western

CINEMA FAROESTE É NA 2001

UM DOS GÊNEROS MAIS QUERIDOS PELO PÚBLICO DA 2001, O WESTERN MARCA PRESENÇA EM 4 LANÇAMENTOS, QUE RESGATAM DESDE CLÁSSICOS COMO “AUDAZES E MALDITOS” (DO MESTRE JOHN FORD) A 2 FAROESTES ESTRELADOS POR JACK NICHOLSON, EM INÍCIO DE CARREIRA (“DISPARO PARA MATAR”, “A VINGANÇA DE UM PISTOLEIRO”), SOB A DIREÇÃO DE MONTE HELLMAN.

Ambientado entre meados do século XIX e início do XX, o western, faroeste ou “bangue-bangue” é considerado um gênero americano por excelência, graças a nomes como John Ford, Howard Hawks, John Wayne e Clint Eastwood, que ajudaram a eternizar inúmeras jornadas do herói em regiões sem lei.

Os títulos a seguir apresentam diferentes vertentes do faroeste, incluindo os western spaghetti, produções italianas de baixo orçamento que ajudaram a reinventar o gênero.

CINEMA FAROESTE VOL.6

Box com embalagem digistack com 3 DVDs que reúnem seis faroestes revisionistas, incluindo as inéditas versões restauradas de “Disparo para Matar” e “A Vingança de um Pistoleiro”, dois cult-movies do diretor independente Monte Hellman com Jack Nicholson no elenco, e uma hora e meia de extras, entre documentários e depoimentos.

Edição Limitada com 6 cards.

DISCO 1:

DISPARO PARA MATAR (The Shooting, 1966, 81 min.)
De Monte Hellman. Com Millie Perkins, Jack Nicholson, Will Hutchins.

Moça misteriosa contrata dois mineiros para ajudá-la a seguir alguém, mas eles percebem que há algo errado quando um pistoleiro junta-se ao grupo. O primeiro dos ousados e fascinantes faroestes B produzidos por Hellman e Nicholson.

A VINGANÇA DE UM PISTOLEIRO (Ride in the Whirlwind, 1966, 82 min.)
De Monte Hellman. Com Jack Nicholson, Cameron Mitchell, Millie Perkins, Warren Oates.

Três vaqueiros, confundidos com membros de uma gangue fora-da-lei, são perseguidos implacavelmente por um grupo de vigilantes. Produzido, escrito e protagonizado por Nicholson, esse é um dos faroestes seminais dos anos 1960.

DISCO 2:

A VINGANÇA DE ULZANA (Ulzana’s Raid, 1972, 103 min.)
De Robert Aldrich. Com Burt Lancaster, Bruce Davison, Jorge Luke.

Quando índios apaches desertores liderados pelo terrível Ulzana massacram camponeses, um tenente da cavalaria é enviado para enfrentá-los. Faroeste revisionista brutal e surpreendente do mestre Aldrich (diretor de “A Morte num Beijo”).

OS 3 DISCÍPULOS DA MORTE (The Spikes Gang, 1974, 97 min.)
De Richard Fleischer. Com Lee Marvin, Gary Grimes, Ron Howard.

Três jovens fazendeiros ajudam um assaltante de banco ferido, que os ensina os caminhos do crime.
Subestimado faroeste que traz uma visão realista do Velho Oeste, com uma grande atuação do astro Lee Marvin.

DISCO 3:

HANNIE CAULDER – DESEJO DE VINGANÇA (Hannie Caulder, 1971, 85 min.)
De Burt Kennedy. Com Raquel Welch, Robert Culp, Ernest Borgnine.

Mulher contrata caçador de recompensas para ensiná-la a atirar para que possa se vingar dos três bandidos que a estupraram e mataram seu marido. Polêmico faroeste de vingança que serviu de inspiração para “Kill Bill”, de Quentin Tarantino.

ASSIM NASCE UM HOMEM (The Culpepper Cattle Co., 1970, 92 min.)
De Dick Richards. Com Gary Grimes, Billy Green Bush, Luke Askew.

Ben, um adolescente que sonha em ser vaqueiro, pede a Frank Culpepper para se juntar a seus homens para conduzir gado. Ele aprenderá o quão violenta e difícil é a vida de um vaqueiro. Curioso faroeste revisionista de formação.

EXTRAS: Especiais, depoimentos e documentários sobre os filmes (92 min).

COMPLETE A SUA COLEÇÃO:
Mais Volumes de Cinema Faroeste na 2001

FAROESTE SPAGHETTI VOL.2

DVD duplo com 4 clássicos deste subgênero que é a variação europeia do western americano. A partir dos anos 1960, diretores como Sergio Sollima e Tonino Valerii dirigiram nomes como Lee Van Cleef, Tomas Milian e Giuliano Gemma, entre outros, em histórias repletas de anti-heróis, humor negro e muita violência estilizada.

Os filmes são apresentados em versões integrais e inéditas, restauradas com áudio original em italiano, além de vários extras.

Edição Limitada com 4 cards.

DISCO 1:

A MORTE ANDA A CAVALO (Da Uomo a Uomo / Death Rides a Horse, 1967, 114 min.)
De Giulio Petroni. Com Lee Van Cleef, John Philip Law, Mario Brega.

Um jovem deseja se vingar dos bandidos que mataram sua família quando era menino e, para isso, se alia a um veterano fora-da-lei. Impressionante faroeste de vingança com trilha memorável de Ennio Morricone. Opção de áudio em inglês e italiano.

QUANDO OS BRUTOS SE DEFRONTAM (Faccia a Faccia, 1967, 112 min.)
De Sergio Sollima. Com Gian Maria Volontè, Tomas Milian, William Berger.

Um professor de História convalescente conhece um pistoleiro foragido, que o fascina e o inspira a fazer parte de seu bando de foras-da-lei. Raridade de Sergio Sollima (“O Dia da Desforra”) em inédita versão completa (112 minutos).

DISCO 2:

RÉQUIEM PARA MATAR (Requiescant, 1967, 107 min.)
De Carlo Lizzani. Com Lou Castel, Mark Damon, Pier Paolo Pasolini.

O filho de um rebelde mexicano é adotado por pastor. Anos depois, já adulto, ele chega a um vilarejo que está sob o controle cruel de um ex-oficial confederado. Faroeste spaghetti original com participação do cineasta Pier Paolo Pasolini.

CHUCK MULL – O HOMEM DA VINGANÇA (Ciakmull – L’uomo della Vendetta, 1970, 95 min.)
De Enzo Barboni. Com Leonard Mann, Woody Strode, Pietro Martellanza.

Amnésico foge da prisão com outros três companheiros e chega à sua cidade natal para descobrir a verdade sobre seu passado. Lá se envolve numa violenta briga pelo poder. Pérola do faroeste spaghetti com sensacional trilha de Riz Ortolani.

EXTRAS: Depoimentos (29 min.) e trailers (6 min).

COMPLETE A SUA COLEÇÃO:
Faroeste Spaghetti vol. 2

AUDAZES E MALDITOS

Um western menos badalado, mas não menos importante, do grande John Ford (“Paixão dos Fortes“). Baseado em romance de James Warner Bellah, o filme transcende o gênero western, com sua trama de tribunal e crítica social, ao denunciar um caso de racismo. Num forte militar no Arizona, em 1881, um oficial é assassinado e sua bela filha é estuprada e estrangulada. Um sargento negro, Braxton Rutledge (Woody Strode), é injustamente acusado do crime.

PISTOLEIRO RELÂMPAGO

Astro do gênero, Audie Murphy dá vida a Clint Cooper, pistoleiro que retorna à sua cidade natal para assumir os bens de seu pai. Ao chegar, percebe que os moradores o evitam em razão de seu passado, por ter matado em duelo dois filhos de um rancheiro local. A redenção não lhe será fácil, assim como retomar o rancho da família.

FESTIVAL DE CLÁSSICOS E CULTS NA 2001 – PARTE 1

MODESTY BLAISE

Um dos maiores exemplos da pop art no cinema, o filme – uma adaptação dos cultuados quadrinhos de Peter O’Donnell – reúne Monica Vitti, Terence Stamp e Dirk Bogarde em plena Swinging London na satírica trama de espionagem dirigida por Joseph Losey (de “O Criado”). Este clássico sessentista concorreu à Palma de Ouro em Cannes.

