturando cenas gore e humor negro.

DISCO 1:

A VOLTA DOS MORTOS-VIVOS (“The Return of the Living Dead”, 1985, 91 min.)
De Dan O’Bannon. Com Clu Gulager, James Karen e Don Calfa.

0007

Dois funcionários de um armazém liberam acidentalmente um gás mortal no ar, reanimando os mortos de um cemitério próximo. Um dos maiores clássicos do horror nos anos 1980 e uma divertida homenagem ao mestre Romero.

ENRAIVECIDA NA FÚRIA DO SEXO (“Rabid”, 1974, 91 min.)
De David Cronenberg. Com Marilyn Chambers, Frank Moore e Joe Silver.

0008

Mulher sofre grave acidente e, após uma cirurgia experimental, é possuída por uma sede de sangue insaciável, espalhando um vírus mortal. Filme de zumbi venéreo do mestre David Cronenberg com a estrela pornô Marilyn Chambers.

DISCO 2:

PAVOR NA CIDADE DOS ZUMBIS (“Paura nella città dei morti viventi”, 1981, 93 min.)
De Lucio Fulci. Com Christopher George, Catriona MacColl e Carlo De Mejo.

00010

Cidade de Dunwich. Uma força maligna é libertada após o suicídio de um padre, que se enforcou no cemitério da igreja. Primeiro filme da célebre Trilogia do Inferno do mestre absoluto do gore Lucio Fulci (“Terror nas Trevas”).

NOITES DE TERROR (“Le notti del terrore/Burial Ground”, 1981, 85 min.)
De Andrea Bianchi. Com Karin Well, Gianluigi Chirizzi e Simone Mattioli.

00011

Durante uma escavação, um professor acidentalmente desperta zumbis etruscos que, famintos por carne humana, atacam um grupo de jovens na vizinhança. Deliciosa pérola trash do ciclo zumbi spaghetti do cinema italiano de horror.

EXTRAS:

* Making of de “Pavor na Cidade dos Zumbis” (32 min.)
* Making of de “A Volta dos Mortos-Vivos” (21 min.)
* Os zumbis de “A Volta dos Mortos-Vivos” (14 min.)
* Entrevista de David Cronenberg (21 min.)
* Trailers (20 min.)

3

ATENÇÃO: Edição Limitada com quatro cards encartados no digistack

E, FÃS DE TERROR, NÃO PERCAM TAMBÉM:

HAMMER – A CASA DO TERROR
Com 4 discos, o box reúne a temporada completa, com 13 episódios.

DIA DOS PAIS COM CLÁSSICOS EM DVD: ESPECIAL CINEMA NOIR

00

Mais do que um gênero cinematográfico, o filme noir é um estilo visual, marcado pela iluminação de alto contraste em preto e branco, pelas narrações em off e pelos roteiros policiais cheios de reviravoltas, baseados em histórias de detetives cínicos e, muitas vezes, anti-heróis.

A distribuidora Versátil celebra o melhor desse reverenciado subgênero do cinema com dois boxes e diversos títulos em promoção – por tempo limitado ou enquanto durarem os estoques. Uma ótima opção para pais cinéfilos ou para qualquer fã de cinema.

COLEÇÕES: POR APENAS 59,90

01

Box com 3 discos reunindo 6 clássicos + extras por apenas R$ 59,90

FILME NOIR

Box com 3 discos reunindo seis clássicos do cinema noir, como o brutal “A Morte num Beijo”, “Fuga do Passado” (com Robert Mitchum e Kirk Douglas) e os inéditos “O Cúmplice das Sombras” (dirigido por Joseph Losey e escrito por Dalton Trumbo) e “O Anjo do Mal” (do provocador Samuel Fuller.

DISCO 1:

A MORTE NUM BEIJO (“Kiss me deadly”, 1955)
De Robert Aldrich. Com Ralph Meeker e Albert Dekker.

001

Cena da abertura de “A Morte num Beijo”

FUGA DO PASSADO (“Out of the Past”, 1947)
De Jacques Tourneur. Com Robert Mitchum, Jane Greer e Kirk Douglas.

DISCO 2:

O CÚMPLICE DAS SOMBRAS (“The prowler”, 1951)
De Joseph Losey. Com Van Heflin e Evelyn Keys.

002

ANJO DO MAL (“Pickup on South Street”, 1953)
De Samuel Fuller. Com Richard Widmark, Jean Peters e Thelma Ritter.

DISCO 3:

PASSOS NA NOITE (“Where the sidewalk ends”, 1950)
De Otto Preminger. Com Dana Andrews e Gene Tierney.

ENTRE DOIS FOGOS (“Raw deal”, 1948)
De Anthony Mann. Com Dennis O’Keefe, Claire Trevor e Marsha Hunt.

ALÉM DE QUASE 1 HORA DE EXTRAS, INCLUINDO DEPOIMENTO DE SAMUEL FULLER, DOCUMENTÁRIO SOBRE “O CÚMPLICE DAS SOMBRAS” E O FINAL ALTERNATIVO DE “A MORTE NUM BEIJO”.

