Nosferatu

EM NOVAS COLEÇÕES DA VERSÁTIL, OBRAS-PRIMAS DO TERROR + VAMPIROS

COM 3 DISCOS E 6 CARDS, O BOX “OBRAS-PRIMAS DO TERROR 7” REÚNE 6 CULTS DE DIFERENTES ÉPOCAS, INCLUINDO UMA NOVA VERSÃO DE “OS INOCENTES” – UM DOS FILMES FUNDAMENTAIS DO GÊNERO.

E não perca também os dois volumes de “Vampiros no Cinema”, com títulos icônicos como o “Nosferatu” de 1922, e raridades – entre elas, “Cronos”, de Guillermo Del Toro, e “Quando Chega a Escuridão”, de Kathryn Bigelow (premiada com o Oscar por “Guerra ao Terror”).

OBRAS-PRIMAS DO TERROR VOL. 7 – ED. LIMITADA COM 6 CARDS

No formato digistack, o box com 3 DVDs reúne uma ótima seleção, com inédita versão restaurada de “Os Inocentes” – considerado um dos maiores filmes de terror de todos os tempos –, o original filme japonês “Kairo” e o drama de horror psicológico inglês “Sintomas”.

Edição Limitada com 6 cards e quase uma hora e meia de extras.

DISCO 1:

OS INOCENTES (The Innocents, 1961, 100 min.)
De Jack Clayton. Com Deborah Kerr, Peter Wyngarde, Megs Jenkins.

Uma governanta, que cuida de duas crianças, acredita que a casa onde moram é assombrada por fantasmas. Com roteiro de Truman Capote, essa obra-prima é baseada no clássico “A Outra Volta do Parafuso”, de Henry James.

UM GRITO DE PAVOR (Taste of Fear/Scream of Fear, 1961, 81 min.)
De Seth Holt. Com Susan Strasberg, Ann Todd, Christopher Lee.

Após sofrer acidente, jovem paralítica volta à casa da família e fica aterrorizada ao ver o corpo do falecido pai pela propriedade. Filme favorito de Christopher Lee, esse terror psicológico é uma das melhores produções da Hammer.

DISCO 2:

KAIRO (Pulse, 2001, 119 min.)
De Kiyoshi Kurosawa. Com Haruhiko Kato, Kumiko Aso, Koyuki.

Dois grupos descobrem evidências que sugerem que espíritos podem estar tentando invadir o mundo através da internet. Uma obra original e desconcertante do japonês Kiyoshi Kurosawa (“A Cura”), um dos mestres do J-Horror.

SINTOMAS (Symptoms, 1974, 92 min.)
De José Ramón Larraz. Com Angela Pleasence, Peter Vaughan, Lorna Heilbron.

Uma jovem é convidada pela amiga para passar uma temporada em sua casa de campo na Inglaterra. Mas tanto a casa como a amiga não são o que parecem ser. Fascinante terror psicológico do espanhol José Ramón Larraz (de “As Filhas de Drácula”).

DISCO 3:

A MANSÃO DA MEIA-NOITE (House of the Long Shadows, 1983, 102 min.)
De Peter Walker. Com Vincent Price, Christopher Lee, Peter Cushing.

Um escritor vai para uma remota mansão com o desafio de escrever um romance em 24 horas. Ao chegar, conhece os estranhos moradores do local. Ótimo terrir que reúne os monstros sagrados Vincent Price, Christopher Lee e Peter Cushing.

CALAFRIO (Willard, 1970, 95 min.)
De Daniel Mann. Com Bruce Davison, Elsa Lanchaster, Sondra Locke.

Um tímido e problemático rapaz ensina seus ratos de estimação a atacar seus inimigos. Refilmado em 2003 como “A Vingança de Willard”, esse cult-movie inspirou diversos outros filmes de terror com animais assassinos.

EXTRAS:
* Especiais sobre os filmes (80 min.)
* Trailers (9 min.)

