Perdido em marte

OSCAR NA 2001: “PERDIDO EM MARTE” E MAIS 8 FILMES INDICADOS AO PRÊMIO

1

INDICADO A SETE ESTATUETAS DO OSCAR 2016, “PERDIDO EM MARTE” – DISPONÍVEL EM DVD E BLU-RAY NA 2001 – É UM DOS MAIORES SUCESSOS DA CARREIRA DE RIDLEY SCOTT, DIRETOR DE “BLADE RUNNER” E “GLADIADOR”.

Na trama, o astronauta Mark Watney (Matt Damon) é enviado a uma missão em Marte. Após forte tempestade, ele se perde dos colegas e acorda sozinho no misterioso planeta, lutando para sobreviver com poucos suprimentos e sem saber como retornar à Terra.

Baseado no livro homônimo de Andy Weir, “Perdido em Marte” recebeu consultoria técnica da Nasa, a Agência Espacial Americana, e conquistou dois Globos de Ouro: melhor filme (comédia ou musical) e ator cômico (Matt Damon).

5

O elenco ainda conta com Jessica Chastain – estrela de outra ficção-científica, “Interestelar” –, Jeff Daniels, Kristen Wiig, Kate Mara, Sean Bean e Chiwetel Ejiofor.

Filmado no deserto da Jordânia, o filme consegue aliar exuberância visual e emoção, marca do diretor de “Gladiador”. E relembre, na trilha sonora, o grande David Bowie.

INDICAÇÕES AO OSCAR: Melhor filme, ator (Matt Damon), roteiro adaptado, mixagem de som, edição de som, efeitos visuais, design de produção.

E, ENTRE LANÇAMENTOS E PRÉ-VENDAS NA 2001, CONHEÇA MAIS ALGUNS INDICADOS AO PRÊMIO MAIS IMPORTANTE DO CINEMA MUNDIAL:

007 CONTRA SPECTRE

2

Quatro filme de 007 com Daniel Craig no papel de James Bond, novamente dirigido por Sam Mendes (de “Operação Skyfall”). O 24º (e mais caro) longa da franquia levou mais de 2 milhões de espectadores aos cinemas brasileiros. Completam o elenco, Léa Seydoux, Ralph Fiennes, Andrew Scott, Monica Bellucci e Christoph Waltz (no papel do vilão).

INDICADO AO OSCAR:
Melhor canção (“Writing’s On The Wall”, de Sam Smith e James Napier)

PONTE DOS ESPIÕES

BRIDGE OF SPIES

Quarta colaboração cinematográfica de Tom Hanks com Steven Spielberg, que já trabalharam juntos em “O Resgate do Soldado Ryan” (1998), “Prenda-me Se For Capaz” (2002) e “O Terminal” (2004). Baseado em fatos reais, o filme, coescrito pelos irmãos Coen, conta a história de um advogado americano, vivido por Hanks, que é contratado para defender um espião soviético nos anos 1950, início da Guerra Fria entre EUA e União Soviética.

INDICADO AO OSCAR:
Melhor filme, ator coadjuvante (Mark Rylance), roteiro original, trilha sonora, mixagem de som e design de produção

O ABUTRE

3

O filme marca a estreia do roteirista Dan Gilroy (de “O Legado Bourne”) na direção. Sem conseguir um emprego formal, o jovem Louis Bloom (Jake Gyllenhaal, indicado ao Bafta e ao Globo de Ouro) decide entrar no submundo do jornalismo criminal de Los Angeles. A fórmula é correr atrás de crimes e acidentes chocantes, registrar tudo e vender a história para emissoras de TV interessadas em matérias sensacionalistas.

INDICADO AO OSCAR:
Melhor roteiro original (Dan Gilroy)

PARA SEMPRE ALICE

4

Julianne Moore recebeu os principais prêmios da temporada por seu comovente desempenho como uma professora diagnosticada com Alzheimer. Baseado no livro homônimo de Lisa Genova, o filme mostra o drama vivido pela Dra. Alice Howland (Moore), renomada professora de Linguística que começa a esquecer palavras e a se perder pelas ruas de Manhattan. No elenco, Kristen Stewart e Alec Baldwin.

