Game of Thrones

SAIU A LISTA DOS INDICADOS AO GLOBO DE OURO 2017

0031

E FOI DADA A LARGADA PARA OS FAVORITOS AO OSCAR 2017: A ASSOCIAÇÃO DE IMPRENSA ESTRANGEIRA DE HOLLYWOOD DIVULGOU HOJE A LISTA COM OS INDICADOS A MELHORES DO ANO NO CINEMA E NA TV.

O musical “La La Land – Cantando Estações” e o drama independente “Moonlight” lideram a disputa nas categorias de cinema, com o primeiro concorrendo a melhor filme de comédia ou musical, direção (Damien Chanzelle, de “Whiplash”), atriz (Emma Stone), ator (Ryan Gosling), roteiro, trilha sonora e canção (“City of Stars”). Indicado a longa dramático, direção (Barry Jenkins), atores coadjuvantes (Mahershala Ali e Naomie Harris), roteiro e trilha sonora, “Moonlight” se junta a outras histórias de cunho social sobre preconceito racial, como “Loving” e “Fences”, também estreladas por atores negros com chances de premiação em 2017.

Além de “La La Land”, outro destaque na categoria de melhor comédia ou musical é “Florence – Quem é Essa Mulher?”, com três atores indicados: Meryl Streep, Hugh Grant e Simon Helberg. Baseado na história real de Florence Foster Jenkins (1868-1944), o filme dirigido por Stephen Frears acaba de sair em DVD na 2001. E, entre as atrizes, Isabelle Huppert recebeu sua primeira nomeação ao prêmio, por sua atuação no controverso “Elle”, de Paul Verhoeven.

NUP_173834_0002.jpg

Indicada pela 30ª vez ao Globo de Ouro, Streep vai receber o Cecil B. DeMille Award pelo conjunto da obra, e todos os vencedores serão conhecidos em 8 de janeiro, durante cerimônia apresentada pelo comediante Jimmy Fallon.

Confira abaixo a lista completa dos indicados da 74ª edição do Globo de Ouro.

007

“La La Land – Cantando Estações”, “Moonlight” e “Manchester à Beira-Mar”

CINEMA

MELHOR FILME (DRAMA)
“Até o Último Homem”
“A Qualquer Custo”
“Lion: Uma Jornada para Casa”
“Manchester à Beira-Mar”
“Moonlight”

MELHOR FILME (COMÉDIA OU MUSICAL)
“20th Century Women”
Deadpool
Florence – Quem é Essa Mulher?” (Já disponível na 2001)
“La La Land – Cantando Estações”
“Sing Street”

Depois de emplacar "Whiplash" comprova seu talento com o vibrante musical "La La Land", favorito não só ao Globo de Ouro mas também ao Oscar

Depois de emplacar “Whiplash” no Oscar do ano passado, Damien Chazelle comprova seu talento com o vibrante musical “La La Land”, grande favorito ao Globo de Ouro 2017

MELHOR DIRETOR
Damien Chazelle (“La La Land – Cantando Estações”)
Tom Ford (“Animais Noturnos”)
Mel Gibson (“Até o Último Homem”)
Barry Jenkins (“Moonlight”)
Kenneth Lonergan (“Manchester à Beira-Mar”)

MELHOR ATOR (DRAMA)
Casey Affleck (“Manchester À Beira-Mar”)
Joel Edgerton (“Loving”)
Andrew Garfield (“Até o Último Homem”)
Viggo Mortensen (“Capitão Fantástico”)
Denzel Washington (“Fences”)

MELHOR ATRIZ (DRAMA)
Amy Adams (“A Chegada”)
Jessica Chastain (“Miss Sloane”)
Isabelle Huppert (“Elle”)
Ruth Negga (“Loving”)
Natalie Portman (“Jackie”)

Com mais de 100 filmes no currículo, a grande dama do cinema francês concorre pela primeira vez ao Globo de Ouro, por seu papel forte e polêmico em "Elle", thriller aclamado no último Festival de Cannes

Com mais de 100 filmes no currículo, a grande dama do cinema francês concorre pela primeira vez ao Globo de Ouro, por seu forte e polêmico papel em “Elle”, também indicado a melhor produção de língua estrangeira. Confira na 2001 mais trabalhos com a grande atriz

MELHOR ATOR (COMÉDIA OU MUSICAL)
Colin Farrell (“O Lagosta”)
Ryan Gosling (“La La Land – Cantando Estações”)
Hugh Grant (“Florence – Quem é Essa Mulher?“)
Jonah Hill (“Cães de Guerra“) previsão de lançamento em DVD na 2001 a partir de 17/1
Ryan Reynolds (“Deadpool“)

MELHOR ATRIZ (COMÉDIA OU MUSICAL)
Annette Bening (“20th Century Women”)
Lily Collins (“Rules Don’t Apply”)
Hailee Steinfeld (“The Edge of Seventeen”)
Emma Stone (“La La Land – Cantando Estações”)
Meryl Streep (“Florence – Quem é Essa Mulher?“)

Recém-lançado em DVD e Blu-ray, "Florence - Quem é Essa Mulher?" rendeu a Meryl Streep sua 30ª indicação ao Globo de Ouro. A atriz já recebeu oito prêmios da Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood

Recém-lançado em DVD e Blu-ray, “Florence – Quem é Essa Mulher?” rendeu a Meryl Streep sua 30ª indicação ao Globo de Ouro. A atriz já recebeu oito prêmios da Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood

MELHOR ATOR COADJUVANTE
Mahershala Ali (“Moonlight”)
Jeff Bridges (“A Qualquer Custo”)
Simon Helberg (“Florence: Quem é Essa Mulher?“)
Dev Patel (“Lion: Uma Jornada Para Casa”)
Aaron Taylor-Johnson (“Animais Noturnos”)

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE
Viola Davis (“Fences”)
Naomie Harris (“Moonlight”)
Nicole Kidman (“Lion – Uma Jornada Para Casa”)
Octavia Spencer (“Hidden Figures”)
Michelle Williams (“Manchester”)

001

Seis vezes indicada ao Globo de Ouro (sem nunca ter ganho), Viola Davis, estrela de “How to Get Away with Murder”, é favorita ao prêmio de coadjuvante por sua atuação em “Fences”, drama dirigido por seu parceiro de cena, Denzel Washington