EDIÇÃO LIMITADA COM 6 CARDs:

VAMPIROS NO CINEMA

No formato digistack, o DVD duplo reúne 4 clássicos de vampiro, todos em versões restauradas, além de mais de duas horas de extras, incluindo documentários e depoimento de Guillermo Del Toro.

DISCO 1:

NOSFERATU (“Nosferatu, eine Symphonie des Grauens”, 1922, 96 min.)
De F. W. Murnau. Com Max Schreck e Greta Schröder.

A obra-prima de Murnau é apresentada em inédita versão restaurada, acompanhada de um excelente documentário sobre a produção.

CRONOS (Idem, 1993, 92 min.)
De Guillermo Del Toro. Com Federico Luppi e Ron Perlman.

Cultuada estreia de Guillermo Del Toro (de “O Labirinto do Fauno”) na direção, “Cronos” é um filme de vampiro sombrio e muito original.

DISCO 2:

QUANDO CHEGA A ESCURIDÃO (“Near Dark”, 1987, 94 min.)
De Kathryn Bigelow. Com Jenny Wright, Lance Henriksen e Bill Paxton.

Após ser mordido por uma garota, o filho de um fazendeiro entra para um grupo de vampiros que viaja pelos EUA atrás de sangue fresco. Direção de Kathryn Bigelow (“Guerra ao Terror”).

A NOITE DOS DEMÔNIOS (“La Notte dei Diavoli”, 1972, 93 min.)
De Giorgio Ferroni. Com Gianni Garko e Agostina Belli.

Brilhante adaptação do conto que deu origem ao episódio “O Wurdalak” de “As Três Máscaras do Terror”, de Mario Bava.

EXTRAS:
* Documentário “Nosferatu – a Linguagem das Sombras” (53 min.)
* Trailers (5 min.)
* Cena excluída de “Quando Chega a Escuridão” (2 min.)
* Making of de “Quando Chega a Escuridão” (47 min.)
* Depoimento de Guillermo Del Toro (17 min.)

VAMPIROS NO CINEMA VOL. 2 – ED. LIMITADA COM 4 CARDS

DVD duplo com 4 clássicos filmes de vampiro da década de 1970, todos em inéditas versões restauradas, além de uma hora de extras, incluindo especiais sobre os filmes.

DISCO 1:

BLACULA, O VAMPIRO NEGRO (Blacula, 1972, 93 min.)
De William Crain. Com William Marshall, Vonetta McGee, Denise Nicholas.

Um antigo príncipe africano, que foi transformado em vampiro pelo próprio Drácula, vai parar na Los Angeles dos anos 1970. Cult vampiresco da Blaxploitation com atuação icônica de William Marshall como o vampiro negro.

NAS SOMBRAS DA NOITE (House of Dark Shadows, 1970, 97 min.)
De Dan Curtis. Com Jonathan Frid, Grayson Hall, Kathryn Leigh Scott.

Após séculos, o vampiro Barnabas Collins é acidentalmente libertado de seu caixão e passa a conviver com seus descendentes na mansão da família. Primeiro filme baseado em uma série de TV, refilmado depois como “Sombras da Noite” (2012) por Tim Burton.

DISCO 2:

CAPITÃO KRONOS – O CAÇADOR DE VAMPIROS (Captain Kronos – Vampire Hunter, 1974, 90 min.)
De Brian Clemens. Com Horst Janson, John Carson, Shane Briant.

Um ex-soldado espadachim e seu assistente corcunda caçam vampiros nesta fantasia de época. Incompreendido na época de seu lançamento, essa inventiva produção tardia da Hammer se tornou um cult-movie com o tempo.

CONDE YORGA, VAMPIRO (Count Yorga, Vampire, 1970, 93 min.)
De Bob Kelljan. Com Robert Quarry, Roger Perry, Michael Murphy.

Um casal convida um imigrante para fazer uma reunião mediúnica para contatar um parente falecido, sem saber que o convidado é um vampiro. Com atuação memorável de Robert Quarry, esse é um dos filmes de vampiro mais originais dos anos 1970.