VENCEDOR DO OSCAR:
Melhor atriz (Julianne Moore)

FRANCES

6

Baseado na história real da atriz Frances Farmer (1913-1970). Ela teve uma ascensão meteórica em Hollywood entre os anos 30 e 40, mas suas posições políticas e ateísmo fizeram com que fosse perseguida e associada com os comunistas. Jessica Lange tem uma das melhores atuações da década de 80, numa história trágica sobre perseguição política, preconceito e drama familiar. Nos extras do DVD, destaque para “Relembrando Frances” (31 min.).

INDICADO AO OSCAR:
Melhor atriz (Jessica Lange) e atriz coadjuvante (Kim Stanley)

A GAROTA DO ADEUS

7

Escrito pelo aclamado dramaturgo Neil Simon (de “Um Estranho Casal”), o filme conqusitou o público com seus diálogos espirituosos e repletos de emoção. Richard Dreyfuss interpreta Elliot Garfield, um ator excêntrico recém-chegado a Nova York que passa a dividir um apartamento com Paula (Marsha Mason) e sua filha de 10 anos. Eles são diferentes em tudo e vivem em guerra, até que se apaixonam.

VENCEDOR DO OSCAR:
Melhor ator (Richard Dreyfuss).

INDICADO ainda a melhor filme, atriz (Marsha Mason), atriz coadjuvante (Quinn Cummings) e roteiro original (Neil Simon)

PERDIDOS NA NOITE

8

Primeiro filme da chamada “Nova Hollywood” a vencer o Oscar na categoria principal, em 1970, o filme narra a história de um jovem texano, Joe Buck (Jon Voight), que parte para Nova York a fim de viver às custas de nova-iorquinas cheias da grana. Mas descobre uma realidade bem mais difícil e acaba fazendo amizade com um marginal doente, Ratso (Dustin Hoffman).

VENCEDOR DO OSCAR:
Melhor filme, direção (John Schlesinger) e roteiro adaptado (Waldo Salt).

INDICADO ainda a melhor ator (Dustin Hoffman, Jon Voight), atriz coadjuvante (Sylvia Miles) e montagem

DEIXEM-NOS VIVER (INCLUÍDO NA COLEÇÃO “A ARTE DE ARTHUR PENN“)

10

Em pré-venda na 2001, o DVD duplo reúne quatro raridades do cultuado diretor de “Bonnie & Clyde – Uma Rajada de Balas”, um dos precursores da Nova Hollywood. Livremente inspirado na música “Alice’s Restaurant”, de Arlo Guthrie, “Deixem-nos Viver” é um clássico da contracultura dos anos 60, sobre os anseios e decepções de toda uma geração.

INDICADO AO OSCAR:
Melhor direção (Arthur Penn)

SAIU A LISTA DOS INDICADOS AO OSCAR 2016!

004

A ESPERA ACABOU. A ACADEMIA DE ARTES E CIÊNCIAS CINEMATOGRÁFICAS DE HOLLYWOOD ANUNCIOU NA MANHÃ DESTA QUINTA-FEIRA (14/1) OS CONCORRENTES AO MAIOR PRÊMIO DA INDÚSTRIA DO CINEMA. “O REGRESSO” E “MAD MAX – ESTRADA DA FÚRIA” LARGAM NA FRENTE, COM O MAIOR NÚMERO DE INDICAÇÕES.

Vencedor de três estatuetas no ano passado, por “Birdman”, o mexicano Alejandro González Iñárritu pode vencer novamente o Oscar de melhor direção, agora com “O Regresso”, épico já premiado com três Globos de Ouro. Estrelado por Leonardo DiCaprio – favorito ao prêmio, em sua quinta indicação como ator -, o filme concorre em 12 categorias, seguido de perto por “Mad Max – Estrada da Fúria”, a aclamada aventura de George Miller com Tom Hardy e Charlize Theron, com dez indicações.

Entre as surpresas, destaque para a exclusão de Ridley Scott (por “Perdido em Marte“) na categoria de melhor direção. Lembrado pelo Sindicato dos Diretores (DGA), o cineasta britânico foi preterido na lista da Academia, sendo substituído pelo irlandês Lenny Abrahamson, do drama independente “O Quarto de Jack” – favorito à estatueta de melhor atriz para Brie Larson. De qualquer forma, a ficção-científica dirigida e produzida por Scott recebeu sete nomeações, incluindo melhor filme e ator (Matt Damon).