MELHOR ROTEIRO
“La La Land – Cantando Estações”
“Animais Noturnos”
“Moonlight”
“Manchester à Beira-Mar”
“A Qualquer Custo”

MELHOR LONGA DE ANIMAÇÃO
Kubo e as Cordas Mágicas” (previsão de lançamento em DVD na 2001 a partir de 25/1)
“Moana”
“My Life as a Zucchini”
“Sing”
Zootopia” (já disponível para venda na 2001)

"Kubo e as Cordas Mágicas"

Elogiado pela crítica, a animação em stop motion “Kubo e as Cordas Mágicas” tem um forte concorrente em “Zootopia” (já lançado em DVD e Blu-ray)

MELHOR TRILHA SONORA ORIGINAL
Hans Zimmer, Pharrell Williams, Benjamin Wallfisch (“Estrelas Além do Tempo”)
Nicholas Britell (“Moonlight”)
Justin Hurwitz (“La La Land – Cantando Estações”)
Johann Johannsson (“A Chegada”)
Dustin O’Halloran, Hauschka (“Lion”)

MELHOR CANÇÃO ORIGINAL
“Can’t Stop This Feeling” (“Trolls”)
“City of Stars” (“La La Land”)
“Faith” (“Sing”)
“Gold” (“Gold”)
“How Far I’ll Go” (“Moana”)

MELHOR FILME ESTRANGEIRO
“Divines” (França)
“Elle” (França)
“Neruda” (Chile)
“O Apartamento” (Irã)
“Toni Erdmann” (Alemanha)

"This is Us", "Black-ish" e "The Night of"

“This is Us”, “Black-ish” e “The Night of”

TV

MELHOR SÉRIE (DRAMA)
“Stranger Things”
“The Crown”
Game of Thrones
“Westworld”
“This Is Us”

Enter as novidades na categoria de melhro série dramática, e "Westworld", intrigante mistura de ficção-científica e faroeste produzida pela HBO

Com exceção de “Game of Thrones”, quatro produções concorrem pela primeira vez a melhor série dramática, entre elas “Westworld”, que mistura ficção-científica e faroeste

MELHOR SÉRIE (COMÉDIA OU MUSICAL)
“Atlanta”
“Blackish”
‘Mozart in the Jungle”
“Transparent”
Veep

MELHOR ATOR (DRAMA)
Rami Malek (“Mr. Robot”)
Bob Odenkirk (“Better Call Saul”)
Matthew Rhys (“The Americans”)
Liev Schreiber (“Ray Donovan”)
Billy Bob Thornton (“Goliath”)

MELHOR ATRIZ (DRAMA)
Caitriona Balfe (“Outlander“)
Claire Foy (“The Crown”)
Kerry Russell (“The Americans”)
Winona Ryder (“Stranger Things”)
Evan Rachel Wood (“Westworld”)

A atriz irlandesa Caitriona Balfe marca presença mais uma vez com "Outlander"

A atriz irlandesa Caitriona Balfe marca presença no Globo de Ouro mais uma vez, com “Outlander”

MELHOR ATOR (COMÉDIA OU MUSICAL)
Anthony Anderson (“Black-ish”)
Gael Garcia Bernal (“Mozart in the Jungle”)
Donald Glover (“Atlanta”)
Nick Nolte (“Graves”)
Jeffrey Tambor (“Transparent”)

MELHOR ATRIZ (COMÉDIA OU MUSICAL)
Rachel Bloom (“Crazy Ex-Girlfriend”)
Julia Louis Dreyfus (“Veep“)
Sarah Jessica Parker (“Divorce”)
Issa Rae (“Insecure”)
Gina Rodriguez (“Jane the Virgin”)
Tracee Ellis Ross (“Black-ish”)

MELHOR MINISSÉRIE OU TELEFILME
“American Crime”
“The Dresser”
“The Night Manager”
“The Night Of”
American Crime Story – O Povo Contra O. J. Simpson

Já premiada no Emmy, a minissérie "American Crime Story - O Povo Contra O.J. Simpson" recebeu 5 indicações ao Globo de Ouro, com três atores do elenco na disputa: Courtney B. Vance, Sarah Paulson e John Travolta

Já premiada no Emmy, a minissérie “American Crime Story – O Povo Contra O.J. Simpson” recebeu 5 indicações ao Globo de Ouro, com quatro atores do elenco na disputa: Courtney B. Vance, Sarah Paulson, Sterling K. Brown e John Travolta

MELHOR ATRIZ (MINISSÉRIE OU TELEFILME)
Felicity Huffman (“American Crime”)
Riley Keough (“The Girlfriend Experience”)
Sarah Paulson (“American Crime Story – O Povo Contra O. J. Simpson”)
Charlotte Rampling (“London Spy”)
Kerry Washington (“Confirmation”)

MELHOR ATOR (MINISSÉRIE OU TELEFILME)
Riz Ahmed (“The Night Of”)
Bryan Cranston (“All the Way”)
John Turturro (“The Night Of”)
Tom Hiddleston (“Night Manager”)
Courtney B. Vance (“American Crime Story – O Povo Contra O. J. Simpson”)

Com sua Cersei Lannister, Lena Headey foi a única integrante do elenco da 6ª temporada de "Game of Thrones" indicada

No papel de Cersei Lannister, Lena Headey foi a única integrante do elenco da 6ª temporada de “Game of Thrones” a receber indicação

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE (SÉRIE, MINISSÉRIE OU TELEFILME)
Olivia Colman (“The Night Manager”)
Lena Headey (“Game of Thrones“)
Chrissy Metz (“This Is Us”)
Mandy Moore (“This Is Us”)
Thandie Newton (“Westworld”)

MELHOR ATOR COADJUVANTE (SÉRIE, MINISSÉRIE OU TELEFILME)
Sterling K. Brown, (“American Crime Story – O Povo Contra O. J. Simpson”)
Hugh Laurie (“The Night Manager”)
John Lithgow (“The Crown”)
Christian Slater (“Mr. Robot”)
John Travolta (“American Crime Story – O Povo Contra O. J. Simpson”)

“O INVERNO CHEGOU”… AGORA EM DVD E BLU-RAY COM EXTRAS

0002

ENQUANTO “GAME OF THRONES” NÃO RECOMEÇA, ASSISTA (OU RELEMBRE) A ACLAMADA 6ª TEMPORADA DA SÉRIE, GRANDE VENCEDORA DO EMMY DESTE ANO, COM 12 PRÊMIOS.