KES

Clássico do cinema inglês que tornou conhecido Ken Loach, diretor do aclamado “Eu, Daniel Blake“, “Kes” é mais um exemplo de suas preocupações sociais, mostrando a dura rotina do jovem Billy, morador de um bairro pobre na Inglaterra. Ridicularizado na escola, ele consegue escapar da falta de humanidade à sua volta treinando um falcão.

VALERIE E A SEMANA DAS MARAVILHAS

Raridade do cinema tcheco repleta de imagens surrealistas e simbolismos para representar o despertar sexual de Valerie, uma adolescente de 14 anos que experimenta sua primeira menstruação, novos amores e até o vampirismo. Dirigido e escrito por Jaromil Jires (1935-2001), a partir do romance de Vítezslav Nezval.

O CASTELO DE VIDRO (1950)

Adaptação do romance de Vicky Baum dirigida por René Clément (“O Sol por Testemunha“). Michèle Morgan interpreta Evelyne, mulher casada que se apaixona por Rémy (Jean Marais), um libertino parisiense de caráter mundano. Também conhecido como “Rendezvous em Paris”, o filme é uma obra pouco conhecida do grande cineasta francês.

PACTO SINISTRO

Escrito por Raymond Chandler, este clássico de Alfred Hitchcock é baseado no romance de Patricia Highsmith, autora de “O Talentoso Ripley”. Indicado ao Oscar de melhor fotografia (em p&b), o filme marcou época com a famosa “troca de favores” (leia-se assassinatos) proposta pelo psicótico Bruno a um tenista famoso.

O CÃO DOS BASKERVILLES

Produção da inglesa Hammer Films dirigida por Terence Fisher (“Drácula – O Príncipe das Trevas“), um de seus melhores diretores, e estrelada por Peter Cushing (no papel de Sherlock Holmes) e Christopher Lee (como Sir Henry Baskerville). Adaptado da obra de Sir Arthur Conan Doyle.

ARABESQUE

Diretor do clássico “Cantando na Chuva” (1952), Stanley Donen retorna ao thriller de espionagem, depois do sucesso de “Charada” (1963). Em “Arabesque“, Gregory Peck vive um professor americano infiltrado numa intrincada trama internacional entre Inglaterra e Oriente Médio. Sophia Loren e Alan Badel completam o elenco.

RAPSÓDIA

A bela Louise Durant (Elizabeth Taylor) entrega-se de corpo e alma ao violinista Paul Bronte (Vittorio Gassman). O casal muda-se para Zurique, onde ele passa a dedicar-se mais à música do que a ela. Sentindo-se ignorada, Louise conhece James Guest (John Ericson). Clássico romântico do mesmo diretor de “Gilda” (1946), Charles Vidor.

CREPÚSCULO DE UMA RAÇA

Um dos trabalhos mais subestimados de John Ford, o western conta com grande elenco: Richard Widmark, Carroll Baker, Karl Malden, Arthur Kennedy e James Stewart. Indicado ao Oscar de melhor fotografia (em cores), o longa acompanha a jornada de um grupo de índios Cheyenne de volta ao seu assentamento de origem, no Wyoming.

WEST SIDE WESTERN COLLECTION – VOL.3

Em ADIOS GRINGO (1965), Giuliano Gemma é um fazendeiro que é enganado por um amigo mau caráter que lhe vendeu gado roubado. E, escrito por Dario Argento e Tonino Cervi, MATO HOJE MORRO AMANHÃ (1968) traz Bud Spencer como um dos homens contratados para vingar a esposa assassinada do protagonista, Bill. DVD com dois Spaghetti Western.

SESSÃO NOSTALGIA, COM CLÁSSICOS DA VELHA GUARDA NA 2001

 

TEMPERO DO AMOR

Um dos vários sucessos de Doris Day (ainda viva, aos 95 anos) nos anos 1960. Na trama, a atriz interpreta uma dona-de-casa casada com o médico Gerald (James Garner, seu parceiro também em “Eu, Ela e a Outra“), até que sua vida pacata muda ao ser contratada para fazer comerciais de sabão na televisão, tornando-se uma celebridade televisiva. Para desgosto de seu competitivo marido, agora obrigado a fazer sua própria comida e a cuidar dos filhos.

DUAS MULHERES

Baseado em livro de Alberto Moravia, este clássico dirigido por Vittorio De Sica é um dos marcos do neorealismo italiano. Por sua avassaladora atuação como uma mulher que luta para sobreviver ao lado da filha adolescente, durante a Segunda Guerra Mundial, Sophia Loren conquistou o prêmio de melhor atriz no Festival de Cannes e o Oscar da Academia. O filme é um vigoroso depoimento sobre os efeitos da guerra sobre as pessoas comuns.

…E O VENTO LEVOU 2

Produção para TV premiada com o Emmy, com dois atores britânicos, Joanne Whalley (“Escândalo”) e o ex-007 Timothy Dalton (“Penny Dreadful”), enfrentando o desafio de assumir os papéis de Vivien Leigh e Clark Gable no clássico de 1939. Escrita por Alexandra Ripley após a morte de Margaret Mitchell — autora do livro que deu origem a “…E o Vento Levou” –, esta continuação parte de onde a saga de Scarlett e Rhett terminou, com a protagonista tentando reconquistar seu amor do passado.

DÁ-ME UM BEIJO

Dirigido por George Sidney (“(Marujos do Amor”), o filme é uma adaptação do sucesso da Broadway “Kiss me Kate”, de 1948, por sua vez inspirado em “A Megera Domada” de William Shakespeare. Indicado ao Oscar de melhor trilha sonora, “Dá-me um Beijo” apresenta Howard Keel e Kathryn Grayson como intérpretes dos ex-cônjugues briguentos numa versão musical da peça do bardo inglês. Destaque ainda para a trilha com 14 canções de Cole Porter.

SUA MAJESTADE, O AVENTUREIRO

Uma das inúmeras aventuras estreladas por Burt Lancaster após o sucesso do capa e espada “O Gavião e a Flecha” (1950). O ator dá vida ao ambicioso Capitão David O’Keefe, que parte de Hong Kong para procurar a valiosa copra (polpa seca do coco) nos Mares do Sul, em 1870. Depois de enfrentar um motim, ele é abandonado por sua tripulação em um pequeno barco no meio do nada, até ser resgatado por habitantes de uma ilha da Polinésia.

UMA BATALHA NO INFERNO

Clássico de guerra dirigido por Ken Annakin (“O Mais Longo dos Dias”) e estrelado por grande elenco: Henry Fonda, Robert Shaw, Charles Bronson e Telly Savalas (indicado ao Globo de Ouro de ator coadjuvante). A história é ambientada no final da Segunda Guerra, quando remanescentes do exército nazista planejam um ataque surpresa às forças aliadas. Somente um experiente oficial americano alerta seus superiores sobre a possibilidade de uma última ofensiva em massa do inimigo.

A VOLTA AO PARAÍSO

Baseado no conto “Mr. Morgan”, do livro “Return to Paradise” de James A. Michener, o filme tem direção de Mark Robson (“A Caldeira do Diabo”, “A Morada da Sexta Felicidade”). Nele, Gary Cooper interpreta Morgan, um aventureiro americano que entra em choque com um missionário autoritário (Barry Jones) na ilha de Samoa, no Pacífico Sul. Coproduzido por Robert Wise, este clássico de 1953 tem trilha sonora de Dimitri Tiomkin.

ZORRO – 2º TEMPORADA COMPLETA

Mais uma temporada da clássica série de TV estrelada por Guy Williams (o Prof. John Robinson de “Perdidos no Espaço”) entre 1957 e 1961. O lendário vingador mascarado luta para corrigir as injustiças de seu povo, e sua identidade secreta é conhecida apenas por seu fiel criado, Bernardo. Ele mantém seu disfarce vivendo como o inofensivo Don Diego de la Vega, filho de um nobre local.

PAIXÃO DOS FORTES

O mítico tiroteio ocorrido na região de Tombstone (no famoso “O.K. Corral”) em 1881 — retratado depois em filmes como “Tombstone” (1993) e “Wyatt Earp” (1994) — ganha sua versão definitiva neste clássico do mestre John Ford. O enredo é centrado na figura de Wyatt Earp (Henry Fonda), que se torna xerife de Tombstone após o assassinato de um de seus três irmãos. Dividido entre o distintivo e sua fúria, ele e seu amigo Doc Holliday (Victor Mature) enfrentam a família fora-da-lei do Velho Clanton (Walter Brennan).