A lista de indicados a melhor filme inclui  oito títulos, com “Carol” e “Star Wars: O Despertar da Força” entre as omissões mais notadas. E, embora “Que Horas Ela Volta” tenha ficado fora da disputa de melhor filme estrangeiro, o Brasil está bem representado, com “O Menino e Mundo” concorrendo a melhor animação. Vencedor do grande prêmio do Festival Internacional de Animação de Annecy, na França, o filme de Alê Abreu é a primeira animação da história do cinema brasileiro a ser indicada ao prêmio e mistura diversas técnicas de ilustração, como lápis de cor, giz de cera e colagem.

Agora, é aguardar o anúncio dos vencedores na 88ª cerimônia de entrega dos prêmios, marcada para 28 de fevereiro, no Dolby Theatre, em Los Angeles.

111

O comediante Chris Rock será o apresentador da cerimônia do Oscar, em 28 de fevereiro

A seguir, a lista completa com os indicados ao OSCAR 2016:

MELHOR FILME
Mad Max – Estrada da Fúria
O Regresso
O Quarto de Jack
Spotlight – Segredos Revelados
A Grande Aposta
Ponte dos Espiões
Brooklyn
Perdido em Marte

Não foi dessa vez para Ridley Scott como melhor diretor, mas ele concorre como produtor de "Perdido em Marte", ficção-científica indicada em sete categorias. Matt Damon recebeu sua terceira indicação como ator. Antes, ele concorreu como coadjuvante por "Invictus" e ator principal por "Gênio Indomável", que lhe valeu o prêmio de roteiro original (dividido com Ben Aflleck)

Não foi dessa vez para Ridley Scott como melhor diretor, mas ele concorre como produtor de “Perdido em Marte”, ficção-científica indicada em sete categorias. Matt Damon recebeu sua terceira indicação como ator. Antes, ele concorreu como coadjuvante por “Invictus” e ator principal por “Gênio Indomável”, que lhe valeu o prêmio de roteiro original (dividido com Ben Affleck) em 1998.

MELHOR DIRETOR
Alejandro González Iñárritu – O Regresso
Tom McCarthy – Spotlight – Segredos Revelados
Adam McKay – A Grande Aposta
George Miller – Mad Max: Estrada da Fúria
Lenny Abrahamson – O Quarto de Jack

MELHOR ATOR
Bryan Cranston – Trumbo
Leonardo DiCaprio – O Regresso
Michael Fassbender – Steve Jobs
Eddie Redmayne – A Garota Dinamarquesa
Matt Damon – Perdido em Marte

Depois do Globo de Ouro recebido por "O regresso", parece que chegou a vez de Leonardo DiCaprio finalmente conquistar seu Oscar. Ele já concorreu três vezes como ator principal, uma de coadjuvante e ainda pela produção de "O Lobo de Wall Street".

Depois do Globo de Ouro recebido por “O Regresso”, parece que chegou finalmente o ano de Leonardo DiCaprio conquistar seu Oscar. Ele concorreu outras três vezes como ator principal, além de coadjuvante por “Gilbert Grape” e produtor de “O Lobo de Wall Street”.

MELHOR ATRIZ
Cate Blanchett – Carol
Brie Larson – O Quarto de Jack
Saoirse Ronan – Brooklyn
Charlotte Rampling – 45 Anos
Jennifer Lawrence – Joy – o Nome do Sucesso

MELHOR ATOR COADJUVANTE
Christian Bale – A Grande Aposta
Tom Hardy – O Regresso
Mark Ruffalo – Spotlight – Segredos Revelados
Mark Rylance – Ponte dos Espiões
Sylvester Stallone – Creed – Nascido para Lutar

Do grande elenco de "Spotlight", filme-denúncia indicado em seis categorias, foram lembrados Mark Ruffalo e Rachel Rachel McAdams, como coadjuvantes