02

Box com 3 discos reunindo 6 clássicos + extras por apenas R$ 59,90

FILME NOIR VOL.2

DISCO 1:

MORTALMENTE PERIGOSA (“Gun Crazy”, 1950)
De Joseph H. Lewis. Com Peggy Cummings e John Dall.

Cena do clássico noir britânico "Mortalmente Perigosa"

Cena do clássico noir “Mortalmente Perigosa”

O JUSTICEIRO (“Boomerang!, 1947)
De Elia Kazan. Com Dana Andrews, Jane Wyatt e Lee J. Cobb.

DISCO 2:

OS CORRUPTOS (“The Big Heat”, 1953)
De Fritz Lang. Com Glenn Ford, Gloria Grahame e Lee Marvin.

004

Gloria Grahame e Glenn Ford em “Os Corruptos”, considerado um dos melhores filmes de Fritz Lang nos EUA

A DAMA FANTASMA (“Phantom Lady”, 1944)
De Robert Siodmak. Com Ella Raines, Franchot Tone e Alan Curtis.

DISCO 3:

PECADO SEM MÁCULA (“Side Street”, 1949)
De Anthony Mann. Com Farley Granger e Cathy O’Donnell.

ATO DE VIOLÊNCIA (“Act of Violence”, 1948)
De Fred Zinnemann. Com Van Heflin, Robert Ryan e Janet Leigh.

ALÉM DE MAIS DE 1 HORA DE EXTRAS, INCLUINDO APRESENTAÇÃO DE MARTIN SCORSESE SOBRE “OS CORRUPTOS”, COMENTÁRIOS DE MICHAEL MANN E ESPECIAL SOBRE “ATO DE VIOLÊNCIA .

CLÁSSICOS NOIR: APENAS 19,90 CADA

0000

A promoção inclui quatro clássicos realizados pelo mestre Fritz Lang em Hollywood entre os anos 40 e 50 “Quando Desceram as Trevas”, “Um Retrato de Mulher”, “No Silêncio de uma Cidade” e “Suplício de uma Alma”

Oito dos maiores filmes noir de todos os tempos dirigidos por mestres como Howard Hawks, Fritz Lang e Billy Wilder, todos em versões restauradas e estrelados por astros como James Mason, Barbara Stanwyck, Edward G. Robinson e Humphrey Bogart, entre outros. Última oportunidade para adquirir clássicos (muitos estavam fora de catálogo) fundamentais em qualquer coleção de cinema, agora a preço promocional (por tempo limitado ou enquanto durarem os estoques).

PACTO DE SANGUE

010

Considerado um dos melhores filmes noir de todos os tempos, e uma das obras-primas do mestre Billy Wilder, em edição especial trazendo o documentário “Sombras do Suspense”. Em uma visita de trabalho, o agente de seguros Walter Neff conhece a atraente (e casada) Phyllis Dietrichson. Eles logo se apaixonam e Phyllis o convence a elaborar um plano para assassinar seu marido. Indicado a 7 prêmios Oscar, incluindo melhor filme, direção e atriz (Barbara Stanwyck).

À BEIRA DO ABISMO (DVD Duplo)

011

Com roteiro do escritor William Faulkner baseado no livro de Raymond Chandler, filme é dirigido pelo mestre Howard Hawks (de “Rio Vermelho”) e conta com atuações antológicas de Humphrey Bogart e Lauren Bacall. Esta edição especial em DVD duplo traz as duas versões: a original de 1946, que todos conhecem, e a versão do diretor de 1945, redescoberta há poucos anos. Nos extras, o remake “A Arte de Matar” (1978), com Robert Mitchum, Oliver Reed e James Stewart.

AMARGA ESPERANÇA

012

Com direção inovadora de Nicholas Ray, o filme é um melancólico romance noir que serviu de inspiração para “Terra de Ninguém” e outros road movies sobre casais em fuga. Na trama, ambientada nos anos 30, o jovem Bowie e outros dois comparsas fogem de uma prisão no Mississipi. Ele sonha em fugir com sua namorada e ter uma vida tranquila, mas é convencido pelos companheiros a continuar no crime. Nos extras, destaque para “Um retrato de Nicholas Ray” (43 min).

NA TEIA DO DESTINO

013

Dirigido pelo mestre Max Ophüls (de “Carta de uma Desconhecida”) e estrelado por James Mason e por Joan Bennet, este clássico mescla, com brilhantismo, o suspense e o melodrama. Na trama, Lucia esconde o corpo do amante da filha, por pensar que isto irá prejudicar sua família, mas o amigo e parceiro do morto, Martin, logo se aproxima dela para chantageá-la. Nos extras, depoimento do renomado cineasta Todd Haynes (“Longe do Paraíso”) sobre o filme.

QUANDO DESCERAM AS TREVAS

015

Na Inglaterra destruída pela Segunda Guerra, o paranóico Stephen Neale (Ray Milland, Oscar de melhor ator por “Farrapo Humano”) deixa o hospital psiquiátrico onde ficou internado por dois anos. No caminho de volta a Londres, envolve-se numa trama misteriosa de espionagem, conspiração e assassinatos.  Em seu primeiro grande filme hollywoodiano, Lang constrói, com muita sofisticação estética, uma atmosfera sombria e onírica para retratar a insanidade da guerra.