Com 23 indicações, a série baseada na obra de George R. R. Martin foi a produção mais premiada do Emmy, conquistando 12 categorias (nove delas técnicas, anunciadas antes no Creative Arts Emmys), incluindo melhor série dramática e direção – para Miguel Sapochnik, pelo espetacular episódio “Battle of the Bastards”. Infelizmente, nenhum de seus seis atores indicados levou, mas a saga de Westeros entrou para a história como recordista do prêmio, ao acumular 38 estatuetas ao longo de seis temporadas.

Famoso por suas atuações nos filmesde Ingmar Bergman, o sueco Max Von Sydow faz uma participação especial na temporada

Famoso por suas atuações nos filmes de Ingmar Bergman, o sueco Max Von Sydow (“O Sétimo Selo”) faz uma participação especial na temporada

A série é favorita também ao Globo de Ouro, o prêmio da Associação da Imprensa Estrangeira em Hollywood. Os indicados em todas as categorias serão divulgados no dia 12 de dezembro e os vencedores, anunciados na cerimônia de premiação, em 8 de janeiro.

Depois dos chocantes acontecimentos ao final da quinta temporada – como o destino sangrento de Jon Snow e a humilhação pública de Cersei nas ruas de Porto Real -, sobreviventes de todos os cantos de Westeros e de Essos se reagrupam para avançar, inexoravelmente, contra seus incertos destinos pessoais.

0000003

Rostos familiares forjam novas alianças para reforçar suas possibilidades estratégicas de sobrevivência, enquanto novos personagens emergem para desafiar o equilíbrio de poder. Peças que movem-se como num tabuleiro de xadrez, com jogadas emocionantes que culminam – como já é tradição em “Game of Thrones” – em mais um episódio (sempre ele, o nono) de proporções épicas… até o inesquecível xeque-mate de um dos personagens.

DVD

0005

EXTRAS:
* A Batalha dos Bastardos – Um Olha Profundo: Descubra como foi a direção da maior batalha já realizada na história de “Game of Thrones”. Desde o roteiro, dublês envolvidos e até mesmo os efeitos visuais.
* 18 Horas no Estúdio Paint Hall: Acompanhe um evento por trás das câmeras sem filtro, contado pelos olhos do elenco e da equipe.
* Recriando o Mundo Dothraki: Descubra como a produção ressuscitou o universo dos Dothraki a partir da temporada 1. Dos figurinos e treinos de dialeto até a criação da maior fogueira do mundo. necessários para mais
* Comentários em Áudio com o elenco e equipe, incluindo David Benioff, D.B. Weiss, Peter Dinklage, Sophie Turner, Natalie Dormer, Ian McShane e outros.
* Cenas Deletadas.

E VEJA TAMBÉM:
Game of Thrones – 1 a 6ª Temporada (DVD)

BLU-RAY

0004

EXTRAS:
* A Batalha dos Bastardos – Um Olha Profundo: Descubra como foi a direção da maior batalha já realizada na história de “Game of Thrones”. Desde o roteiro, dublês envolvidos e até mesmo os efeitos visuais.
* 18 Horas no Estúdio Paint Hall: Acompanhe um evento por trás das câmeras sem filtro, contado pelos olhos do elenco e da equipe.
* Recriando o Mundo Dothraki: Descubra como a produção ressuscitou o universo dos Dothraki a partir da temporada 1. Dos figurinos e treinos de dialeto até a criação da maior fogueira do mundo. necessários para mais
* Comentários em Áudio com o elenco e equipe, incluindo David Benioff, D.B. Weiss, Peter Dinklage, Sophie Turner, Natalie Dormer, Ian McShane e outros.
* Cenas Deletadas.
* Inside the Fight for Meereen
* Bigger than Reality: Creating the Visual Effects

E VEJA TAMBÉM:
Game of Thrones – 1 a 6ª Temporada (Blu-ray)

VENCEDORA DO EMMY:

MELHOR SÉRIE DRAMÁTICA

No palco, a equipe de "Game of Thrones" comemora o prêmio principal

No palco, a equipe de “Game of Thrones” comemora o prêmio principal

MELHOR DIREÇÃO DE SÉRIE DRAMÁTICA
Miguel Sapochnik, pelo 9º pisódio (“Battle Of The Bastards”)

MELHOR ROTEIRO DE SÉRIE DRAMÁTICA
David Benioff e D.B. Weiss, por “Battle Of The Bastards”

MELHOR EDIÇÃO DE SÉRIE DRAMÁTICA (CÂMERA ÚNICA)

MELHOR CASTING DE SÉRIE DRAMÁTICA

MELHORES EFEITOS VISUAIS

i

MELHOR COORDENAÇÃO DE DUBLÊS PARA SÉRIE DRAMÁTICA, MINISSÉRIE OU TELEFILME

MELHOR DESIGN DE PRODUÇÃO PARA SÉRIE CONTEMPORÂNEA OU DE FANTASIA

MELHOR FIGURINO DE SÉRIE CONTEMPORÂNEA, MINISSÉRIE OU TELEFILME

MELHOR MAQUIAGEM PROSTÉTICA PARA SÉRIE, MINISSÉRIE, TELEFILME OU ESPECIAL

MELHOR MAQUIAGEM NÃO-PROSTÉTICA PARA SÉRIE (CÂMERA ÚNICA)

MELHOR MIXAGEM DE SOM PARA SÉRIE DE COMÉDIA OU DRAMA

CONHEÇA OS VENCEDORES DO EMMY 2016, O “OSCAR DA TV”

2

REALIZADA NO ÚLTIMO DOMINGO (18/9) NO MICROSOFT THEATER, EM LOS ANGELES, A 68ª CERIMÔNIA DO EMMY CONSAGROU “GAME OF THRONES“, “VEEP” E A MINISSÉRIE “AMERICAN CRIME STORY – O POVO CONTRA O.J. SIMPSON”.

Considerado o “Oscar da TV”, o prêmio celebra os melhores artistas e programas da televisão americana. Ao contrário do Globo de Ouro, cujos premiados são escolhidos por jornalistas, o Emmy é votado pelos próprios profissionais da TV.