VEJA TAMBÉM:
Faroestes de John Ford

A MARCA DA FORCA

Oklahoma, 1873. Jed Cooper (Clint Eastwood) é confundido com um assassino e acaba linchado por um corrupto “homem-da-lei”, o Capitão Wilson (Ed Begley), e seu grupo de vigilantes. Em busca de justiça – e vingança -, Cooper aceita um trabalho de oficial local e caça, um a um, todos os nove homens que quase o mataram. Primeiro faroeste com Eastwood como protagonista no cinema americano — ele havia estrelado antes apenas a série “Rawhide” (1959-1965) e western spaguettis na Europa.

E:
Coleção Clássicos do Faroeste

 

NO DIA DOS PAIS, DÊ WESTERN DE PRESENTE

UM DOS GÊNEROS MAIS QUERIDOS DO PÚBLICO NA 2001 MARCA PRESENÇA COM O LANÇAMENTO DE “CINEMA FAROESTE – VOL. 5“, COLEÇÃO COM TRÊS DISCOS REUNINDO CLÁSSICOS COMO “A QUADRILHA MALDITA” E “UM PECADO EM CADA ALMA”. E CONFIRA AINDA – COM VALOR PROMOCIONAL – OS QUATRO VOLUMES ANTERIORES, UMA ÓTIMA OPÇÃO DE PRESENTE.

Ambientado entre meados do século XIX e início do XX, o western, faroeste ou “bangue-bangue” é considerado um gênero americano por excelência, graças a nomes como John Ford, Howard Hwaks, John Wayne e Clint Eastwood, que ajudaram a eternizar inúmeras jornadas do herói em regiões sem lei. As coleções da Versátil a seguir resgatam alguns dos melhores títulos do cânone do gênero, assim como cults e raridades que merecem ser descobertas.

CINEMA FAROESTE – VOL. 5

No formato digistack, com 3 DVDs, o box reúne 6 clássicos, incluindo uma inédita versão restaurada de “A Quadrilha Maldita”, cult admirado por Quentin Tarantino e Martin Scorsese. Na coleção, brilham estrelas como John Wayne, Glenn Ford, Robert Ryan e Barbara Stanwyck.

ATENÇÃO: Edição Limitada com 6 cards reproduzindo pôsteres originais dos filmes.

DISCO 1:

CHISUM – UMA LENDA AMERICANA (Chisum, 1970, 111 min.)
De Andrew V. McLaglen. Com John Wayne, Forrest Tucker, Christopher George.

Para defender suas propriedades, o criador de gado John Chisum se junta a Billy the Kid e Pat Garrett para lutar na lendária Guerra de Lincoln County. Superprodução com um dos últimos papéis do The Duke no cinema.

A QUADRILHA MALDITA (Day of the Outlaw, 1959, 92 min.)
De André De Toth. Com Robert Ryan, Burl Ives, Tina Louise.

O terrível Jack Bruhn e sua quadrilha dominam um vilarejo ilhado pela neve, mas os caubóis e rancheiros da região decidem enfrentá-los. Cultuado faroeste de De Toth (“Cidade Tenebrosa”) que inspirou “Os Oito Odiados”, de Tarantino.

DISCO 2:

UM PECADO EM CADA ALMA (The Violent Men, 1955, 96 min.)
De Rudolph Maté. Com Glenn Ford, Barbara Stanwyck, Edward G. Robinson.

Um ex-militar confederado pretende vender sua fazenda para o rancho vizinho e se mudar com a noiva, mas muda de ideia quando um de seus ajudantes é morto. Com espetacular elenco, esse faroeste subestimado é uma das pérolas do gênero nos anos 1950.

À BORDA DA MORTE (The Proud Ones, 1956, 94 min.)
De Robert D. Webb. Com Robert Ryan, Jeffrey Hunter, Virginia Mayo.

O xerife Cass Silver precisa enfrentar o corrupto dono do saloon e seus pistoleiros, além de crises recorrentes de cegueira. Com linda fotografia de Lucien Ballard (“Meu Ódio Será Sua Herança”), este é um faroeste urbano de rara força.

DISCO 3:

HOMENS INDOMÁVEIS (Silver Lode, 1954, 77 min.)
De Allan Dwan. Com John Payne, Lizabeth Scott, Dan Duryea.

Um respeitado morador de uma cidadezinha é preso durante seu casamento sob a acusação de ter matado seu irmão e roubado uma grande soma de dinheiro. O filme é uma alegoria do Macarthismo.

A RENEGADA (Woman They Almost Lynched, 1953,91 min.)
De Allan Dwan. Com John Lund, Brian Donlevy, Audrey Totter.

A história de Kate Quantrill, a destemida mulher do lendário fora da lei Charles Quantrill. Subversivo faroeste feminista em que as mulheres assumem o primeiro plano, antecipando o revolucionário “Johnny Guitar” (1954).

EXTRAS:
* Depoimento sobre “A Quadrilha Maldita” (27 min.)
* Especiais (20 min.)
* Trailers (7 min.)

EDIÇÃO LIMITADA COM 6 CARDs:

COMPLETE SUA COLEÇÃO

(Em promoção por tempo limitado):

CINEMA FAROESTE – VOL.1

DISCO 1:
AUDAZES E MALDITOS
COMANDO NEGRO

DISCO 2:
ALMAS EM FÚRIA
COMANDO NEGRO

DISCO 3:
PAIXÃO SELVAGEM
REINADO DO TERROR

CINEMA FAROESTE – VOL.2

DISCO 1:
CARAVANA DE BRAVOS
O RESGATE DO BANDOLEIRO

DISCO 2:
GOLPE DE MISERICÓRDIA
RENEGANDO O MEU SANGUE

DISCO 3:
CHOQUE DE ÓDIOS
O TESTAMENTO DE DEUS

CINEMA FAROESTE – VOL.3

DISCO 1:
NAS GARRAS DA AMBIÇÃO
ENTRE DOIS JURAMENTOS

DISCO 2:
QUEM FOI JESSE JAMES
FIBRA DE HERÓI

DISCO 3:
UM HOMEM DIFÍCIL DE MATAR
FÚRIA ABRASADORA

CINEMA FAROESTE – VOL. 4

DISCO 1:
O HOMEM DO OESTE
NAS MARGENS DO RIO GRANDE

DISCO 2:
FÚRIA SELVAGEM
BARQUERO

DISCO 3:
PAIXÃO DE BRAVO
FORA DAS GRADES

CLÁSSICOS MAIS NOVIDADES DO CINEMA EUROPEU

VAIDOSA

Bette Davis recebeu sua oitava indicação ao Oscar de melhor atriz pelo papel de Fanny, nova-iorquina manipuladora e sedutora que se depara com uma doença que lhe rouba a beleza. Coestrelado por Claude Rains, seu parceiro em “A Estranha Passageira” (1942), o filme traz um dos melhores diálogos de Bette na tela: “Uma mulher é bela quando ela é amada. Apenas assim.”

AS IRMÃS

Anatole Litvak (“A Noite dos Generais“) dirige Errol Flynn e Bette Davis neste melodrama de 1938 sobre três jovens e seus conturbados casamentos, no início do século XX. As irmãs Louise (Bette Davis), Helen (Anita Louise) e Grace (Jane Bryan) perseguem seus sonhos e amores, em meio a tragédias familiares e até um terremoto em São Francisco.

A BARBADA DO BIRUTA

Uma das inúmeras parcerias de Jerry Lewis e Dean Martin nos anos 1950. Lewis vive mais um de seus personagens atrapalhados, primo de Herman (Martin), uma apostador endividado que precisa se arriscar numa corrida de cavalos a fim de pagar uma dívida. Primeiro filme em cores da dupla.

DURANGO KID – INVASÃO SANGRENTA

Ao investigar uma série de ataques realizados pelos índios, Durango Kid (Charles Starrett) descobre uma rede de corrupção que envolve o mais alto escalão da cidade. Clássica sessão de matinê dirigida por um especialista do gênero, Ray Nazarro (“The Range Rider”, “O Poder da Vingança”).

O MAIS BANDIDO DOS BANDIDOS

Faroeste satírico dirigido por Burt Kennedy (de “Gigantes em Luta“), com Frank Sinatra no papel de Dingus Magee, um fora-da-lei que poucos levam a sério. Ele e seu antigo rival, Hoke (George Kennedy) se revezam tanto como homens da lei ou bandidos, dependendo das circunstâncias.