EXTRAS:
* Especiais (49 min.)
* Trailers (10 min.)

EDIÇÃO LIMITADA COM 4 CARDs:

E VEJA TAMBÉM:

OS VAMPIROS DE SALEM

Dirigida pelo especialista Tobe Hooper (de “O Massacre da Serra Elétrica”), a minissérie é baseada em “A Hora do Vampiro” (1975), o segundo romance de Stephen King. No elenco, estão David Soul (da série “Starsky & Hutch – Justiça em Dobro”) e James Mason (“Cinco Dedos”).

Quando menino, Ben Mears ficou traumatizado com os horrores escondidos na mansão Marsten, localizada em sua cidade natal, Salem’s Lot. Agora adulto e escritor, Ben resolve voltar à cidade para escrever um livro sobre a mansão, a fim de superar seus antigos medos. Mas ele não desconfia que agora a mansão seja habitada por vampiros.

Com ótima direção de Hooper, atmosfera de terror muito bem construída e diversas cenas antológicas, “Os Vampiros de Salem” é mais uma adaptação da obra de King que merece ser conhecida, especialmente pelos fãs do escritor de “Carrie” e “O Iluminado”.

LANÇAMENTOS DE SUSPENSE E TERROR PARA O HALLOWEEN

00

NAS TELAS, O DIA DAS BRUXAS (31/10), MAIS CONHECIDO COMO HALLOWEEN, É SINÔNIMO DE FANTASMAS, MONSTROS, VAMPIROS E OUTRAS FONTES DE MEDO DO IDEÁRIO POPULAR. NESTA DATA ESPECIAL, SELECIONAMOS ALGUNS TÍTULOS LANÇADOS NO MERCADO DE HOME VÍDEO EM 2015, ENTRE FILMES E SÉRIES DE TV, COM UMA BOA DOSE DE SUSTOS PARA OS FÃS DE SUSPENSE E TERROR.

Bom Halloween!
Equipe 2001

A CASA DOS MORTOS

casadosmortos_3-750x380

Produzido por James Wan, a cabeça por trás das franquias “Jogos Mortais” e “Sobrenatural” (além de dirigir “Invocação do Mal”). Após massacre em que estudantes foram brutalmente assassinados, um detetive (Frank Grillo) e uma psicóloga (Maria Bello) interrogam o único sobrevivente aparente, que insiste que seus amigos foram mortos por uma força sobrenatural, intrigando as autoridades.

RENASCIDA DO INFERNO

021

Na trama, um grupo de estudantes de medicina mata uma colega (Olivia Wilde, da série “House”) acidentalmente. Os jovens conseguem trazê-la de volta à vida, mas acabam despertando uma força maligna. Ao mesmo tempo em que tenta se proteger do perigo, o grupo também precisa impedir que a mulher saia do hospital e mate inocentes. Dos mesmos produtores da franquia “Atividade Paranormal”.

THE STRAIN – 1ª TEMPORADA

02

Adaptação da série literária “Trilogia da Escuridão” escrita pelo romancista Chuck Hogan e por Guillermo del Toro (também diretor de 2 episódios da série), em torno de um vírus que transforma as pessoas em vampiros sanguinários. O Dr. Ephraim (Corey Stoll, de “House of Cards”), chefe do Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA, é quem investiga o caso de uma epidemia viral.

POLTERGEIST – O FENÔMENO (2015)

023

Sucesso no Brasil, com cerca de 1 milhão de espectadores, o filme é uma refilmagem do terror homônimo lançado em 1982. No novo enredo, a família Bowen acaba de se mudar para outra casa. O pai (Sam Rockwell), a mãe (Rosemarie DeWitt) e os dois filhos parecem se adaptar bem ao novo lar, até perceberem estranhas manifestações no local. Do mesmo diretor da animação “A Casa Monstro”.