Com 23 indicações, “Game of Thrones” foi a produção mais premiada da noite, conquistando 12 categorias (nove delas técnicas, anunciadas antes no Creative Arts Emmys), incluindo melhor série dramática e direção – para Miguel Sapochnik, pelo espetacular episódio “Battle of the Bastards”. Infelizmente, nenhum de seus seis atores indicados levou, mas a série entrou para a história como recordista do Emmy, ao acumular 38 prêmios ao longo de seis temporadas.

3

Sarah Paulson em “American Crime Story”, Kit Harington em “Game of Thrones” e Julia Louis-Dreyfus, de “Veep”

Entre as comédias, a sátira política “Veep” recebeu o segundo Emmy consecutivo de melhor série cômica, e rendeu a Julia Louis-Dreyfus sua quinta estatueta seguida, além do prêmio de melhor casting.

Já entre as narrativas de menor duração (especiais, filmes para TV e minisséries), “American Crime Story – O Povo contra O.J. Simpson” foi a grande vencedora, com nove prêmios, três deles para atores (Courtney B. Vance, Sarah Paulson, Sterling K. Brown). E, premiados como melhor ator e atriz de série dramática, Rami Malek (“Mr. Robot“) e Tatiana Maslany (“Orphan Black“) foram as grandes surpresas da cerimônia, apresentada por Jimmy Kimmel.

Confira a seguir a lista dos principais premiados com o Emmy, o “Oscar da TV”:

MELHOR SÉRIE DRAMÁTICA
Game Of Thrones

Cena da espetacular batalha do nono episódio da 6ª temporada

Cena da espetacular batalha do nono episódio da 6ª temporada

MELHOR DIREÇÃO DE SÉRIE DRAMÁTICA
Miguel Sapochnik, pelo episódio “Battle Of The Bastards” (“Game of Thrones“)

MELHOR ROTEIRO DE SÉRIE DRAMÁTICA
David Benioff e D.B. Weiss, pelo episódio “Battle Of The Bastards” (“Game of Thrones“)

MELHOR ATOR EM SÉRIE DRAMÁTICA
Rami Malek (“Mr. Robot”)

Rami Malek em uma das séries do momento, "Mr. Robot"

Rami Malek em uma das séries do momento, “Mr. Robot”

MELHOR ATRIZ EM SÉRIE DRAMÁTICA
Tatiana Maslany (“Orphan Black”)

MELHOR ATOR COADJUVANTE EM SÉRIE DRAMÁTICA
Ben Mendelsohn (“Bloodline”)

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE EM SÉRIE DRAMÁTICA
Maggie Smith (“Downton Abbey”)

Maggie Smith (de "A Senhora da Van") concorre pela quinta vez ao Emmy de melhor atriz coadjuvante pelo papel da Lady Violet de "Downton Abbey"

A veterana Maggie Smith (de “A Senhora da Van”) levou seu terceiro Emmy pelo papel de Lady Violet em “Downton Abbey”, série que chegou ao fim na 6ª temporada (disponível na 2001)

MELHOR ATOR CONVIDADO EM SÉRIE DRAMÁTICA
Hank Azaria (“Ray Donovan“)

MELHOR ATRIZ CONVIDADA EM SÉRIE DRAMÁTICA
Margo Martindale (“The Americans”)

MELHOR SÉRIE DE COMÉDIA
Veep

MELHOR DIREÇÃO – SÉRIE DE COMÉDIA
Jill Soloway, pelo episódio “Man on the Land” (“Transparent”)

MELHOR ROTEIRO – SÉRIE DE COMÉDIA
Aziz Ansari e Alan Yang, pelo episódio “Parents” (“Master of None”)

MELHOR ATOR EM SÉRIE DE COMÉDIA
Jeffrey Tambor, (“Transparent”)

MELHOR ATRIZ EM SÉRIE DE COMÉDIA
Julia Louis-Dreyfus (“Veep”)

Julia Louis-Dreyfus recebeu o oitavo Emmy de sua carreira - e o quinto por "Veep"

Julia Louis-Dreyfus recebeu o oitavo Emmy de sua carreira – e o quinto por “Veep”

MELHOR ATOR COADJUVANTE EM SÉRIE DE COMÉDIA
Louie Anderson (“Baskets”)

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE EM SÉRIE DE COMÉDIA
Kate McKinnon (“Saturday Night Live”)

MELHOR ATOR CONVIDADO EM SÉRIE DE COMÉDIA
Peter Scolari (“Girls“)

MELHOR ATRIZ CONVIDADA EM SÉRIE DE COMÉDIA
Tina Fey (“Saturday Night Live”)

MELHOR MINISSÉRIE
“American Crime Story: O Povo contra O.J. Simpson”

MELHOR TELEFILME
Sherlock – A Noiva Abominável

Martin Freeman e Benedict Cumberbatch no episódio especial de Sherlock, "A  Noiva Abominável"

Martin Freeman e Benedict Cumberbatch no especial de Sherlock, “A Noiva Abominável”, já disponível em DVD

MELHOR ROTEIRO – MINISSÉRIE, TELEFILME OU ESPECIAL
D.V. DeVincentis, pelo episódio “Marcia, Marcia, Marcia” (“American Crime Story: O Povo contra O.J. Simpson”)

MELHOR ATOR EM MINISSÉRIE OU TELEFILME
Courtney B Vance (“American Crime Story: O Povo contra O.J. Simpson”)

MELHOR ATRIZ EM MINISSÉRIE OU TELEFILME
Sarah Paulson (“American Crime Story: O Povo contra O.J. Simpson”)

MELHOR DIREÇÃO – MINISSÉRIE, TELEFILME OU ESPECIAL
Susanne Bier, por “The Night Manager”

Tom Hiddleston ("A Colina Escarlate") e Hugh Laurie ("House") concorreram ao Emmy pela aclamada minissérie "The Night Manager", dirigida pela dinamarquesa Susanne Bier (de "Uma Segunda Chance")

Tom Hiddleston (“A Colina Escarlate”) e Hugh Laurie (“House”) concorreram ao Emmy pela aclamada minissérie “The Night Manager”, dirigida pela dinamarquesa Susanne Bier (de “Uma Segunda Chance“)

MELHOR ATOR COADJUVANTE EM MINISSÉRIE OU TELEFILME
Sterling K. Brown (“American Crime Story: O Povo contra O.J. Simpson”)

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE EM MINISSÉRIE OU TELEFILME
Regina King (“American Crime”)

MELHOR DOCUMENTÁRIO OU ESPECIAL DE NÃO-FICÇÃO
“What Happened, Miss Simone?”