TUDO EM FAMÍLIA

Escrita por W.D. Richter (“Os Aventureiros do Bairro Proibido“), esta comédia dramática gira em torno de George Dupler (Gene Hackman), executivo que surta após perder uma promoção no trabalho. Rebaixado a gerente noturno de uma loja, ele tenta se entender com o filho (Dennis Quaid), que tem um caso com uma prima casada (Barbra Streisand).

IMPREVISTOS DE UMA NOITE EM PARIS

Dirigida, estrelada e escrita por Edouard Baer, esta comédia de erros à francesa acompanha as peripécias de Luigi, que tem apenas uma noite para salvar um prestigiado teatro em Paris, pagar os salários atrasados de seus funcionários e encontrar um macaco de verdade para usar na peça. Audrey Tautou interpreta sua fiel assistente, Nawel.

OS ANARQUISTAS

Filme de abertura da Semana da Crítica do Festival de Cannes em 2015, o drama francês narra a história de amor entre Jean (Tahar Rahim, revelado em “O Profeta”) — um policial infiltrado — e Judith (Adèle Exarchopoulos, de “Azul é a Cor Mais Quente”), namorada do líder de uma célula anarquista em Paris, no final do século XIX.

O MEDO

Durante a Primeira Guerra Mundial, um jovem soldado francês (Nino Rocher) imerso em seus pensamentos — entre a desilusão, o medo e o ódio –, sobrevive através das cartas que envia para sua amante. Baseado no livro de Gabriel Chevallier, o longa, vencedor do prêmio Jean Vigo, é um relato intimista da guerra a partir das sensações do protagonista.

ESTADOS UNIDOS PELO AMOR

Ganhador do prêmio de melhor roteiro no Festival de Berlim em 2016, o filme acompanha o impacto da abertura política, na Polônia dos anos 1990, sobre quatro mulheres: Agata (Julia Kijowska), Renata (Dorota Kolak), Marzena (Marta Nieradkiewicz) e Iza (Magdalena Cielecka). Elas decidem que é hora de mudar suas vidas, lutar por sua felicidade e realizar seus desejos.

EM DVD E BLU-RAY, AS NOVAS VERSÕES DE “BEN-HUR” E “SETE HOMENS E UM DESTINO”

ALÉM DE SUPERPRODUÇÕES CENTRADAS EM SUPER-HERÓIS, HOLLYWOOD APRESENTOU EM 2016 VÁRIOS REMAKES. VALENDO-SE DA TECNOLOGIA DE HOJE, ANTOINE FUQUA E TIMUR BEKMAMBETOV ATUALIZAM, RESPECTIVAMENTE, UM CLÁSSICO DO WESTERN E UM ÉPICO-RELIGIOSO.

SETE HOMENS E UM DESTINO

Refilmagem do western homônimo de 1960, que por sua vez é uma refilmagem do clássico “Os Sete Samurais” (de Akira Kurosawa), o filme foi escrito por Nic Pizzolatto, criador da aclamada série “True Detective”.

O faroeste marca o reencontro do diretor Antoine Fuqua com Denzel Washington e Ethan Hawke, estrelas de “Dia de Treinamento“.

O grande mérito desta nova versão é a diversidade étnica apresentada na composição do grupo de heróis que traz, além dos caubóis interpretados por Washington, Hawke, Chris Prat (de “Guardiões das Galáxias”) e Vincent D’Onofrio (de “Nascido para Matar”), um personagem mexicano (o ator Manuel Garcia-Rulfo), um oriental (o sul-coreano Lee Byung-hun, “Red 2”) e um indígena (Martin Sensmeier, nativo do Alasca).

A trama central continua a mesma: os habitantes de um pequeno vilarejo sofrem com os constantes ataques de um bando de pistoleiros, até que uma corajosa viúva, Emma Cullen (Haley Bennett, de “A Garota no Trem”), contrata o pistoleiro Sam Chisolm (Washington) para reunir um grupo de especialistas para contra-atacar os bandidos.

EXTRAS DO DVD:
* Os Sete
* Vampiro Bouge
* Música Magnífica

EXTRAS DO BLU-RAY:
* Modo Vingança com Antoine Fuqua e os Sete
* Cenas Excluídas
* Os Sete
* Dirigindo Sete Homens
* A Tomada de Rose Creek
* Vampiro Bouge
* Pistoleiros
* Música Magnífica

BEN-HUR

Russo originário do Cazaquistão, Timur Bekmambetov, diretor conhecido por suas cenas de ação alucinantes em filmes como “Guardiões do Dia” e “O Procurado”, encarou um desafio e tanto – uma nova versão do romance homônimo de Lew Wallace para o cinema. Algo impensável especialmente para os fãs do clássico de 1959, dirigido por William Wyler e vencedor de 11 prêmios Oscar em 1960.

A história do livro foi levada às telas primeiro como curta-metragem de 15 minutos, em 1907, e depois adaptada em 1925, além de ter inspirado uma minissérie em 2010. Agora, ganha nova roupagem – e metragem, com quase duas horas a menos.

Escrito por Keith R. Clarke (“Caminho da Liberdade”) e John Ridley (vencedor do Oscar por “12 Anos de Escravidão“), o “Ben-Hur” de Bekmambetov começa em 33 a.C., justamente com uma preview da cena mais emblemática da história: a monumental corrida de bigas entre o príncipe Judah Ben-Hur (Jack Huston, “Boardwalk Empire”) e seu irmão adotivo, o romano Messala Severus (Toby Kebbell, “Warcraft”).

Em flashback, a trama recua oito anos paramostrar a amizade entre os dois, em Jerusalém, até sua dissolução – com a partida de Messala para ingressar no exército romano, sob o comando do temido Pôncio Pilatos (Pilou Asbæk, de “Game of Thrones”). Uma reviravolta envolvendo rebeldes zelotes irá colocá-los em campos opostos, até o reencontro como rivais na arena romana para a famosa corrida de bigas, encenada com toda a tecnologia da computação gráfica atual.

Releitura condensada da obra de Wallace, o filme amplia a participação de Jesus de Nazaré – papel de Rodrigo Santoro, que surge na trama como um carpinteiro -, e traz Morgan Freeman como intérprete do mercador africano Ilderim, além de narrador.

EXTRAS DO DVD:
* The Epic Cast
* The Chariot Race
* Deleted and Extended Scenes

EXTRAS DO BLU-RAY:
* Ben-Hur: The Legacy
* The Epic Cast
* A Tale For Our Times
* The Chariot Race
* Deleted and Extended Scenes
* Music Videos

CURIOSIDADES:

* O papel principal foi oferecido inicialmente para Tom Hiddleston, mas o ator britânico preferiu estrelar “Kong: A Ilha da Caveira” (2017).

* Na versão de 1959, Jesus aparecia apenas de costas e sua voz não era ouvida. Na refilmagem de 2016, Santoro vive o personagem e tem várias cenas com diálogo, até a encenação da crucificação.

* Nascido na Inglaterra, Jack Huston (“Boardwalk Empire”, “Trapaça“) faz parte de uma dinastia de Hollywood: é neto do lendário diretor John Huston (“O Homem Que Queria Ser Rei“, “À Sombra do Vulcão“) e é sobrinho da atriz Anjelica Huston (“Os Vivos e os Mortos“).

* O filme é dos mesmos produtores da minissérie “A Bíblia” (2013), Mark Burnett e Roma Downey.

O WESTERN EM ALTA NA 2001, COM A COLEÇÃO “CINEMA FAROESTE – VOL. 4” E “O PORTAL DO PARAÍSO”

11

UM DOS GÊNEROS MAIS QUERIDOS PELO PÚBLICO DA 2001, O WESTERN MARCA PRESENÇA NA COLEÇÃO “CINEMA FAROESTE – VOL. 4“, COM SEIS TÍTULOS — INCLUINDO DOIS CLÁSSICOS DIRIGIDOS POR NICHOLAS RAY –, E O SEMINAL “O PORTAL DO PARAÍSO“, ÉPICO DE MICHAEL CIMINO QUE MARCOU O FIM DA NOVA HOLLYWOOD. 