Do grande elenco de “Spotlight”, filme-denúncia indicado em seis categorias, Mark Ruffalo e Rachel Rachel McAdams, foram lembrados como coadjuvantes

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE
Jennifer Jason Leigh – Os 8 Odiados
Rooney Mara – Carol
Rachel McAdams – Spotlight – Segredos Revelados
Alicia Vikander – A Garota Dinamarquesa
Kate Winslet – Steve Jobs

MELHOR ROTEIRO ADAPTADO
Charles Randolph, Adam McKay – A Grande Aposta
Nick Hornby – Brooklyn
Phyllis Nagy – Carol
Drew Goddard – Perdido em Marte
Emma Donoghue – O Quarto de Jack

MELHOR ROTEIRO ORIGINAL
Matt Charman – Ponte dos Espiões
Alex Garland – Ex-Machina – Instinto Artificial
Peter Docter, Meg LeFauve, Josh Cooley – Divertida Mente
Josh Singer, Tom McCarthy – Spotlight – Segredos Revelados
Jonathan Herman, Andrea Berloff – Straigh Outta Comptom

O roteirista britânico Alex Garland (de "Extermínio" e "Não Me Abandone Jamais") recebeu uma merecida indicação por "Ex-Machina", ficção-científica intimista também nomeada a melhores efeitos visuais

O roteirista britânico Alex Garland (de “Extermínio” e “Não Me Abandone Jamais”) recebeu uma merecida indicação por “Ex-Machina”, ficção-científica intimista também nomeada a melhores efeitos visuais

MELHOR MONTAGEM
A Grande Aposta
Mad Max: Estrada da Fúria
O Regresso
Spotlight – Segredos Revelados
Star Wars: O Despertar da Força

MELHOR FOTOGRAFIA
Carol
Mad Max: Estrada da Fúria
O Regresso
Sicario: Terra de Ninguém
Os 8 Odiados

MELHOR FILME ESTRANGEIRO
Theeb – Jordânia
A War – Dinamarca
Mustang – França
O Filho de Saul – Hungria
Embrace of the Serpent – Colombia

MELHOR LONGA DE ANIMAÇÃO
Anomalisa
Divertida Mente
Shaun, o Carneiro
O Menino e o Mundo
As Memórias de Marnie

Aclamado no exterior, o filme foi premiado nos festivais de Havana, Buenos Aires, Lisboa e São Paulo, e no Festival Internacional de Animação de Annecy, na França. * A história de um menino que, sentindo a falta do pai, deixa sua aldeia para procurá-lo e descobre um mundo fantástico. Com forte tom político, o roteiro aponta os problemas do mundo moderno pelos olhos da criança.

Premiado nos festivais de Havana, Buenos Aires, Lisboa e São Paulo, “O Menino e o Mundo” representa o Brasil no Oscar. O belo (e comovente) filme de Alê Abreu mostra a história de um menino que deixa sua aldeia para procurar o pai e que descobre, no caminho, as contradições e maravilhas da cidade grande. DISPONÍVEL PARA VENDA EM DVD NA 2001

MELHOR TRILHA SONORA ORIGINAL
Carter Burwell – Carol
Ennio Morricone – Os 8 Odiados
Jóhann Jóhannsson – Sicario: Terra de Ninguém
Thomas Newman – Ponte dos Espiões
John Williams – Star Wars: O Despertar da Força

MELHOR CANÇÃO ORIGINAL
Earned It” – de The Weeknd – Cinquenta Tons de Cinza
“Manta Ray” – de J. Ralph & Anthony – Racing Extinction
“Simple Song #3” – de Sumi Jo – Youth
“Writing’s On The Wall” – de Sam Smith e James Napier – 007 Contra Spectre
“Til It Happens To You” – de Lady Gaga e Diane Warren- The Hunting Ground

MELHOR MAQUIAGEM E CABELO
The 100-Year-Old Man Who Climbed out The Window And Disappeared
Mad Max: Estrada da Fúria
O Regresso

MELHOR FIGURINO
O Regresso
Carol
Cinderela
A Garota Dinamarquesa
Mad Max: Estrada da Fúria

MELHOR DESIGN DE PRODUÇÃO
Ponte dos Espiões
A Garota Dinamarquesa
Mad Max: Estrada da Fúria
Perdido em Marte
O Regresso