RIPPER STREET – 1ª TEMPORADA 

024

Criada por Richard Warlow, um dos roteiristas de “Waking Dead”, esta elogiada série britânica concorreu ao prêmio Bafta em 2013. Na trama, o Inspetor Edmund Reid (Matthew Macfadyen, de “Orgulho e Preconceito”) dirige o distrito policial mais difícil do East End londrino, onde paira o medo de mais crimes cometidos por Jack, o Estripador.

PENNY DREADFUL – 1ª TEMPORADA

07

Criada pelo dramaturgo e roteirista John Logan (“Gladiador”), a série incorpora personagens lendários da literatura gótica numa saga com forte carga erótica e enredo inquietante. Na Inglaterra vitoriana, Sir Malcolm Murray (Timothy Dalton), a médium Vanessa Ives (Eva Green) e um caubói americano (Josh Hartnett) juntam forças em uma perigosa missão.

UMA NOITE DE CRIME – ANARQUIA

025

Continuação do thriller ultraviolento “Uma Noite de Anarquia”, sucesso no Brasil, com novos personagens e atores. Agora, um jovem casal dirige a caminho de casa, quando seu carro quebra e os deixa a pé, em plena noite do Expurgo. Sem ter para onde ir e sem ninguém para ajudá-los, eles se tornam o alvo de uma gangue de motoqueiros e terão que lutar para sobreviver às próximas doze horas.

OUIJA – O JOGO DOS ESPÍRITOS

027

Com mais de meio milhão de espectadores nos cinemas brasileiros, “Ouija” é baseado na lenda de tabuleiro americano com poderes sobrenaturais. Aqui, a jovem Debbie resolve usar o tabuleiro sozinha e acaba assassinada por algo sobrenatural. Sua morte é considerada suicídio, mas sua amiga de infância Laine (Olivia Cooke, da série “Bates Motel”) suspeita da versão oficial e passa a investigar o caso.

VAMPIROS NO CINEMA

vampiros_no-cinema

O DVD duplo reúne quatro clássicos de vampiro, todos em versões restauradas: “Nosferatu”, obra-prima de F.W.Murnau, “Cronos”, cultuada estreia de Guillermo Del Toro na direção, “Quando Chega a Escuridão”, dirigido por Kathryn Bigelow (de “Guerra ao Terror”), e “A Noite dos Demônios”, adaptação do conto que deu origem ao episódio “O Wurdalak” (de “As Três Máscaras do Terror”, de Mario Bava), além de mais de duas horas de extras.

OS VAMPIROS DE SALÉM

028

Dirigida pelo especialista Tobe Hooper (de “O Massacre da Serra Elétrica”), a minissérie é baseada em “A Hora do Vampiro” (1975), o segundo romance de Stephen King. Quando menino, Ben Mears ficou traumatizado com os horrores escondidos na mansão Marsten, localizada em sua cidade natal, Salem’s Lot. Agora adulto e escritor, Ben resolve voltar à cidade para escrever um livro sobre a mansão, a fim de superar seus antigos medos.

OBRAS-PRIMAS DO TERROR 3

000000000

Box com seis clássicos inéditos em versões restauradas: “Banho de Sangue”, longa de Mario Bava precursor do cinema “slasher”; “A Inocente Face do Terror”, terror psicológico dirigido por Robert Mulligan; “Os Meninos”, aclamado horror espanhol de Narciso Ibañez Serrador; “Carnaval de Almas”, lendário filme B americano; “Magia Negra”, thriller psicológico estrelado por Anthony Hopkins; e “Farsa Trágica”, com Vincent Price, Peter Lorre e Boris Karloff.

GIALLO

tenebrae_1351656491_crop_550x297

Coleção com clássicos inéditos dirigidos por mestres do tradicional gênero italiano: “Seis Mulheres para o Assassino”, também de Mario Bava, “Tenebre”, um dos grandes trabalhos de Dario Argento (“Suspiria”), “O Estranho Vício da Sra. Wardh”, dirigido por Sergio Martino (“Torso”), e “O Segredo do Bosque dos Sonhos”, violento giallo de Lucio Fulci com a atriz brasileira Florinda Bolkan (de “Investigação Sobre um Cidadão Acima de Qualquer Suspeita”).