UM RETRATO DE MULHER

016

Certa noite, enquanto sua esposa e filhos estão de férias, o pacato professor Richard Wanley (Edward G. Robinson) conhece Alice Reed (Joan Bennett), a modelo retratada numa tela exposta no clube que frequenta. Eles começam a conversar e Richard vai para o apartamento dela, que lhe mostra o esboço de outros desenhos, até serem flagrados por um estranho.  Com direção magistral de Lang e excelente roteiro, o filme concorreu ao Oscar de melhor trilha sonora em 1946.

NO SILÊNCIO DE UMA CIDADE

017

A morte do magnata da mídia Amos Kyne causa uma disputa de poder nas suas empresas. Ao mesmo tempo, Nova York sofre com os ataques do “assassino do batom”, um serial killer de mulheres. O jornalista Edward Mobley (Dana Andrews) precisa capturar o assassino, evitar que as empresas Kyne caiam em mãos erradas e ainda tentar salvar seu relacionamento. No elenco, destaque ainda para Rhonda Fleming, George Sanders e Vincent Price

SUPLÍCIO DE UMA ALMA

018

A fim de denunciar as injustiças do sistema penal americano, o escritor Tom Garrett assume ter cometido um crime que não cometeu. Contando com a colaboração do seu editor, ele pretende se salvar no tribunal, mostrando provas no último momento. Porém, quando sua única testemunha morre, Tom fica sem provas. Estrelado por Dana Andrews e Joan Fontaine, o filme foi o último trabalho de Fritz Lang nos EUA antes de seu retorno à Alemanha, no final dos anos 50.

000000

 E NÃO PERCA TAMBÉM O LANÇAMENTO DE:

Filme Noir 3 3D

Box com 3 discos reunindo 6 clássicos + extras por R$ 69,90 (LANÇAMENTO, NÃO INCLUÍDO NA PROMOÇÃO)

FILME NOIR VOL.3

No formato digistack, o box reúne, em 3 DVDs, clássicos dirigidos por mestres como John Huston, Jules Dassin e Jacques Tourneur, incluindo inéditas versões restauradas de “O Segredo das Joias” e “Sombras do Mal”. Mais de uma hora de extras, com especiais sobre filmes da caixa. Edição Limitada com 6 cards.

DISCO 1:

O SEGREDO DAS JOIAS (“The Asphalt Jungle”, 1950)
De John Huston. Com Sterling Hayden, Louis Calhern e Marilyn Monroe.

"O Tesouro das Joias" traz Marilyn Monroe em seu primeiro papel de destaque no cinema

“O Segredo das Joias” traz Marilyn Monroe em seu primeiro papel de destaque no cinema

Um ex-presidiário arquiteta um roubo de joias, recruta a equipe, põe o plano em prática, mas as coisas acabam dando errado. Obra-prima do mestre John Huston e um dos filmes mais emblemáticos do noir.

UM PREÇO PARA CADA CRIME (“The Enforcer”, 1951)
De Raoul Walsh e Bretaigne Windust. Com Humphrey Bogart e Zero Mostel.

Promotor enfim tem a chance de conseguir a condenação de um mafioso, porém as testemunhas acabam morrendo misteriosamente, complicando seu trabalho. Tenso e violento, e um dos melhores filmes noir com o astro Humphrey Bogart.

DISCO 2:

SOMBRAS DO MAL (“Night and the City”, 1950)
De Jules Dassin. Com Richard Widmark, Gene Tierney e Googie Withers.

022

Harry Fabian é um trapaceiro americano em Londres tentando alguma jogada no submundo para ficar rico. Primeiro longa de Jules Dassin (“Cidade Nua”) no exílio.

A MALETA FATÍDICA (“Nightfall”, 1957)
De Jacques Tourneur. Com Aldo Ray, Brian Keith e Anne Bancroft.

Homem precisa fugir de bandidos que querem recuperar uma maleta que acabou em suas mãos por engano.

DISCO 3:

DO LODO BROTOU UMA FLOR (“Ride the Pink Horse”, 1947)
De Robert Montgomery. Com Robert Montgomery e Thomas Gomez.

Um homem misterioso conhecido apenas como Gagin chega a San Pablo, no Novo México, a fim de chantagear um mafioso. Celebrado filme noir dirigido e estrelado por Robert Montgomery (“A Dama do Lago”).

MERCADO HUMANO (“Border Incident”, 1949, 95 min.)
De Anthony Mann. Com Ricardo Montalban e George Murphy.

Um mexicano e um agente federal americano enfrentam uma gangue que explora o tráfico ilegal de mexicanos. Um dos melhores filmes do ciclo noir do mestre Anthony Mann (“Entre Dois Fogos”).

1111

Edição Limitada com 6 cards com a arte de cada filme

E NOS EXTRAS, DEPOIMENTO DE JULES DASSIN, JOHN HUSTON APRESENTA “O SEGREDO DAS JOIAS”, MAIS ANÁLISE DE “DO LODO BROTOU UMA FLOR” E DE “A MALETA FATÍDICA”.