Aclamado como um dos melhores filmes de 2015, "Mad Max - Estrada da Fúria" é o favorito nas categorias técnicas, batendo de frente com "Star Wars - O Despertar da Força" e "O Regresso"

Aclamado como um dos melhores filmes de 2015, “Mad Max – Estrada da Fúria” é o favorito nas categorias técnicas, batendo de frente com “Star Wars – O Despertar da Força” e “O Regresso”

MELHORES EFEITOS VISUAIS
Star Wars: O Despertar da Força
Mad Max: Estrada da Fúria
Perdido em Marte
Ex-Machina – Instinto Artificial
O Regresso

MELHOR EDIÇÃO DE SOM
Sicario: Terra de Ninguém
Mad Max: Estrada da Fúria
Perdido em Marte
O Regresso
Star Wars – O Despertar da Força

MELHOR MIXAGEM DE SOM
Ponte dos Espiões
Mad Max: Estrada da Fúria
Perdido em Marte
O Regresso
Star Wars – O Despertar da Força

MELHOR DOCUMENTÁRIO DE LONGA-METRAGEM
Amy
Cartel Land
O Peso do Silêncio
What Happened, Miss Simone?
Winter on Fire: Ukraine’s Fight fo Freedom

Indicado a dois prêmios Bafta, "Amy" é apontado como favorito ao Oscar de melhor documentário

Indicado a dois prêmios Bafta, “Amy” é apontado como favorito ao Oscar de melhor documentário

MELHOR DOCUMENTÁRIO DE CURTA-METRAGEM
Body Team 12
Chau, Beyond The Lines
Claude Lanzmann: Spectres Of The Shoah
A Girl In The River: The Price Of Forgiveness
Last Day Of Freedom

MELHOR CURTA-METRAGEM
Ave Maria
Day One
Everything Will Be Okay (Alles Wird Gut)
Shok
Stutterer

MELHOR CURTA DE ANIMAÇÃO
Bear Story
Prologue
Os Heróis de Sanjay
We Can’t Live Without Cosmos
World of Tomorrow

CONHEÇA OS VENCEDORES DO GLOBO DE OURO 2016

100

NA NOITE DE ONTEM, EM BEVERLY HILLS (LOS ANGELES, EUA), ACONTECEU A 73ª EDIÇÃO DO GLOBO DE OURO, PREMIAÇÃO DA IMPRENSA ESTRANGEIRA EM HOLLYWOOD.

Mais uma vez, o comediante britânico Ricky Gervais destilou seu veneno como apresentador da cerimônia que, diferentemente de outras premiações, divide as principais categorias de cinema e televisão entre drama e comédia/musical.

O épico “O Regresso” foi o grande vencedor da noite, nas categorias de melhor drama, diretor (Alejandro González Iñárritu) e ator dramático (Leonardo DiCaprio), desbancando os favoritos “Carol” e “Spotlight – Segredos Revelados”, que ficaram sem nenhum prêmio. Curiosamente, a ficção-científica “Perdido em Marte” foi premiada como melhor comédia ou musical e ator (para Matt Damon), e “Steve Jobs” ficou com o Globo de Ouro de atriz coadjuvante (Kate Winslet) e roteiro (escrito por Aaron Sorkin). Já Divertida Mente” confirmou o favoritismo da Disney/Pixar ao conquistar o prêmio de melhor animação.

Alejandro González Iñárritu e Leonardo DiCaprio com os Globos de Ouro recebidos por "O Regresso", superprodução que ganha força rumo ao Oscar

Alejandro González Iñárritu e Leonardo DiCaprio com os Globos de Ouro recebidos por “O Regresso”, superprodução que ganha força rumo ao Oscar

Nas categorias de TV, os críticos da Associação da Imprensa Estrangeira em Hollywood surpreenderam, premiando inúmeras produções novas, entre elas “Mr. Robot” (melhor série dramática e ator coadjuvante), “Crazy Ex-Girlfriend” (melhor atriz em comédia ou musical), “Mozart in the Jungle”  (melhor filme e ator cômicos), e a minissérie “Wolf Hall”, aclamada produção da BBC sobre o conflito entre Henrique VIII e Thomas Cromwell.