PHENOMENA

0000

Inédito em DVD no Brasil, o filme de Dario Argento (“Suspiria”) conta com Jennifer Connelly (“Uma Mente Brilhante”) e Donald Pleasence (“Halloween”) no elenco. Na trama, uma adolescente americana vai estudar em colégio interno para garotas, na Alemanha. Enquanto ela explora sua capacidade especial de se comunicar com insetos, um assassino aterroriza o local.

MISTÉRIO E SUSTOS NUMA INCRÍVEL PROMOÇÃO DA VERSÁTIL

promocao_terrorsuspense

Promoção por tempo limitado – ou enquanto durarem os estoques

FÃS DO CINEMA DE HORROR E SUSPENSE NÃO PODEM PERDER, PELA PRIMEIRA VEZ EM PROMOÇÃO, NOVE CLÁSSICOS COM 50% OFF* NA 2001:

O SOLAR DAS ALMAS PERDIDAS

01

Com direção de Lewis Allen (de “Meu Ofício é Matar”), a produção tem no elenco Ray Milland – vencedor do Oscar de melhor ator por “Farrapo Humano” –, além de famosa trilha sonora de Victor Young (Sansão e Dalila). Em versão restaurada com quase uma hora de extras, incluindo uma análise do filme à luz do Espiritismo, o filme renovou o gênero da casa mal assombrada, ao abordar com seriedade o sobrenatural.

A QUEDA DA CASA DE USHER

Vincent Price in House of Usher, 1960.

Também conhecido como “O Solar Maldito”, é o primeiro filme do lendário ciclo de adaptações da obra de Edgar Allan Poe realizado por Roger Corman (“A Orgia da Morte”), o mestre do filme B, e que conta no elenco com Vincent Price, um dos ícones do cinema de horror. Nos extras, confira a versão muda surrealista do conto de Poe dirigida por Jean Epstein e coescrita por Luis Buñuel. Pela primeira vez em DVD no Brasil.

A HORA DO LOBO

03

Uma das grandes obras-primas do mestre Ingmar Bergman e seu único filme de horror. Edição especial com vários extras, incluindo making of e entrevistas com Erland Josephson e Liv Ullman. Na trama, o pintor Johan e sua esposa grávida, Alma, retiram-se para uma ilha isolada; enquanto ele é consumido por demônios do passado e por constantes alucinações, ela tenta ajudá-lo a manter a sanidade e controlar sua obra.

INVERNO DE SANGUE EM VENEZA

04

Um dos melhores filmes de terror da história do cinema, o cult movie é mais um rebuscado trabalho de Nicolas Roeg, diretor de filmes marcados pela experimentação visual e pela contracultura dos anos 1960 e 70, como “Performance” e “O Homem que Caiu na Terra”. Nos extras, depoimentos de Allan Scott, Donald Sutherland e Danny Boyle, somando 55 minutos; versão curta do filme, por Boyle (5’) e making of (20’).

O COLECIONADOR

05

Adaptado do romance de John Fowles, o filme concorreu aos Oscar de melhor direção (William Wyler), atriz (Samantha Eggar) e roteiro adaptado, abordando com sensibilidade o tradicional enredo de thriller. Na trama, o jovem Freddie (Terence Stamp) é um colecionador de borboletas que sequestra Miranda, uma bela estudante de arte. Uma história delicada ao som de bela trilha sonora de Maurice Jarre.

A TORTURA DO MEDO

06

Dirigido pelo mestre Michael Powell, o clássico “Peeping Tom” (título original) desconcertou a crítica em seu lançamento, meses antes de “Psicose”. Mal recebido na época, em virtude de seu conteúdo ousado – bem distante dos trabalhos anteriores do diretor de “Sapatinhos Vermelhos” –, o filme ganhou status de cult com o tempo, tornando-se um dos mais profundos estudos do voyeurismo e da psicopatia no cinema.