MELHOR SÉRIE DE DOCUMENTÁRIO OU NÃO-FICÇÃO
“Making a Murder”

SAIU A LISTA DOS INDICADOS AO PRÊMIO EMMY, O OSCAR DA TV AMERICANA

emmys-2016-v2

Foram divulgados os indicados ao Emmy Awards, premiação mais importante da televisão americana, que chega à sua 68ª edição neste ano. A cerimônia acontecerá no dia 18 de setembro no Microsoft Theater (antigo Nokia Theatre) em Los Angeles, com apresentação do comediante Jimmy Kimmel. A série “Game of Thrones” lidera a premiação, concorrendo em 23 categorias, incluindo melhor série dramática.

Além de Peter Dinklage, que já ganhou duas vezes, Kit Harington, intérprete de Jon Snow, e Maisie Williams, a Arya Stark, concorrem pela primeira vez, como coadjuvantes. Emilia Clarke e Lena Headey têm mais uma chance de finalmente ganhar a estatueta de melhor atriz coadjuvante. E uma lenda do cinema, o sueco Max von Sydow – parceiro de Ingmar Bergman em inúmeros filmes -, foi lembrado com uma indicação como ator convidado, pelo papel do “Corvo de Três Olhos”.

Finalmente o Emmy lembrou de Jon Snow, o grande herói de "Game of Thrones". Confira na 2001 as outras temporadas da série mais assistida no mundo

Finalmente o Emmy lembrou de Jon Snow, o grande herói de “Game of Thrones”, em imagem do aclamado episódio “A Batalha dos Bastardos”, da 6ª temporada. Confira na 2001 as outras temporadas da série mais assistida no mundo

Clarke, Headey e Williams vão enfrentar a lendária atriz britânica Maggie Smith, mais uma vez indicada por “Downton Abbey“, que chega à 6ª e última temporada – já disponível na 2001 – nomeada em cinco categorias. Outra produção inglesa, o episódio especial da série “Sherlock”, “A Noiva Abominável“, concorre a melhor filme para TV e ator em telefilme (Benedict Cumberbatch).

Confira abaixo as principais produções indicadas. A lista completa, com as categorias técnicas, encontra-se no site oficial do Emmy.

MELHOR SÉRIE DRAMÁTICA
“The Americans”
“Better Call Saul”
“Downton Abbey”
Game Of Thrones
Homeland
House of Cards
“Mr Robot”

Maggie Smith (de "A Senhora da Van") concorre pela quinta vez ao Emmy de melhor atriz coadjuvante pelo papel da Lady Violet de "Downton Abbey"

Maggie Smith (de “A Senhora da Van“) concorre pela quinta vez ao Emmy de melhor atriz coadjuvante pelo papel de Lady Violet em “Downton Abbey”, série que chegou ao fim na 6ª temporada (disponível na 2001)

MELHOR SÉRIE DE COMÉDIA
“Black-ish”
“Master of None”
Modern Family
“Silicon Valley”
“Transparent”
“Unbreakable”
Veep

MELHOR TELEFILME
“A Very Murray Christmas”
“All the Way”
“Confirmation”
“Luther”
“A Noiva Abominável”

MELHOR MINISSÉRIE
“American Crime”
“Fargo”
“The Night Manager”
“The People vs. O.J. Simpson: American Crime Story”
“Roots”

Não perca na 2001 "Sherlock - A Noiva Abominável", especial produzido pela BBC com os ótimos  Benedict Cumberbatch e Martin Freeman, nos papéis de Sherlock e Watson

Não perca na 2001 “Sherlock – A Noiva Abominável”, especial produzido pela BBC com os ótimos Benedict Cumberbatch e Martin Freeman nos papéis de Sherlock e Watson

MELHOR ATOR EM SÉRIE DRAMÁTICA
Kyle Chandler (“Bloodline”)
Rami Malek (“Mr. Robot”)
Bob Odenkirk (“Better Call Saul”)
Matthew Rhys (“The Americans”)
Liev Schreiber (“Ray Donovan”)
Kevin Spacey (“House of Cards”)

MELHOR ATOR EM SÉRIE DE COMÉDIA
Anthony Anderson (“black-ish”)
Aziz Ansari (“Master of none”)
Will Forte (“The Last Man on Earth”)
William H. Macy (“Shameless”)
Thomas Middleditch, (“Silicon Valley”)
Jeffrey Tambor, (“Transparent”)

MELHOR ATOR EM MINISSÉRIE OU TELEFILME
Byan Cranston (“All the Way”)
Benedict Cumberbatch (“A Noiva Abominável“)
Idris Elba (“Luther”)
Cuba Gooding Jr (“The People v OJ Simpson”)
Tom Hiddleston (“The Night Manager”)
Courtney B Vance (“The People v OJ Simpson”)

MELHOR ATRIZ EM SÉRIE DRAMÁTICA
Claire Danes (“Homeland”)
Viola Davis (“How to Get Away with Murder”)
Taraji P. Henson (“Empire”)
Tatiana Maslany (“Orphan Black”)
Keri Russell (“The Americans”)
Robin Wright (“House of Cards”)

Vencedora do Emmy de melhor atriz no ano passado, Viola Davis volta a concorrer por "How To Get Away With Murder"

Vencedora do Emmy de melhor atriz no ano passado, Viola Davis volta a concorrer por “How To Get Away With Murder”

MELHOR ATRIZ EM SÉRIE DE COMÉDIA
Ellie Kemper (“Unbreakable Kimmy Schmidt”)
Julia Louis-Dreyfus (“Veep”)
Laurie Metcalf (“Getting On”)
Tracee Ellis Ross (“black-ish”)
Amy Schumer (“Inside Amy Schumer”)
Lily Tomlin (“Grace and Frankie”)

MELHOR ATRIZ EM MINISSÉRIE OU TELEFILME
Kirsten Dunst (“Fargo”)
Felicity Huffman (“American Crime”)
Audra McDonald (Lady Day at Emersons Bar and Grill)
Sarah Paulson (The People v. O.J. Simpson)
Lili Taylor (“American Crime”)
Kerry Washington (“Confirmation”)