Já disponível

Já disponível

CINEMA FAROESTE – VOL. 4

Com seis filmes reunidos em três DVDs, a coleção traz dois trabalhos de Nicholas Ray nos anos 1950 (“Paixão de Bravo” e “Fora das Grades”) e o cult “Fúria Selvagem”, carro-chefe do box. Lançado em 1971, o western de Richard C. Sarafian (diretor de “Corrida Contra o Destino“) é estrelado por Richard Harris (“Um Homem Chamado Cavalo“) e foi inspirado pela mesma história do caçador atacado por um urso do livro “O Regresso” (de Michael Punke), depois adaptado para o cinema com Leonardo DiCaprio.

Edição limitada com seis cards mais extras sobre “O Homem do Oeste”, com 26 minutos.

DISCO 1:

O HOMEM DO OESTE (“Man of the West”, 1958, 100 min.)
De Anthony Mann. Com Gary Cooper, Julie London, Lee J. Cobb.

2

Quando é expulso erroneamente de um trem, o bandido reformado Link Jones é obrigado a juntar-se ao seu antigo bando. Direção de um especialista do gênero, Anthony Mann (“Um Certo Capitão Lockhart”).

NAS MARGENS DO RIO GRANDE (“The Wonderful Country”, 1959, 98 min.)
De Robert Parrish. Com Robert Mitchum, Julie London, Gary Merrill.

3

Após vingar a morte do pai, Martin refugia-se no México. Anos depois, ele tem de voltar aos EUA para comprar armas no Texas. Faroeste contemplativo com bela trilha de Alex North (“Spartacus”) e ótima atuação de Robert Mitchum.

DISCO 2:

FÚRIA SELVAGEM (“Man in the Wilderness”, 1971, 104 min.)
De Richard C. Sarafian. Com Richard Harris, John Huston, Henry Wilcoxon.

0

Baseado na história real que deu origem ao aclamado “O Regresso”, vencedor de 3 Oscars neste ano, esse cultuado faroeste mostra a luta pela sobrevivência (e por vingança) de um guia abandonado à beira da morte por um grupo de caçadores.

BARQUERO (Idem, 1971, 110 min.)
De Gordon Douglas. Com Lee Van Cleef, Warren Oates, Forrest Tucker.

5

Barqueiro é feito prisioneiro por bando que acabou de assaltar uma cidade, mas usa sua inteligência para virar o jogo para cima dos bandidos. Com muita ação, o filme homenageia o faroeste spaghetti italiano.

DISCO 3:

PAIXÃO DE BRAVO (“The Lusty Men”, 1952, 113 min.)
De Nicholas Ray. Com Susan Hayward, Robert Mitchum, Arthur Kennedy.

7

Campeão de rodeio aposentado decide treinar jovem vaqueiro que o acolhe, contrariando a esposa deste, que teme os riscos da profissão. Faroeste moderno do mestre Nicholas Ray (“Johnny Guitar”) sobre a figura do desajustado.

FORA DAS GRADES (“Run for Cover”, 1955, 93 min.)
De Nicholas Ray. Com James Cagney, Viveca Lindfors, John Derek.

8

Confundidos com assaltantes de trem, Matt Dow e um rapaz são baleados pelo xerife, mas depois são inocentados. Matt torna-se xerife, enquanto o rapaz guarda segredos. Raro faroeste de Ray com grande atuação do astro James Cagney.

15

Já disponível

O PORTAL DO PARAÍSO

Finalmente saiu em DVD um dos filmes mais discutidos da história do cinema. Escrito e dirigido por Michael Cimino (vencedor do Oscar por “O Franco Atirador”) – falecido em 2 de julho deste ano -,”O Portal do Paraíso” fracassou na em seu lançamento, levando quase à falência – e depois à posterior venda para a MGM – o estúdio United Artists.

Indicado ao Oscar de melhor direção de arte, foi uma das produções mais caras de sua época e concorreu à Palma de Ouro do Festival de Cannes em 1981. Décadas depois, o filme passou a ser reavaliado e hoje é considerado um dos épicos históricos mais ambiciosos já produzidos. Reapresentado, com sua versão integral restaurada, no Festival de Veneza de 2012, foi saudado como obra-prima e uma das grandes injustiças da história do cinema.

14

Em cena, Isabelle Huppert e Kris Kristofferson

A trama acontece durante a Guerra do Condado Johnson, quando ricos barões do gado – apoiados pelo governo norte-americano – contratam mercenários para exterminar um grupo de imigrantes europeus no Wyoming, na década de 1890. James Averill (Kris Kristofferson) e Nathan D. Champion (Christopher Walken) questionam seu papel no conflito, ao mesmo tempo em que tentam construir uma nova vida na fronteira americana, até que uma brutal batalha campal expõe a triste realidade da busca pelo “sonho americano”.

DVD duplo com a versão integral, com quase 4 horas de duração, mais cerca de 60 minutos de extras.

12

EXTRAS:

* Entrevista com o diretor e o produtor
* Entrevista com Kris Kristofferson * Entrevista com David Mansfield
* Entrevista com Michael Stevenson * Demonstração de Restauração
* Teaser e Spot de TV

É SEMPRE TEMPO DE WESTERN NA 2001!

111

UM DOS GÊNEROS MAIS QUERIDOS PELO PÚBLICO DA 2001, O WESTERN MARCA PRESENÇA EM SEIS LANÇAMENTOS QUE RESGATAM DESDE CLÁSSICOS COMO “QUEM FOI JESSE JAMES” (DE NICHOLAS RAY) À SÉRIE “RAWHIDE”, ESTRELADA POR CLINT EASTWOOD. DESTAQUE TAMBÉM PARA “OS OITO ODIADOS“, FAROESTE DE QUENTIN TARANTINO PREMIADO COM O OSCAR 2016 DE MELHOR TRILHA SONORA.

Ambientado entre meados do século XIX e início do XX, o western, faroeste ou “bangue-bangue” é considerado um gênero americano por excelência, graças a nomes como John Ford, Howard Hwaks, John Wayne e Clint Eastwood, que ajudaram a eternizar inúmeras jornadas do herói em regiões sem lei.

Os títulos a seguir apresentam diferentes vertentes do faroeste, incluindo os western spaghetti, produções italianas de baixo orçamento que ajudaram a reinventar o gênero.

Previsão de entrega: 28/3

Já disponível

CINEMA FAROESTE – VOL. 3

No formato digistack, com 3 DVDs, esta coleção reúne 6 clássicos inéditos do gênero dirigidos por mestres como Raoul Walsh, Robert Wise, Nicholas Ray e Budd Boetticher. Edição Limitada com 6 cards e quase uma hora de extras, com depoimentos dos cineastas Taylor Hackford e Bertrand Tavernier.

DISCO 1:

NAS GARRAS DA AMBIÇÃO (The Tall Men, 1955, 122 min.)
De Raoul Walsh. Com Clark Gable, Jane Russell, Robert Ryan.

The-Tall-Men-film-images-4ff8032b-51fe-421f-b9ba-daa0385fb14 (1)

Após a Guerra da Secessão, um vaqueiro e um empresário conduzem um rebanho de gado. No caminho, salvam uma bela jovem, por quem se apaixonam.

ENTRE DOIS JURAMENTOS (Two Flags West, 1950, 92 min.)
De Robert Wise. Com Joseph Cotten, Linda Darnell, Jeff Chandler.

Durante a Guerra da Secessão, prisioneiros confederados aceitam lutar ao lado de soldados da União contra os índios, mas rancores ameaçam essa frágil aliança. Faroeste de cavalaria do talentoso Robert Wise (“A Noviça Rebelde”).

DISCO 2:

QUEM FOI JESSE JAMES (The True Story of Jesse James, 1957, 92 min.)
De Nicholas Ray. Com Robert Wagner, Jeffrey Hunter, Hope Lange.

2

Os últimos dezoito anos do lendário fora da lei Jesse James, mostrando tanto sua vida familiar como sua carreira criminosa. Faroeste revisionista com o estilo marcante de Nicholas Ray (“Johnny Guitar”).

FIBRA DE HERÓI (Buchanan Rides Alone, 1958, 79 min.)
De Budd Boetticher. Com Randolph Scott, Craig Stevens, Barry Kelly.

No caminho de volta para casa, Tom Buchanan para na cidade de Agry, onde acaba se envolvendo num conflito sangrento. Parceria entre o cineasta autoral Budd Boetticher (“O Resgate de um Bandoleiro”) e o astro Randolph Scott.