E não podia faltar o grande homenageado da noite: Denzel Washington. Aos 62 anos, o astro recebeu o prêmio Cecil B.deMille pelo conjunto da carreira, que abrange mais de três décadas, 54 produções para cinema e TV, e dois Oscars.

CONFIRA A SEGUIR TODOS OS PREMIADOS DO GLOBO DE OURO 2016:

Cinema

000000000000000

Melhor Filme (Drama): “O Regresso”

Melhor Filme (Comédia/Musical): “Perdido em Marte” (em pré-venda na 2001)

Sucesso de público e crítica, "Perdido em Marte" pode render a Ridley Scott o primeiro Oscar de sua carreira, e a primeira indicação de  Matt Damon como ator principal. Com lançamento em DVD e Blu-ray previsto para 31/1, o filme traz na trilha "Starman", canção de David Bowie (1947-2016)

Sucesso de público e crítica, “Perdido em Marte” pode render a Ridley Scott o primeiro Oscar de sua carreira, e a segunda indicação de Matt Damon como ator principal. Com lançamento em DVD e Blu-ray previsto para 31/1, o filme traz na trilha “Starman”, canção de David Bowie (1947-2016)

Melhor Direção: Alejandro González Iñárritu por “O Regresso”

Melhor Ator (Drama): Leonardo DiCaprio por “O Regresso”

Melhor Ator (Comédia/Musical): Matt Damon por “Perdido em Marte” (em pré-venda na 2001)

Melhor Atriz (Drama): Brie Larson por “O Quarto de Jack”

77777

Brie Larson (de “O Apostador”) derrotou as favoritas Cate Blanchett e Rooney Mara, levando a estatueta por seu comovente desempenho no drama indie “O Quarto de Jack”

Melhor Atriz (Comédia/Musical): Jennifer Lawrence por “Joy”

Melhor Ator Coadjuvante: Sylvester Stallone por “Creed: Nascido para Lutar”

Melhor Atriz Coadjuvante: Kate Winslet por “Steve Jobs”

Melhor Roteiro: Aaron Sorkin por “Steve Jobs”

Melhor Animação: “Divertida Mente”

E, como era de se esperar, o prêmio para "Divertida Mente" é mais um triunfo da Pixar

E, como era de se esperar, o prêmio de melhor animação para “Divertida Mente” celebra mais um triunfo da Pixar

Melhor Canção Original: Sam Smith e James Napier por “Writing’s on the Wall” (de “007 Contra Spectre”)

Melhor Trilha Sonora: Ennio Morricone por “Os Oito Odiados”

Melhor Filme Estrangeiro: “O Filho de Saul” (Hungria)

Televisão

0100

Melhor Série (Drama): “Mr. Robot”

Melhor Série (Comédia/Musical): “Mozart in the Jungle”

Melhor Minissérie ou Telefilme: “Wolf Hall”

Produzida pela BBC, a minissérie "Wolf Hall" sai em DVD para compra e venda na 2001 em fevereiro

Produzida pela BBC, a minissérie “Wolf Hall” sai em DVD para compra e venda na 2001 em fevereiro

Melhor Ator de Série (Drama): Jon Hamm por “Mad Men

Melhor Ator de Série (Comédia): Gael García Bernal por “Mozart in the Jungle”

Melhor Ator em Minissérie ou Telefilme: Oscar Isaac por “Show Me a Hero”

Melhor Atriz de Série (Drama): Taraji P. Henson por “Empire

Fenômeno de audiência nos EUA, "Empire" já pode ser adquirida em DVD na 2001

Fenômeno de audiência nos EUA, “Empire” já pode ser adquirida em DVD na 2001

Melhor Atriz de Série (Comédia): Rachel Bloom por “Crazy Ex-Girlfriend”

Melhor Atriz em Minissérie ou Telefilme: Lady Gaga por “American Horror Story”

Melhor Ator Coadjuvante em Série, Minissérie ou Telefilme: Christian Slater por “Mr. Robot”

Melhor Atriz Coadjuvante em Série, Minissérie ou Telefilme: Maura Tierney por “The Affair”