GATO NEGRO

EDGAR ALLAN POE E H.P.LOVECRAFT, DOIS MESTRES DO HORROR NA 2001

DOIS GRANDES ESCRITORES, RESGATADOS EM TRÊS COLEÇÕES DA VERSÁTIL COM CLÁSSICOS E CULTS DE DIRETORES COMO FEDERICO FELLINI, GEORGE A.ROMERO, JOHN CARPENTER E ROGER CORMAN.

EDGAR ALLAN POE NO CINEMA

DVD duplo com quatro clássicos dirigidos por Roger Corman e inspirados na obra de Edgar Allan Poe (1809-1849), um mestre da literatura gótica. Esta Edição Especial traz os filmes em inéditas versões restauradas e mais de duas horas de extras.

DISCO 1:

MURALHAS DO PAVOR (“Tales of Terror”, 1962, 89 min.)
De Roger Corman. Com Vincent Price, Peter Lorre e Basil Rathbone.

Quatro contos de Poe em três episódios. Em “Morella”, um jovem descobre que seu pai conserva o cadáver da esposa. O segundo episódio condensa “O Gato Preto” e “O Barril de Amontillado” e o último traz “O Caso do Sr. Valdemar”.

OBSESSÃO MACABRA (“Premature Burial”, 1962, 81 min.)
De Roger Corman. Com Ray Milland, Hazel Court e Richard Ney.

No terceiro filme de Corman baseado em Poe, Ray Milland (“Farrapo Humano”) interpreta um homem que tem medo de ser enterrado vivo, como aconteceu com seu pai.

DISCO 2:

O POÇO E O PÊNDULO (“The Pit and the Pendulum”, 1961, 81 min.)
De Roger Corman. Com Vincent Price, Barbara Steele e John Kerr.

Ao saber da repentina morte de sua irmã, Francis Barnard vai ao castelo de seu cunhado, Nicholas Medina, o atormentado filho de um carrasco da Inquisição espanhola. Também conhecido como “A Mansão do Terror”.

O TÚMULO SINISTRO (“The Tomb of Ligeia”, 1964, 81 min.)
De Roger Corman. Com Vincent Price e Elizabeth Shepherd.

Anos após ter enterrado sua amada esposa Ligeia, Verden Fell aceita a se casar com outra mulher. Porém, seu novo casamento é assombrado pela lembrança da falecida. Último filme do ciclo de Corman dedicado à obra de Poe.

EXTRAS:
* Uma noite com Edgar Allan Poe (52 min.) * Depoimento de Roger Corman sobre “Obsessão Macabra” (10 min.)
* Depoimento de Joe Dante sobre “Obsessão Macabra” (10 min.)
* Trailers dos quatro filmes (11 min.)
* Poe no Cinema (28 min.)
* Making of de “O Poço e o Pêndulo” (43 min.)
* Cena excluída de “O Poço e o Pêndulo” (5 min.)

EDGAR ALLAN POE NO CINEMA – VOL. 2

Bela edição com quatro clássicos inspirados na obra de Poe, em inéditas versões restauradas acompanhadas de muitos extras.

O box traz o cult “Histórias Extraordinárias”, composto por três segmentos, dirigidos por Federico Fellini, Roger Vadim e Louis Malle. “Toby Dammit”, de Fellini, é considerado um dos melhores trabalhos do mestre iltaiano – e uma crítica bem humorada e atual ao culto às celebridades.

DISCO 1:

DOIS OLHOS SATÂNICOS (Due occhi diabolici/Two Evil Eyes, 1990, 120 min.)
De George A. Romero e Dario Argento.
Com Adrienne Barbeau, Harvey Keitel, Ramy Zada.

Dois dos maiores mestres do horror no cinema, George A. Romero e Dario Argento, dirigem duas horripilantes histórias baseadas em contos de Poe: “O Estranho Caso do Sr. Valdemar” e “O Gato Preto”.