DISCO 3:

UM HOMEM DIFÍCIL DE MATAR (Monte Walsh, 1970, 100 min.)
De William Fraker. Com Lee Marvin, Jack Palance, Jeanne Moreau.

4

O veterano caubói Monte Walsh percebe que o Velho Oeste está com os dias contados, e que, nos novos tempos, não haverá lugar para ele. Faroeste crepuscular, com ótimas atuações do trio central de astros.

FÚRIA ABRASADORA (Ramrod, 1947, 95 min.)
De André De Toth. Com Joel McCrea, Veronica Lake, Don DeFore.

Mulher perde o noivo em meio a uma guerra entre fazendeiros, mas herda seu rancho e resolve enfrentar os donos de gado da região. No estilo de “Sua Única Saída”, este é um faroeste noir complexo, fascinante e muito bem dirigido.

Previsão de entrega: 28/3

Já disponível

FAROESTE SPAGHETTI

DVD duplo com 4 clássicos deste subgênero que é a variação europeia do western americano. A partir dos anos 60, diretores como Sergio Sollima e Tonino Valerii dirigiram Lee Van Cleef, Tomas Milian e Giuliano Gemma, entre outros, em histórias repletas de anti-heróis, humor negro e muita violência estilizada. Filmes em versões integrais e inéditas, restauradas com áudio original em italiano, além de vários extras. Edição Limitada com 4 cards.

DISCO 1:

O DIA DA DESFORRA (La Resa dei Conti, 1966, 110 min.)
De Sergio Sollima. Com Lee Van Cleef, Tomas Milian, Walter Barnes.

5
John “Colorado” Corbett, um justiceiro com aspirações políticas, persegue um atirador de facas mexicano. Direção do mestre Sergio Sollima (“Quando os Brutos se Defrontam”) e um dos melhores faroestes spaghetti de todos os tempos.

DIAS DE IRA (I giorni dell’ira, 1967, 114 min.)
De Tonino Valerii. Com Lee Van Cleef, Giuliano Gemma, Walter Rilla.

Na cidade de Clifton, um homem pacato e menosprezado se torna discípulo de um experiente pistoleiro. Clássico do faroeste spaghetti com duas lendas do gênero, Lee Van Cleef e Giuliano Gemma.

DISCO 2:

CEMITÉRIO SEM CRUZES (Une Corde, un Colt…, 1969, 90 min.)
De Robert Hossein. Com Michéle Mercier, Robert Hossein, Guido Lollobrigida.

6
Manuel, um pistoleiro que usa uma luva preta em apenas uma das mãos, é envolvido por uma mulher numa trama de assassinato. Com roteiro coescrito por Dario Argento, o filme é dedicado a Sergio Leone.

TEPEPA (Idem, 1972, 132 min.)
De Giulio Petroni. Com Tomas Milian, Orson Welles, John Steiner.

O líder guerrilheiro Tepepa e seus correligionários lutam contra as forças do governo. Com a Revolução Mexicana de pano de fundo, “Tepepa” tem Orson Welles no elenco e trilha assinada por Ennio Morricone.

Já disponível

Já disponível

COLEÇÃO SETE HOMENS E UM DESTINO

Disco 1: SETE HOMENS E UM DESTINO

Moradores de uma aldeia mexicana contratam sete pistoleiros para protegê-los de bandidos. Clássico absoluto do gênero, o filme transformou Yul Brynner, Steve McQueen, Charles Bronson e James Coburn em astros, além de eternizar a marcante trilha sonora de Elmer Bernstein, indicada ao Oscar em 1961. A direção é de John Sturges (“Fugindo do Inferno).

Disco 2: SETE HOMENS E UM DESTINO 2

Chris Adams (Yul Brynner) e Chico (Julian Mateos) reúnem outros cinco pistoleiros para enfrentarem um bandido chamado Lorca (Emilio Fernandez). Seqüência do clássico de 1960, desta vez com direção de Burt Kennedy.

Disco 3: A REVOLTA DOS SETE HOMENS

George Kennedy (“Rebeldia Indomável”) e James Whitmore (“Um Sonho de Liberdade”) assumem as rédeas desta  sequência de uma das mais brilhantes sagas da história do western.

Disco 4: SETE HOMENS E UM DESTINO 3

Casado e atuando do lado da lei, o Xerife Adams (Lee Van Cleef) estabeleceu-se no Arizona. Quando sua esposa é assassinada, ele descobre o paradeiro dos atiradores.

CAVALEIROS DA BANDEIRA NEGRA

CAVALEIROS DA BANDEIRA NEGRA

Já disponível

Após a guerra civil americana, os irmãos Jesse (Audie Murphy) e Frank James (Richard Long), mais Cole (James Best), James Younger (Dewey Martin) e Kit Dalton (Tony Curtis), juntam-se ao bando do Coronel Quantrill (Brian Donlevy), um Confederado que, após a Guerra de Secessão, dedica-se a saquear e matar civis, juntamente com Bill “Bloody” Anderson (Scott Brady), o mais sanguinário confederado. Quando percebe que todos não passam de simples bandidos, Jesse tenta ir embora, mas é convencido a ficar por Kate (Marguerite Chapman), a amante do vilão.

RAWHIDE – VOL. 2

Previsão de entrega: 5/4

Previsão de entrega: 5/4

EPISÓDIO 1: INCIDENTE EM SULFUR CREEK

Ladrões de cavalos que têm vitimado os Comanches também atacam a fazenda de nossos heróis. Assim, Gil envia um grupo liderado por Pete e Rowdy (Clint Eastwood) para comprar cavalos de reposição no rancho Lacey. Lá, encontram não só seus cavalos roubados, mas toda a fazenda sob cerco dos índios.

EPISÓDIO 2: INCIDENTE NO JARDIM DO ÉDEN

Rowdy (Eastwood) deixa a fazenda para comprar gado a fim de repor o rebanho. Ele chega à cidade de um excêntrico patriarca inglês vivendo, mas não entende por que ele parece tão apavorado para vender o gado sem a permissão de seu capataz.

E VEJA TAMBÉM:
Rawhide Vol. 1 e 2 (Entrega prevista para 5/4)

Previsão de entrega: 27/4

Previsão de entrega: 27/4

OS OITO ODIADOS (DVD E BLU-RAY)

Durante uma nevasca, o caçador de recompensas John Ruth (Kurt Russell) transporta uma prisioneira, a famosa Daisy Domergue (Jennifer Jason Leigh, indicada ao Oscar de melhor atriz coadjuvante), que ele espera trocar por uma grande quantia de dinheiro. No caminho, os viajantes aceitam transportar Marquis Warren (Samuel L. Jackson) e o xerife Chris Mannix (Walton Goggins), prestes a ser empossado em sua cidade. Com o tempo piorando, o grupo busca abrigo no Armazém da Minnie, onde quatro outros desconhecidos estão abrigados. Aos poucos, a desconfiança toma conta dos oito viajantes no local e antigos segredos vem à tona.

9

Com a estrutura dramática de uma peça teatral, o filme mantém o suspense e algumas das marcas de Quentin Tarantino, como os longos diálogos espirituosos e a violência estilizada que irrompe, inesperada. Destaque ainda para a fotografia de Robert Richardson e a música de Ennio Morricone, que pela primeira vez assina uma trilha original para o diretor, sendo premiado com o Oscar.

CLÁSSICOS DO WESTERN, POLICIAIS FRANCESES, FICÇÃO-CIENTÍFICA E DARIO ARGENTO EM 4 LANÇAMENTOS DA VERSÁTIL

O CINEMA DE GÊNERO GANHA FORÇA EM QUATRO LANÇAMENTOS PARA LOCAÇÃO E VENDA NA 2001: “A ARTE DE JEAN-PIERRE MELVILLE” (COM POLICIAIS NEO-NOIR FRANCESES), “CINEMA FAROESTE – VOL.2“, “CLÁSSICOS SCI-FI – VOL.2” E “PHENOMENA” (TERROR DO MESTRE DARIO ARGENTO), EM EDIÇÕES ESPECIAIS REPLETAS DE EXTRAS.

Previsão de entrega: 05/11

A ARTE DE JEAN-PIERRE MELVILLE

Com data de entrega prevista para 5 de novembro, o DVD duplo reúne inéditas versões restauradas de clássicos de Jean-Pierre Melville (1917-1983), o mestre maior do policial noir francês, além de um ótimo documentário sobre o diretor, além de quase uma hora de extras.