O MENSAGEIRO DO DIABO

07

O único filme dirigido pelo grande ator Charles Laughton (“Testemunha de Acusação”), em versão restaurada com uma hora de vídeos extras, incluindo making of. O astro Robert Mitchum brilha como o reverendo Harry Powell, um misterioso “pastor” que, com as palavras “ódio” e “amor” tatuadas nos dedos das mãos, percorre o interior dos Estados Unidos, aplicando golpes e deixando um rastro de viúvas mortas pelo caminho.

SOB O DOMÍNIO DO MEDO

08

Um dos filmes mais polêmicos da história do cinema, o clássico de Sam Peckinpah (de “Os Implacáveis”) chocou o público com a sua explosão de violência e uma controversa cena de estupro protagonizada por Susan George. Indicado ao Oscar em 1972, saiu em DVD numa versão restaurada com mais de 1 hora de extras, incluindo entrevistas esclarecedoras de Susan e Dustin Hoffman, além de bastidores.

NOSFERATU (1979)

09

Refilmagem do clássico expressionista do mestre W. F. Murnau dirigida com maestria por Werner Herzog (de “O Enigma de Kaspar Hauser”). A partir do clássico “Drácula” de Bram Stoker, o cineasta alemão narra a jornada de Jonathan Harker (Bruno Ganz) pelo reino de horror do Conde Drácula (Klaus Kinski), um maligno vampiro obcecado pela esposa de Harker, a bela Lucy (Isabelle Adjani). Versão restaurada, com muitos extras.

E VEJA TAMBÉM, EM PROMOÇÃO NA 2001: 

OBRAS-PRIMAS DO TERROR

DISCO 1:

O CHICOTE E O CORPO (La frusta e il corpo, 1963)
De Mario Bava. Com Christopher Lee e Daliah Lavi.

A ORGIA DA MORTE (The masque of the red death, 1964)
De Roger Corman. Com Vincent Price e Jane Asher.

DISCO 2:

O TÚMULO VAZIO (The body snatcher, 1945)
De Robert Wise. Com Bela Lugosi, Boris Karloff e Henry Daniell.

NA SOLIDÃO DA NOITE (Dead of night, 1945)
De Alberto Cavalcanti e outros. Com Michael Redgrave e Mervyn Johns.

DISCO 3:

A NOITE DO DEMÔNIO (Night of the demon, 1957)
De Jacques Tourneur. Com Dana Andrews e Peggy Cummings.

A ALDEIA DOS AMALDIÇOADOS (Village of the damned, 1960)
De Wolf Rilla. Com George Sanders e Barbara Shelley.

10649449_802092579847935_6998303698150094449_n

OBRAS-PRIMAS DO TERROR – VOL.2

DISCO 1:

O CICLO DO PAVOR (Operazione Paura, 1966)
De Mario Bava. Com Giacomo Rossi­Stuart e Erika Blanc.

LISA E O DIABO (Lisa e il Diavolo, 1973)
De Mario Bava. Com Elke Sommer, Telly Savalas e Sylva Koscina.

DISCO 2:

A MANSÃO DO INFERNO (Inferno, 1980)
De Dario Argento. Com Leigh McCloskey, Irene Miracle e Eleonora Giorgi.

MARTIN (Idem, 1976)
De George Romero. Com John Amplas, Lincoln Maazel e Christine Forrest.

DISCO 3:

PELO AMOR E PELA MORTE (Dellamorte Dellamore, 1993)
De Michele Soavi. Com Rupert Everett e François Hadji­Lazaro.

TERROR NAS TREVAS (…E tu vivrai nel terrore! L’aldilà, 1981)
De Lucio Fulci. Com Catriona MacColl, David Warbeck e Cinzia Monreale.

