Os Espiões

OUTUBRO COMEÇA COM MAIS CLÁSSICOS E CULTS NA 2001

ENTRE AS NOVIDADES, CONFIRA O CULT AUSTRALIANO ACLAMADO POR MARTIN SCORSESE, O CINEMA POLÍTICO DE COSTA-GAVRAS, MAIS UM REBUSCADO TRABALHO DE KEN RUSSELL , UM CLÁSSICO DE GUERRA COM YUL BRYNNER, TRÊS FILMES ESTRELADOS PELO ASTRO STEVE McQUEEN E O PRIMEIRO PAPEL DE MICHAEL CAINE COMO PROTAGONISTA NO CINEMA.

PELOS CAMINHOS DO INFERNO

1

Dirigida por Ted Kotcheff (“Rambo – Programado Para Matar”), esta produção australiana ganhou status de cult, aclamada por nomes como Martin Scorsese e o músico Nick Cave. O filme segue alguns dias na vida de John Grant (Gary Bond), professor de Sydney cansado da rotina que leva. Ele tira folga do trabalho e viaja para encontrar a mulher com quem teve um caso tempos atrás. No caminho, para na cidadezinha de Bundanyabba e mergulha no submundo do jogo, ficando cada vez mais perto da brutalidade dos moradores locais.

SESSÃO ESPECIAL DE JUSTIÇA

5

Mestre do thriller político, Costa-Gavras (“Z“)recebeu o prêmio de melhor diretor no Festival de Cannes por este tenso relato baseado em fatos reais, sobre a ocupação nazista na França em agosto de 1941. Após o assassinato de um oficial alemão por um militante comunista, o governo de Vichy na França institui a Sessão Especial de Justiça. Seu objetivo: julgar, condenar e executar rapidamente seis prisioneiros franceses, como forma de retaliação.

O MESSIAS SELVAGEM

4

Eterno enfant terrible do cinema britânico, Ken Russell (“Mulheres Apaixonadas“, “Os Demônios“) dirigiu este drama biográfico centrado na relação platônica entre o escultor francês Henri Gaudier-Brzeska (Scott Antony) e uma senhora polonesa, Sophia Brezeska (Dorothy Tutin, indicada ao Bafta pelo papel) durante a I Guerra Mundial. No elenco, destaque ainda para Helen Mirren, em começo de carreira.

A BATALHA DO NERETVA

6

Produção de guerra indicada ao Oscar de melhor filme estrangeiro, representando a antiga Iugoslávia, em 1970. Na trama, ambientada em janeiro de 1943, o exército alemão, com receio da invasão dos aliados nos Balcãs, lança uma grande ofensiva contra os partisans iugoslavos ao oeste da Bósnia. O único caminho de fuga para as forças partisans e milhares de refugiados é uma ponte sobre o rio Neretva. No elenco, Yul Brynner, Hardy Krüger, Franco Nero e Orson Welles.

3 X STEVE McQUEEN

CINCINNATI KID, THE

O astro de ouro da Hollywood dos anos 1960 e 70, que adorava se arriscar em situações perigosas – dentro e fora da tela -, estrela três lançamentos na 2001: A MESA DO DIABO (1965), clássico sobre jogadores de pôquer dirigido por Norman Jewison; DEZ SEGUNDOS DE PERIGO (1972), western de Sam Peckinpah com Ida Lupino e Robert Preston; e CAÇADOR IMPLACÁVEL, último filme do ator, realizado meses antes de sua morte em 7 de novembro de 1980.

IPCRESS: ARQUIVO CONFIDENCIAL

01

Vencedor do prêmio Bafta de melhor filme britânico em 1966, o thriller traz Michael Caine em seu primeiro grande papel no cinema. O ator imprime cinismo e inteligência a Harry Palmer, agente de contra-espionagem que luta contra a burocracia de sua agência ao mesmo tempo em que investiga o sequestro de cientistas ingleses. Caine repetiria o papel em “Funeral em Berlim” (1966) e “O Cérebro de um Bilhão de Dólares” (1967).

O SUPER CÉREBRO

02

Um gênio do crime, interpretado por David Niven, planeja o mesmo roubo que a dupla de larápios vivida por Jean-Paul Belmondo e Bourvil nesta comédia ítalo-francesa dirigida por Gérard Oury (de “As Loucas Aventuras do Rabbi Jacob“).

OS ESPIÕES

03

O clima de paranoia da Guerra Fria dá o tom neste thriller dirigido pelo mestre Henri-Georges Clouzot (“As Diabólicas”, “Salário do Medo”), com Curd Jürgens e Peter Ustinov (“Spartacus“) no elenco. Na trama, um psiquiatra faz um acordo para esconder um espião em sua clínica.