DISCO 1: 

O CÍRCULO VERMELHO (“Le Cercle Rouge”, 1970, 141 min.)
Com Alain Delon, Bourvil, Gian Maria Volonté e Yves Montand.

444

Um grande ladrão, um assassino e um ex-policial alcoólatra planejam um elaborado assalto. O ultimo grande filme de Melville é uma sensacional homenagem aos filmes de assalto hollywodianos e a “Rififi”, de Jules Dassin.

CODINOME MELVILLE (“Sous le nom de Melville”, 2008, 76 min.)
De Olivier Bohler. Com Volker Schlöndorff, Bertrand Tavernier e Johnnie To.

Documentário que propõe uma fascinante reflexão sobre a vida, a obra e o legado de Melville, a partir de raros materiais de arquivo, trechos de filmes e depoimentos de cineastas consagrados e críticos de cinema.

DISCO 2:

TÉCNICA DE UM DELATOR (“Les Doulos”, 1969, 102 min.)
Com Jean-Paul Belmondo, Serge Reggiani e Jean Desailly.

555

A história de dois criminosos no submundo de Paris cujos destinos se cruzam. Eles são amigos ou inimigos? Um deles é um delator? Um filme noir fatalista e complexo dirigido magistralmente por Melville.

DOIS HOMENS EM MANHATTAN (“Deux Hommes dans Manhattan”, 1959, 84 min.)
Com Jean-Pierre Melville, Pierre Grasset e Christiane Eudes.

Um diplomata francês da ONU desaparece em Nova York. Um jornalista francês que mora na cidade e um fotógrafo alcoólatra saem à sua procura. Mais uma declaração de amor de Melville ao cinema policial norte-americano.

EXTRAS INCLUÍDOS NA COLEÇÃO:
* Análise de “O Círculo Vermelho” (21 min.)
* Depoimento de Jean-Pierre Melville sobre “Técnica de um Delator” (19 min.)
* Apresentação de “Técnica” (2 min.)
* Trailers (09 min.)

Previsão de entrega: 05/11

CINEMA FAROESTE VOL.2

Com o estrondoso sucesso da coleção “Cinema Faroeste”, a Versátil brinda os fãs do western com mais um volume dedicado ao gênero, trazendo em 3 DVDs 6 clássicos dirigidos por mestres como John Ford, Jacques Tourneur e Samuel Fuller. Nos extras, depoimento de Martin Scorsese e comentários em áudio de Peter Bogdanovich. Previsão de entrega: 05 de novembro.

DISCO 1:

CARAVANA DE BRAVOS (“Wagon Master”, 1950, 86 min.)
De John Ford. Com Ben Johnson, Joanne Dru e Harry Carey Jr.

666

Em 1849, dois jovens comerciantes de cavalos são contratados para guiar uma caravana de mórmons. O filme favorito de John Ford, em DVD com comentários em áudio de Peter Bogdanovich e Harry Carey Jr.

O RESGATE DO BANDOLEIRO (“The Tall T”, 1957, 78 min.)
De Budd Boetticher. Com Randolph Scott e Richard Boone.

Após perder seu cavalo numa aposta, rancheiro viaja numa diligência que cai nas mãos de bandidos. Outro eletrizante filme do “ciclo Ranown”, conjunto de faroestes do diretor Budd Boetticher estrelados por Randolph Scott.

DISCO 2:

GOLPE DE MISERICÓRDIA (“Colorado Territory”, 1949, 94 min.)
De Raoul Walsh. Com Joel McCrea, Virginia Mayo e Dorothy Malone.

Solto da cadeia para ajudar em mais um assalto na ferrovia, bandido pensa em mudar de vida. Nessa refilmagem de seu filme noir “Seu Último Refúgio”, Walsh cria um faroeste poético ainda mais impactante do que o original.

RENEGANDO O MEU SANGUE (“Run of the Arrow”, 1957, 86 min.)
De Samuel Fuller. Com Rod Steiger, Sarita Montiel e Brian Keith.

777

Após o fim da Guerra da Secessão, soldado sulista, imbuído por ódio aos vencedores ianques, passa a integrar uma tribo Sioux. Fascinante e polêmico faroeste revisionista de Samuel Fuller sobre a questão indígena.

DISCO 3:

CHOQUE DE ÓDIOS (“Wichita”, 1955, 82 min.)
De Jacques Tourneur. Com Joel McCrea, Vera Miles e Llyod Bridges.

888

Antes de entrar para a história em Dodge City, Wyatt Earp chega à pequena Wichita, onde se verá obrigado a se tornar xerife. Utilizando pela primeira vez o CinemaScope, Jacques Tourneur realiza um grande faroeste.

O TESTAMENTO DE DEUS (“Stars in My Crown”, 1950, 89 min.)
De Jacques Touneur. Com Joel McCrea, Ellen Drew e Dean Stockwell.

Um veterano de guerra busca refazer a vida como reverendo numa cidadezinha, mas encontra resistência entre os fiéis. Dirigido magistralmente por Tourneur, um drama envolvente ambientado no Velho Oeste.

EXTRAS INCLUÍDOS NA COLEÇÃO:
* Depoimento de Martin Scorsese sobre “O Resgate do Bandoleiro” (7 min.)
* Trailers (7 min.)
* Comentários em áudio de Peter Bogdanovich, Harry Carey Jr. e John Ford sobre “Caravana de Bravos” (86 min.)

MAIS 6 CARDS EXCLUSIVOS:ATENÇÃO: Edição Limitada com kit especial com seis mini-pôsteres encartados no digistack.

Edição Limitada com kit especial com seis mini-pôsteres encartados no digistack.

Classicos-Sci-Fi-2-3D-718x1024

CLÁSSICOS SCI-FI – VOL.2

Com o sucesso da coleção “Clássicos Sci-Fi”, a Versátil lança um segundo volume sobre o tema, com 3 DVDs reunindo 6 longas de ficção científica dirigidos por mestres como David Cronenberg, Roger Corman e Howard Hawks, incluindo inéditas versões restauradas de “Scanners”, “O Homem dos Olhos de Raio-X” e “No Mundo de 2020”. E o grande destaque para os cinéfilos é a inclusão do seminal cult “Matadouro 5”, dirigido por George Roy Hil e baseado no romance do escritor Kurt Vonnegut. O box traz ainda mais de duas horas de extras, incluindo depoimentos e documentários especiais.

DISCO 1:

SCANNERS – SUA MENTE PODE DESTRUIR (Scanners, 1981, 103′)
De David Cronenberg. Com Jennifer O’Neill, Stephen Lack e Michael Ironside.

0014
Um cientista envia um homem com poderes paranormais para caçar outros como ele. Primeiro sucesso de David Cronenberg, essa criativa mistura de ficção científica e horror se tornou um dos cult-movies dos anos 1980.

O HOMEM DOS OLHOS DE RAIO-X (X: The Man with the X-Ray Eyes, 1963, 79′)
De Roger Corman. Com Ray Milland e Diana van der Vlis.

Um médico testa em si mesmo uma fórmula que lhe dá visão de raio-X, mas esse poder tem consequências terríveis. Alegórica e imaginativa, a obra de Roger Corman tem um dos finais mais antológicos do gênero.

DISCO 2:

O MONSTRO DO ÁRTICO (The Thing from Another World, 1951, 83′)
De Christian Nyby e Howard Hawks. Com Kenneth Tobey e Margaret Sheridan.

Cientistas e militares americanos enfrentam um alienígena sanguinário num posto do Polo Norte. Refilmado por John Carpenter como “O Enigma do Outro Mundo”, esse é um dos grandes clássicos sci-fi dos anos 1950.

MATADOURO 5 (“Slaughterhouse-Five”, 1972, 104′)
De George Roy Hill. Com Michael Sacks, Ron Leibman e Eugene Roche.

Slaughterhouse-Five-Gallery-1
Um homem conta a história de como ficou viajando no tempo e foi abduzido por alienígenas. Vencedor do Grande Prêmio do Júri no Festival de Cannes, o filme é uma intrincada adaptação do genial romance de Kurt Vonnegut.

DISCO 3:

NO MUNDO DE 2020 (“Soylent Green”, 1973, 97′)
De Richard Fleischer. Com Charlton Heston e Edward G. Robinson.