DICAS PARA O FIM DE SEMANA

Confira a seguir as sugestões da equipe 2001 Vídeo:

Nosferatu, O Vampiro da Noite
(Nosferatu – Phantom Der Nacht, ALE/FRA, 1979, Cor, 107′)
De: Werner Herzog
Com: Klaus Kinski, Isabelle Adjani, Bruno Ganz

Com um fabuloso elenco (Klaus Kinski, Isabelle Adjani, Bruno Ganz), o grande diretor alemão Werner Herzog faz um excelente remake do clássico de W.F.Murnau. Baseado no livro Drácula, de Bram Stoker, o filme conta o horror que Lucy (Isabelle) passa ao ser vítima do obcecado Conde Drácula.

Com ótima trilha sonora e detalhes marcantes que reforçam sua sobriedade, o filme prende a atenção do começo ao fim.

Sugestão de
Eduarda França
Colaboradora da 2001 Paulista
Av. Paulista, 726, Bela Vista – São Paulo – SP

XXY
(Idem, ARG/ESP/FRA, 2007, Cor, 87′)
De: Lucía Puenzo
Com: Ricardo Darín, Valeria Bertuccelli

Filha do diretor Luiz Puenzo (A História Oficial), Lucía Puenzo dirige este drama que conta a história de Alex, uma adolescente que precisa lidar com seus sentimentos por um garoto da mesma faixa etária, filho de um casal de amigos de seus pais, e com um segredo guardado desde que era pequena: ela é hermafrodita. A personagem passa por uma montanha russa de sentimentos, tentando satisfazer suas vontades e não decepcionar os pais. Destaque para o ator Ricardo Darín, como o preocupado e dedicado pai da adolescente.

Sugestão de
Graciela Paciência
Colaboradora da 2001 Sumaré
Av. Sumaré, 1744, Perdizes – São Paulo – SP

Lolita
(Idem, EUA, 1962, P&B, 153′)
De: Stanley Kubrick
Com: James Mason, Shelley Winters, Peter Sellers, Sue Lyon

Vladimir Nabokov teve seu romance Lolita publicado em 1955 pela Olympia Press de Paris, editora famosa por publicar livros pornográficos como Fanny Hill. Em 1960, Nabokov entrega o roteiro do filme baseado no seu livro para Kubrick que o reescreve junto com James B. Harris. Mesmo assim, o nome de Nabokov aparece nos belíssimos créditos iniciais de Lolita, o que garantiu sua indicação ao Oscar de melhor roteiro adaptado em 1963. Só a genialidade de Kubrick para driblar a cerrada censura da época por meio de olhares, gestos e palavras de duplo sentido. Quando o assunto era muito picante, os personagens literalmente cochichavam no ouvido fazendo nossa imaginação funcionar. O cineasta também criou um trailer de divulgação extremamente sugestivo, em que pessoas ficam repetindo em tom de indignação a frase: “How did they ever make a movie of Lolita?” (como foi que fizeram um filme sobre Lolita?). E os atores principais, James Mason, Shelley Winters e Peter Sellers, são apresentados falando apenas o nome “LOLITA”.

Sugestão de
Marcelo Rodrigo
Colaborador da 2001 Washington Luís
Avenida Washington Luís, 1708, Jd. Marajoara – São Paulo – SP

A Dama Oculta
(The Lady Vanishes, ING, 1938, P&B, 93′)
De: Alfred Hitchcock
Com: Margaret Lockwood, Michael Redgrave

Montagem com cenas do clássico A Dama Oculta

Meu filme britânico favorito de Hitchcock. Durante uma viagem de trem, uma garota conhece uma simpática senhora e ambas começam a dividir experiências. Ela tira um cochilo e quando acorda não há nenhum vestígio de que a senhora está (ou esteve) no trem. Além do suspense que prender a atenção o tempo todo, A Dama Oculta se destaca pelo bom humor em diversas cenas. Enfim, um dos melhores trabalhos do mestre do suspense.

Sugestão de
Thiago H. Farias
Colaborador da 2001 Washington Luís
Avenida Washington Luís, 1708, Jd. Marajoara – São Paulo – SP

Expresso para o Inferno
De: Andrei Konchalovsky
Com: Jon Voight, Eric Roberts, Rebecca De Mornay

Você tem limites? Até onde iria para ter sua liberdade? Que tal um suspense baseado em uma fuga desesperada, angustiante e filosófica pela liberdade?