MELHOR ATOR COADJUVANTE EM SÉRIE DE COMÉDIA
Louie Anderson (“Baskets”)
Andre Braugher (“Brooklyn Nine-Nine”)
Keegan-Michael Key (“Key & Peele”)
Ty Burrell (“Modern Family“)
Tituss Burgess (“Unbreakable Kimmy Schmidt”)
Tony Hale (“Veep“)
Matt Walsh (“Veep“)

MELHOR ATOR COADJUVANTE EM SÉRIE DRAMÁTICA
Jonathan Banks (“Better Call Saul”)
Ben Mendelsohn (“Bloodline”)
Peter Dinklage (“Game of Thrones“)
Kit Harington (“Game of Thrones“)
Michael Kelly (“House of Cards“)
Jon Voight (“Ray Donovan“)

Imortalizado no papel do Dr. House, o inglês Hugh Laurie volta ao Emmy com seu papel de vilão em "The Night Manager", em que atua ao lado de Tom Hiddleston, também indicado

Imortalizado no papel do Dr. House, o inglês Hugh Laurie volta ao Emmy com seu papel de vilão em “The Night Manager”, em que atua ao lado de Tom Hiddleston, também indicado

MELHOR ATOR COADJUVANTE EM MINISSÉRIE OU TELEFILME
Jesse Plemons (“Fargo”)
Bokeem Woodbine (“Fargo”)
Hugh Laurie (“The Night Manager”)
Sterling K. Brown (“The People v. O.J. Simpson: American Crime Story”)
David Schwimmer (“The People v. O.J. Simpson: American Crime Story”)
John Travolta (“The People v. O.J. Simpson: American Crime Story”)

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE EM SÉRIE DRAMÁTICA
Maura Tierney (“The Affair”)
Maggie Smith (“Downton Abbey”)
Lena Headey (“Game of Thrones“)
Emilia Clarke (“Game of Thrones”)
Maisie Williams (“Game of Thrones“)
Constance Zimmer (“UnReal”)

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE EM SÉRIE DE COMÉDIA
Niecy Nash (“Getting On”)
Allison Janney (“Mom“)
Kate McKinnon (“Saturday Night Live”)
Judith Light (“Transparent”)
Gaby Hoffmann (“Transparent”)
Anna Chlumsky (“Veep“)

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE EM MINISSÉRIE OU TELEFILME
Melissa Leo (“All The Way”)
Regina King (“American Crime”)
Sarah Paulson (“American Horror Story: Hotel“)
Kathy Bates (“American Horror Story: Hotel“)
Jean Smart (“Fargo”)
Olivia Colman (“The Night Manager”)

Aos 87 anos, o lendário ator sueco Max von Sydow concorre ao Emmy por sua participação como o "Corvo de Três Olhos" de Game of Thrones"

Aos 87 anos, o lendário ator sueco Max von Sydow concorre ao Emmy por sua participação como o “Corvo de Três Olhos” de Game of Thrones”

MELHOR ATOR CONVIDADO EM SÉRIE DRAMÁTICA
Max von Sydow (“Game of Thrones“)
Michael J. Fox (“The Good Wife”)
Reg E. Cathey (“House of Cards“)
Mahershala Ali (“House of Cards“)
Paul Sparks (“House of Cards“)
Hank Azaria (“Ray Donovan“)

MELHOR ATRIZ CONVIDADA EM SÉRIE DRAMÁTICA
Margo Martindale (“The Americans”)
Carrie Preston (“The Good Wife“)
Laurie Metcalf (“Horace and Pete”)
Ellen Burstyn (“House of Cards“)
Molly Parker (“House of Cards“)
Allison Janney (“Masters of Sex”)

MELHOR ATOR CONVIDADO EM SÉRIE DE COMÉDIA
Bob Newhart (“The Big Bang Theory”)
Tracy Morgan (“Saturday Night Live”)
Larry David (“Saturday Night Live”)
Bradley Whitford (“Transparent”)
Martin Mull (“Veep“)
Peter MacNicol (“Veep“)

MELHOR ATRIZ CONVIDADA EM SÉRIE DE COMÉDIA
Laurie Metcalf (“The Big Bang Theory”)
Christine Baranski (“The Big Bang Theory”)
Tina Fey (“Saturday Night Live”)
Melissa McCarthy (“Saturday Night Live”)
Amy Schumer (“Saturday Night Live”)
Melora Hardin (“Transparent”)

“GAME OF THRONES” E MAIS LANÇAMENTOS NA 2001

s5boxsetinside-dvd-770x405

ENQUANTO OS PRÓXIMOS EPISÓDIOS DE “GAME OF THRONES” NÃO ESTREIAM NO BRASIL, ASSISTA (OU REVEJA) A 5ª TEMPORADA, VENCEDORA DE 12 PRÊMIOS EMMY, O OSCAR DA TV, EM 2015.

Adaptada da saga de livros “Crônicas de Gelo e Fogo”, escrita por George R. R. Martin, a série conquistou uma legião de fãs em todo o mundo, tornando-se um fenômeno cultural. O décimo (e último) episódio exibido, “Mother’s Mercy” (Misericórdia Da Mãe), desconcertou o público com inúmeras surpresas e deixou em aberto o destino de inúmeros personagens de Westeros.

Game-of-Thrones-632x395

EXTRAS DO BOX EM DVD:

* Anatomia de um Episódio: Mother’s Mercy: Da mesa de leitura do roteiro até os efeitos especiais.
* A Verdadeira História por Trás de “Game of Thrones”: Uma série em duas partes onde historiadores e George R.R. Martin discutem a era conhecida como “The Wars of the Roses” (A Guerra das Rosas) e outros eventos históricos que serviram de inspiração para os livros.
* Comentários em Áudio: Doze comentários com elenco e equipe incluindo David Benioff, D.B. Weiss, Peter Dinklage, Lena Headey, Kit Harington, Nikolaj Coster-Waldau, Iain Glen, Maisie Williams, Natalie Dormer, Gwendoline Christie e mais.
* Cenas Deletadas.
* A Day in the Life: Um olhar no processo de produção da quinta temporada.
* Novos Personagens/Novas Locações: Explore novas sociedades, culturas e locações da quinta temporada.