HISTÓRIAS EXTRAORDINÁRIAS (Histories Extraordinaires, 1968, 120 min.)
De Federico Fellini, Roger Vadim, Louis Malle.
Com Jane Fonda, Brigitte Bardot, Alain Delon.

Os grandes diretores europeus Federico Fellini, Roger Vadim e Louis Malle dirigem três histórias: “Metzengerstein”, “William Wilson” e “Toby Dammit”.

DISCO 2:

O CORVO (The Raven, 1963, 86 min.)
De Roger Corman
Com Vincent Price, Boris Karloff, Peter Lorre.

Inspirado livremente no célebre poema de Poe, O Corvo é o mais divertido dos filmes do ciclo de Roger Corman dedicado ao escritor. Dois bruxos duelam pela supremacia da do mundo da magia.

GATO NEGRO (Gatto Nero, 1981, 92 min.)
De Lucio Fulci
Com Patrick Magee, Mimsy Farmer, David Warbeck.

Os moradores de um vilarejo inglês começam a morrer numa série de acidentes horríveis e um investigador da Scotland Yard passa a investigar o caso. O encontro de Poe com Lucio Fulci, o mestre do gore.

EXTRAS:
* Especial sobre “Dois Olhos Satânicos” (30 min.)
* Depoimentos (17 min.)
* Trailers (10 min)

LOVECRAFT NO CINEMA

Coleção com três clássicos inspirados na obra de H. P. Lovecraft (1890-1937), um dos grandes mestres da literatura de horror, em inéditas versões restauradas, além de um documentário sobre o escritor e quase duas horas de vídeos extras. Lovecraft é um dos escritores favoritos – e influência assumida – de cineastas como Dan O’Bannon (“A Volta dos Mortos Vivos”) e Guillermo del Toro (“O Labirinto do Fauno”).

DISCO 1:

RE-ANIMATOR: A HORA DOS MORTOS-VIVOS (“Re-Animator”, 1985, 86 min.)
De Stuart Gordon. Com Jeffrey Combs, Bruce Abbott, Barbara Crampton.

Baseando-se livremente no conto “Herbert West: Reanimador”, Stuart Gordon criou uma obra-prima do horror, com muito sangue e cenas escatológicas. Inédita versão restaurada com vários extras, incluindo making of e cenas excluídas. Um dos títulos seminais dos anos 1980.

DO ALÉM (“From Beyond”, 1986, 86 min.)
De Stuart Gordon. Com Jeffrey Combs, Barbara Crampton e Ted Sorel.

A partir do conto homônimo de poucas páginas, Stuart Gordon volta ao universo lovecraftiano para mostrar até onde a tecnologia pode transformar o ser humano. O resultado é uma visceral e alucinante mistura de ficção científica e horror, com cenas desconcertantes.

DISCO 2:

À BEIRA DA LOUCURA (“In the Mouth of Madness”, 1994, 95 min.)
De John Carpenter. Com Sam Neill, Julie Carmen e Jürgen Prochnow.

O investigador John Trent é contratado para achar Sutter Cane, um escritor de histórias de terror que, após terminar seu último livro, misteriosamente desapareceu. Brilhante homenagem de Carpenter ao universo literário de Lovecraft.

LOVECRAFT: MEDO DO DESCONHECIDO (Lovecraft: Fear of the Unknown, 2008, 89 min.)
De Frank H. Woodward. Com Neil Gaiman, Guillermo Del Toro e John Carpenter.

Lovecraft é considerado por muitos o pai do horror moderno. A mitologia aterradora criada por ele influencia milhares de criações do gênero até hoje. Este documentário faz uma crônica sobre a vida, a obra e as ideias do autor de “O chamado de Cthulhu”.

EXTRAS:
* Making of de “Re-Animator” (69 min.)
* Trailers (18 min.)
* Cenas excluídas de “Re-Animator” (26 min.)
* Depoimento de Stuart Gordon sobre “Do Além” (9 min.)