Oscar “Manny” Manheim (Jon Voight, pai de Angelina Jolie) é um prisioneiro que esta prestes a ter sua condicional negada por Frank Barstow, policial que que fará tudo o que for possível para evitar sua liberdade. Ajudado por alguns companheiros, e contando com a ajuda de Buck McGeehy (Eric Roberts), um ex-boxeador filhinho de papai, os dois conseguem fugir. A fuga se torna mais angustiante a partir do momento em que os dois se veem em um trem desgovernado, e o cerco da polícia cada vez mais perto.

Curiosidade: Expresso para o Inferno deveria ter sido o primeiro trabalho de Akira Kurosawa produzido nos EUA mas, por problemas contratuais, o grande cineasta japonês não pôde assumir o projeto. O filme é baseado em seu roteiro, mas foi dirigido pelo russo Andrei Konchalovsky (Tango e Cash – Os Vingadores).

Sugestão de
Bruno Lanzellotti
Colaborador da 2001 Washington Luís
Avenida Washington Luís, 1708, Jd. Marajoara – São Paulo – SP

Qualquer Gato Vira-Lata
(Idem, BRA, 2011, Cor, 91′)
De: Tomas Portella, Daniela De Carlo
Com: Cléo Pires, Dudu Azevedo, Rita Guedes, Malvino Salvador

Baseado na peça Qualquer Gato Vira-Lata Tem uma Vida Sexual mais Ativa que a Nossa fala sobre Tati (Cléo Pires), uma mulher sincera até demais, que gosta de Marcelo (Dudu Azevedo), seu atual namorado que não consegue ficar com uma mulher só. Após levar um fora dele, ela assiste uma palestra do professor e biólogo Conrado (Malvino Salvador) e tem a brilhante ideia de aplicar as teorias dele em sua vida pessoal. Juntos, eles montam um manual de conquista baseado nas teorias de Darwin, para trazer Marcelo de volta para Tati, só que tudo fica mais complicado quando o professor começa a se apaixonar pela sua aluna.

Uma das melhores comédias nacionais deste ano, com boas atuações de seu trio central.

Sugestão de
Natalia Cavalcante
Colaboradora da 2001 Washington Luís
Avenida Washington Luís, 1708, Jd. Marajoara – São Paulo – SP

Terra Estrangeira
(Idem, BRA, 1996, Cor, 100′)
De: Walter Salles
Com: Fernanda Torres, Fernando Alves Pinto, Gerald Thomas, Luis Mello, Tchéky Karyo

Um marco no cinema nacional dos anos 1990, Terra Estrangeira mostra um passado recente e dolorido: o Brasil em 1990, quando é anunciado o Plano Collor. As mudanças políticas no país desencadeiam uma corrente de acontecimentos na vida de Paco (Fernando Alves Pinto, em ótimo momento), jovem de 20 anos que mora de frente para o Minhocão em São Paulo. Paralelamente, acompanhamos a trajetória de Alex (Fernanda Torres, perfeita), garçonete brasileira de 28 anos vivendo em Lisboa, Portugal. Em um preto-e-branco nostálgico, essas duas vidas se cruzam em um exílio que não é político, mas por necessidade — e surge então uma relação de amor bandido. Destaque para a versão de Gal Gosta para Vapor Barato, música que embala o romance dos protagonistas.

Segundo Walter Salles e Daniela Thomas, parceiros na direção, o filme se originou a partir de uma imagem: um casal à deriva, imobilizado numa praia deserta, com um navio emborcado na areia. Imagem que se tornou o pôster do filme.

Sugestão de
Marcelo Rodrigo
Colaborador da 2001 Washington Luís
Avenida Washington Luís, 1708, Jd. Marajoara – São Paulo – SP

Sugestões da equipe 2001 Vídeo