VEJA TAMBÉM A COLEÇÃO COMPLETA:
Game of Thrones – 1ª a 5ª Temporada (DVD ou Blu-ray)

E MAIS LANÇAMENTOS À VENDA NA 2001:

TUDO QUE APRENDEMOS JUNTOS

2

Dirigido por Sérgio Machado (de “Cidade Baixa”), o filme traz Lázaro Ramos no papel de um violinista que decide ensinar música para jovens de uma favela, envolvendo-se cada vez mais com a comunidade. Inspirado na formação da Orquestra Sinfônica Heliópolis, o longa é baseado na peça “Acorda Brasil”, de Antonio Ermírio de Moraes, e foi exibido na 39ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo.

O ÚLTIMO POEMA DO RINOCERONTE

3

Baseado nos diários do poeta iraniano Sadegh Kamangar, o filme ficcionaliza fatos da história dele e de sua esposa Mina (Monica Bellucci), injustamente encarcerados durante a Revolução Islâmica do Irã. Após 30 anos na prisão, ele é libertado e descobre que Mina deixou o país para a Turquia, acreditando que o marido havia morrido. Direção de Bahman Ghobadi, iraniano de origem curda famoso entre os cinéfilos por “Tempo de Embebedar Cavalos” (2000).

STRAIGHT OUTTA COMPTON: A HISTÓRIA DO N.W.A.

5

Indicado ao Oscar de melhor roteiro original, o filme foi um dos sucessos-surpresa do cinema americano em 2015. A produção narra o surgimento do grupo formado por Ice Cube, Dr. Dre, Eazy-E, DJ Yella e MC Ren na década de 1980 em Compton, cidade da Califórnia (EUA). Juntos, os músicos tornaram-se os principais nomes do chamado Gangsta Rap, causando polêmica por suas letras de conteúdo crítico e explícito.

ALIANÇA DO CRIME

6

Johnny Depp recebeu muitos elogios e concorreu ao Actors Guild Awards por sua atuação como James “Whitey” Bulger, irmão de um senador do estado de Massachussets e um dos criminosos mais famosos da história de Boston. Baseado em história real, o mafioso irlandês serviu de inspiração para o Frank Costello interpretado por Jack Nicholson em “Os Infiltrados”. Direção de Scott Cooper, de “Coração Louco”.

O CIDADÃO DO ANO

8

Produção nórdica que mistura trama policial e muito humor negro, com Stellan Skarsgård (de “Ninfomaníaca” e outros filmes de Lars von Trier) no papel principal. O ator vive Nils Dickman, morador de numa região montanhosa da Noruega que, após descobrir que o filho foi assassinado, arma um plano para se vingar dos culpados. Exibido no Festival de Berlim em 2014.

A COLINA ESCARLATE

7

Aclamado por “O Labirinto do Fauno”, o diretor e produtor Guillermo del Toro cria mais uma vez um universo exuberante, nesta produção gótica estrelada por Tom Hiddleston, Jessica Chastain e Mia Wasikowska. Na trama, uma escritora, apaixonada pelo misterioso Sir Thomas Sharpe, muda-se para a sombria mansão dele no alto de uma colina. A propriedade tem uma história macabra e a forte presença de seres de outro mundo.

A FILHA DE RYAN

0

Incompreendido na época de seu lançamento, este drama romântico mantém a escala épica de David Lean: belíssima fotografia (premiada com, o Oscar), música de Maurice Jarre, trama com contexto histórico e grandes atuações (John Mills venceu a estatueta de coadjuvante), Escrito por Robert Bolt, o roteiro acompanha o triângulo amoroso formado por Rose, seu marido Charles e um soldado do exército inglês na Irlanda.

BREAKER MORANT

9

Indicado ao Oscar de melhor roteiro em 1981, este clássico australiano tem direção de Bruce Beresford (de “Conduzindo Miss Daisy”) e foi considerado pelo History Channel um dos melhores filmes de
guerra de todos os tempos. “Breaker Morant’ acompanha o julgamento de três tenentes australianos acusados de um crime, durante a Guerra dos Bôers, em 1899.

STANLEY & IRIS

10

Empregado de uma padaria, Stanley Cox (Robert De Niro) faz de tudo para esconder que é analfabeto, até conhecer Iris King (Jane Fonda), uma viúva que luta para cuidar dos dois filhos. Juntos, os dois encontram coragem para enfrentar suas dificuldades e até se apaixonar. Último filme da carreira do diretor Martin Ritt (1914–1990).

JÁ ESTOU COM SAUDADES

11

Drew Barrymore e a australiana Toni Collette brilham neste sensível drama de superação dirigido por Catherine Hardwicke (de “Aos Treze”). Collete interpreta Milly, mãe de dois filhos e dona de uma carreira de sucesso, enquanto Barrymore é Jess, que leva uma vida pacata, até que uma reviravolta do destino une as duas ainda mais.

PERIGOSA

13

Bette Davis recebeu o primeiro Oscar de sua carreira pelo papel de uma atriz alcoólatra e auto-destrutiva que abandonou os palcos prematuramente. Um arquiteto rico e casado, Don Bellows (Franchot Tone), a encontra num bar e logo se apaixona, e fará de tudo para levantar a carreira da amada, que esconde um segredo.

MEIAS DE SEDA

14

Inspirado em “Ninotchka” (com Greta Garbo), este musical de Rouben Mamoulian é mais uma parceria antológica entre Fred Astaire e Cyd Charisse. A musa de “A Roda da Fortuna” interpreta a fervorosa comunista Ninotchka Yoschenko, que desperta o interesse de um produtor de cinema (Astaire) em Paris.

CONHEÇA OS VENCEDORES DO EMMY, O “OSCAR DA TV”

65th_emmy_awards

REALIZADA NO ÚLTIMO DOMINGO (20/9) NO MICROSOFT THEATER, EM LOS ANGELES, A 67ª CERIMÔNIA DO EMMY CONSAGROU “GAME OF THRONES“, “VEEP” E A MINISSÉRIE “OLIVE KITTERIDGE”.

Considerado o “Oscar da TV”, o prêmio celebra os melhores artistas e programas da televisão americana. Ao contrário do Globo de Ouro, cujos premiados são escolhidos por jornalistas, o Emmy é votado pelos próprios profissionais da TV.