Em 2022, quando a Terra sofre com a poluição e a superpopulação, um policial investiga o assassinato de um executivo do ramo de alimentos. Surpreendente ficção futurista dos anos 1970.

ROBINSON CRUSOÉ EM MARTE” (“Robinson Crusoe on Mars”, 1964, 110′)
De Bryon Haskin. Com Paul Mantee, Victor Lundin e Adam West.

1111111111

Tendo apenas um macaco como companhia, um astronauta tenta sobreviver em Marte. Ótima adaptação do romance de Daniel Defoe dirigida pelo premiado técnico de efeitos especiais Bryon Haskin (de “A Guerra dos Mundos”).

EXTRAS INCLUÍDOS NA COLEÇÃO:
* Documentário sobre “Scanners” (23 min.) * Entrevista de Michael Ironside sobre “Scanners” (19 min.)
* Depoimento de Joe Dante sobre “O Homem dos Olhos de Raio-X” (6 min.)
* Prólogo alternativo de “O Homem dos…” (4 min.)
* Depoimento de John Carpenter sobre “O Monstro do Ártico” (24 min.)
* Especial sobre “O Monstro do Ártico” (10 min.)
* Making of de “No Mundo de 2020” (10 min.)
* A Ciência em “Robinson Crusoé em Marte” (19 min.)
* Trailers (18 min.)

MAIS 6 CARDS EXCLUSIVOS:scifi-cards-600x558

Edição Limitada com kit especial com seis mini-pôsteres encartados no digistack.

Previsão de entrega: 05/11

PHENOMENA

Inédito em DVD no Brasil, o filme de Dario Argento (“Suspiria”) conta com Jennifer Connelly (“Uma Mente Brilhante”) e Donald Pleasence (“Halloween”) no elenco. Esta Edição Especial Limitada traz o filme em versão integral restaurada com 116 minutos e áudio original em inglês e opção de áudio dublado em italiano, mais cerca de uma hora de vídeos extras, incluindo making of e depoimentos, além de um pôster exclusivo (35 x 43,7 cm).

Na trama, uma adolescente americana (Connelly, em início de carreira) vai estudar em colégio interno para garotas, na Alemanha. Enquanto ela explora sua capacidade especial de se comunicar com insetos, um assassino aterroriza o local com seus crimes brutais.

Ao som de Motörhead e Iron Maiden, Argento cria um filme bizarro de rara beleza que mistura horror, conto de fadas e giallo.

EXTRAS:
* Making of (17 min.)
* Documentário sobre o filme (26 min.)
* Entrevistas especiais (21 min.)
* Clipes musicais (8 min.)
* Créditos alternativos (2 min.)
* Trailer (3 min.)

E GRÁTIS COM O DVD:
Pôster exclusivo (35 x 43,7 cm)

Grátis pôster exclusivo (35 x 43,7 cm)

10 TÍTULOS IMPERDÍVEIS PARA PAIS E FÃS DE CINEMA

SNIPER AMERICANO

02

Adaptado do livro “American Sniper: The Autobiography of the Most Lethal Sniper in U.S.Militar Story”, o filme – maior sucesso comercial da carreira de Clint Eastwood como diretor – dramatiza a trajetória de Chris Kyle (Bradley Cooper), um atirador de elite das forças especiais da Marinha americana. Durante uma década, ele teria (supostamente) eliminado em serviço mais de 150 homens. A trama alterna cenas de ação pontuais com a vida privada do protagonista. Vencedor do Oscar de melhor edição de som.

RELATOS SELVAGENS

03

Um dos maiores sucessos argentinos desde “O Segredo dos Seus Olhos”, o longa abriu a 38ª Mostra de Cinema de São Paulo, no ano passado, e concorreu ao Oscar 2015 de melhor filme estrangeiro. Escrita e dirigida por Damián Szifrón, um dos roteiristas da série de TV “Os Simuladores”, a comédia é narrada em episódios: seis histórias que têm em comum diferentes personagens – um deles interpretado por Ricardo Darín – fora de controle, compelidos a fazer justiça com as próprias mãos como forma de vingança.

CINEMA FAROESTE 

04

Depois de revisitar o melhor do cinema japonês e clássicos de terror, chegou a vez da Versátil resgatar a magia do western. No formato digistack com 3 DVDs, o box reúne 6 clássicos inéditos dirigidos por mestres do gênero, como John Ford, Anthony Mann e Raoul Walsh. Nos extras, depoimentos de Mann, Jacques Tourneur e Martin Scorsese.

DVD 1: “Audazes e Malditos” + “O Homem que Luta Só”

DVD 2: “Almas em Fúria” + “Comando Negro”

DVD 3: “Paixão Selvagem” + “Reinado do Terror”

CLÁSSICOS SCI-FI 

05

Uma incrível coleção com 3 discos reunindo 6 filmes, desta vez clássicos da ficção-científica dirigidos por nomes como John Carpenter, Mario Bava, Jack Arnold e Joseph Losey, incluindo inéditas versões restauradas de “Eles Vivem” e “O Planeta Proibido”, além de quase duas horas de extras.

DVD 1: “Eles Vivem” + “A Ameaça que Veio do Espaço”

DVD 2: “O Planeta Proibido” + “O Planeta dos Vampiros”

DVD 3: “Os Malditos” + “Fuga no Século 23”

À BEIRA DO ABISMO

01

DVD duplo apresentando um dos maiores filmes noir de todos os tempos, escrito por William Faulkner a partir do livro de Raymond Chandler. Dirigido pelo mestre Howard Hawks (“Rio Vermelho”), “À Beira do Abismo” conta com atuações antológicas de Humphrey Bogart e Lauren Bacall. Esta edição especial traz as duas versões dessa obra-prima: a original de 1946 e a versão do diretor de 1945, redescoberta há poucos anos. Nos extras, o remake “A Arte de Matar” (1978), com Robert Mitchum e James Stewart.

TERRA DE UM SONHO DISTANTE

0000

Indicado ao Oscar de melhor filme, direção, roteiro original e direção de arte, “America, America” (título original do longa) é a última obra-prima de Elia Kazan. No final do século XIX, um rapaz cresce num pequeno povoado na Turquia como membro da minoria grega. Quando a opressão por partes dos turcos aumenta, seu pai o envia para Constantinopla, mas o jovem sonha em ir para a América. Um dos melhores retratos da imigração já criados no cinema, inspirado na história do avô de Kazan.

TENTAÇÃO MORENA

06

Indicado ao Oscar de melhor roteiro original e canção (“Almost in your Arms”), este clássico de 1958 marcou época por juntar os astros Cary Grant e Sophia Loren. Na trama, Grant dá vida a Tom Winston, viúvo à procura de uma governanta para cuidar de seus três filhos. Surge então a bela italiana Cintia Zacardi, por quem ele, obviamente, se apaixona. Curiosamente, Grant viveu, fora da tela, uma ardente paixão por Sophia.

A FAMÍLIA 

07

Estrelado por Vittorio Gassman, Fanny Ardant, Stefania Sandrelli e Philippe Noiret, o longa acompanha eventos na vida de Carlo, um professor, desde seu batizado em 1906, até a festa de seus 80 anos. Durante sua trajetória ele presencia nascimentos e mortes, revoluções e guerras. Um dos trabalhos mais queridos de Ettore Scola, indicado ao Oscar de melhor filme estrangeiro em 1988.

SOB O DOMÍNIO DO MEDO 

08

Um dos filmes mais polêmicos da história do cinema, o clássico de Sam Peckinpah (diretor de “Os Implacáveis”) chocou o público com a sua explosão de violência e uma controversa cena de estupro protagonizada por Susan George. Indicado ao Oscar em 1972, sai em DVD numa versão restaurada com mais de 1 hora de extras, incluindo entrevistas com Susan e Dustin Hoffman, além de bastidores.

VÍCIO FRENÉTICO 

010

Cult-movie do polêmico cineasta Abel Ferrara (de “Maria” e o recente “Bem-Vindo a Nova-York”) com Harvey Keitel (“Cães de Aluguel”) premiado com o Independent Spirit Award. O ator se desnuda física e psicologicamente na pele de um tenente corrupto mergulhado no submundo das drogas e do jogo em Nova York. Versão restaurada com mais de meia hora de extras, incluindo making of da produção.

E VEJA TAMBÉM…

0

00