Com 24 indicações, “Game of Thrones” foi a produção mais premiada da noite, conquistando 12 categorias (oito delas técnicas, anunciadas antes no Creative Arts Emmys), incluindo melhor série dramática e ator coadjuvante para Peter Dinklage (que ganhou pela segunda vez). E, favorita neste ano, a série “Mad Men” chegou à sua 7ª e última temporada com o Emmy de melhor ator para Jon Hamm, intérprete do inesquecível Don Draper.

0000000

Produtores, elenco e o autor George R.R. Martin (no canto direito) reunidos no palco para receber o Emmy de melhor série dramática para “Game of Thrones” 

Já entre as comédias, a sátira política “Veep” destronou “Modern Family”, levando cinco prêmios, entre eles o de melhor série cômica e atriz de comédia para Julia Louis-Dreyfus, que ganhou pela segunda vez.

E, entre as narrativas de menor duração (especiais, filmes para TV e minisséries), “Olive Kitteridge” foi a grande vencedora, com sete prêmios – melhor minissérie, direção (Lisa Cholodenko, de “Minhas Mães e Meu Pai”), atriz (Frances McDormand), ator (Richard Jenkins), ator coadjuvante (Bill Murray), roteiro e casting para minissérie, telefilme ou especial dramático.

Com o fim de “Breaking Bad” e “Mad Men”, novas séries passaram a dominar o Emmy. E dois paradigmas foram quebrados: “Game of Thrones” tornou-se a primeira série de fantasia a levar o prêmio principal, e Viola Davis, a primeira mulher negra premiada com o Emmy em sua categoria.

Viola Davis tornou-se a primeira mulher negra a ganhar o Emmy de melhor atriz em série dramática, por seu papel em "How to Get Away with Murder", que tem previsão de lançamento em DVD no Brasil a partir de 15 de outubro.

Viola Davis tornou-se a primeira mulher negra a ganhar o Emmy de melhor atriz em série dramática, por seu papel em “How to Get Away with Murder”, que tem previsão de lançamento em DVD no Brasil a partir de 14 de outubro.

Confira a seguir a lista dos principais premiados com o Emmy, o “Oscar da TV”:

MELHOR SÉRIE (DRAMA):
Game of Thrones

MELHOR ATRIZ EM SÉRIE (DRAMA):
Viola Davis por “How to Get Away with Murder

MELHOR ATOR EM SÉRIE (DRAMA):
Jon Hamm por “Mad Men

00

Um dos momentos mais emocionantes do Emmy foi a vitória de Jon Hamm como melhor ator em série dramática. Ele havia sido indicado sete outras vezes pelo papel, sem ganhar

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE EM SÉRIE (DRAMA):
Uzo Aduba por “Orange Is the New Black”

MELHOR ATRIZ CONVIDADA EM SÉRIE (DRAMA):
Margo Martindale por “The Americans

MELHOR ATOR COADJUVANTE EM SÉRIE (DRAMA):
Peter Dinklage por “Game of Thrones

MELHOR ATOR CONVIDADO EM SÉRIE (DRAMA):
Reg E. Cathey por “House of Cards

"House of Cards" levou apenas 2 prêmios melhor trilha sonora e ator convidado em série dramática - Reg E. Cathey, intérprete de Freddy

Reg E. Cathey levou o prêmio de melhor ator convidado em série dramática pelo pequeno, mas marcante, papel de Freddy em “House of Cards”

MELHOR SÉRIE (COMÉDIA):
Veep

MELHOR ATRIZ EM SÉRIE (COMÉDIA):
Julia Louis-Dreyfus por “Veep

MELHOR ATOR EM SÉRIE (COMÉDIA):
Jeffrey Tambor por “Transparent”

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE EM SÉRIE (COMÉDIA):
Allison Janney por “Mom

MELHOR ATRIZ CONVIDADA EM SÉRIE (COMÉDIA):
Joan Cusack por “Shameless”

MELHOR ATOR COADJUVANTE EM SÉRIE (COMÉDIA):
Tony Hale por “Veep

MELHOR ATOR CONVIDADO EM SÉRIE (COMÉDIA):
Bradley Whitford por “Transparent”

000

David Nutter levou o prêmio de melhor direção pelo último episódio da 5ª temporada, “Mother’s Mercy”, que traz a famosa “caminhada da vergonha” de Cersei. E David Benioff e D.B. Weiss, showrunners da série, levaram seu primeiro Emmy como roteiristas, pelo mesmo episódio.

MELHOR DIREÇÃO DE SÉRIE (DRAMA):
David Nutter por “Game of Thrones

MELHOR ROTEIRO DE SÉRIE (DRAMA):
David Benioff e D.B. Weiss por “Game of Thrones

MELHOR DIREÇÃO DE SÉRIE (COMÉDIA):
Jill Soloway por “Transparent”

MELHOR ROTEIRO DE SÉRIE (COMÉDIA):
Simon Blackwell, Tony Roche e Armando Iannucci por “Veep

MELHOR MINISSÉRIE:
“Olive Kitteridge”

Produzida pela HBO e exibida em 4 episódios, a minissérie "Olive Kitteridge" dominou as categorias de narrativa mais curta, valendo a Frances McDormand e Bill Murray prêmios merecidos. Ainda não há previsão de lançamento em DVD no Brasil.

Produzida pela HBO e exibida em 4 episódios, a minissérie “Olive Kitteridge” dominou as categorias de narrativa mais curta, valendo a Frances McDormand e Bill Murray prêmios merecidos. Ainda não há previsão de lançamento em DVD no Brasil.

MELHOR TELEFILME:
“Bessie”

MELHOR DIREÇÃO DE MINISSÉRIE OU TELEFILME:
Lisa Cholodenko por “Olive Kitteridge”

MELHOR ROTEIRO DE MINISSÉRIE OU TELEFILME:
Jane Anderson por “Olive Kitteridge”

MELHOR ATRIZ EM MINISSÉRIE OU TELEFILME:
Frances McDormand por “Olive Kitteridge”

MELHOR ATOR EM MINISSÉRIE OU TELEFILME:
Richard Jenkins por “Olive Kitteridge”

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE EM MINISSÉRIE OU TELEFILME:
Regina King por “American Crime”

MELHOR ATOR COADJUVANTE EM MINISSÉRIE OU TELEFILME:
Bill Murray por “Olive Kitteridge”

9999